Incrível
Incrível

Minha irmã teve uma filha com meu ex-namorado e ainda teve a coragem de colocar meu nome no bebê

Muitas pessoas ficam extremamente sentidas quando são “passadas para trás” pelos amigos. Agora, imagine acontecer dentro da sua própria família? Uma leitora passou por isso e está em busca de ajuda para entender como proceder nesse caso. Reunimos algumas ideias que podem ampará-la nesse momento e esperamos poder ajudar. Confira só!

Olá, Achiropita, obrigado por lembrar de nós! A nossa equipe se reuniu para conversar a respeito da sua situação, e destacamos alguns pontos que podem te ajudar a pensar. Assim, você mesma poderá chegar à sua própria conclusão.

  • Dê um tempo a si mesma para digerir toda a situação e encontrar em seu íntimo a força para lidar com ela. Ninguém pode definir em quanto tempo você deve se recuperar do baque. Afinal, é melhor demorar e perdoar, do que forçar situações desagradáveis.
  • Quando chegar o momento, tenha uma conversa franca com sua irmã. Explique os motivos de ter ficado tão irritada e ouça também o lado dela. Lembre-se do princípio da comunicação não violenta, que recomenda evitar julgamentos e deixar de dividir os envolvidos entre bons ou maus, certos ou errados.
  • É possível que você não saiba de toda história. Você acha que a sua irmã sabia do seu namoro? E o seu ex-namorado, sabia que você tinha uma irmã? Às vezes, a falta diálogo pode causar grandes mal-entendidos.
  • Lembre-se de que sua sobrinha irá crescer e que ela não tem culpa alguma da situação. Talvez tentar uma reaproximação valha a pena para que você não perca as maravilhosas vantagens de ser tia. Pense em quantos momentos bons e amorosos vocês podem ter juntas.
  • Achiropita é realmente um nome muito belo. De origem italiana, significa algo que “não é feito à mão”. É uma palavra que remete à construção de obras que não foram feitas por humanos, mas, sim, por uma intervenção divina. Apesar da amargura que essa situação lhe causou, tente não condenar seu significado e procure encontrar novas maneiras de olhá-lo. Afinal, ele não só é o nome da sua sobrinha, como também o seu.

Na sua opinião, como Achiropita deveria proceder? Acredita que possa haver uma maneira saudável e agradável para todos se resolverem? Compartilhe nos comentários seus conselhos para ela. Caso já tenha passado por algo semelhante, não deixe de nos contar também. 😉

Incrível/Crianças/Minha irmã teve uma filha com meu ex-namorado e ainda teve a coragem de colocar meu nome no bebê
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos