Incrível
Incrível

Como as fotos aéreas dos irmãos Andrews conquistaram a internet com seu ponto de vista único

Muitas pessoas sonham em trabalhar fazendo aquilo que lhes dá mais prazer, algo que fariam até de graça. Esse sonho, que parece inalcançável para alguns, se tornou realidade para os irmãos JP e Mike Andrews. Mostraremos os caminhos que os levaram a viajar pelo mundo todo tirando fotos aéreas que mostram cenas perfeitamente satisfatórias e que, muitas vezes, parecem obras de arte abstratas. E eles ainda ganham com isso!

Tudo começou em 2016, quando os irmãos fizeram uma viagem para a Austrália

Era março de 2016 e os irmãos JP e Mike Andrews, do Reino Unido, estavam desiludidos e cansados do tédio do dia a dia. Para escapar dessa fase ruim, decidiram pegar um voo para a Austrália, só de ida, sem planejar nada. Apenas foram. E, justamente pela falta de planejamento, chegaram a Sydney 24 horas depois, sem saber muito bem o que fazer. Então, resolveram apenas continuar em movimento e passaram os próximos seis meses rodando pelo país e conhecendo suas maravilhas.

Aliás, o país é enorme e, pelo que eles puderam ver, incrível! Mas precisaram voltar ao Reino Unido, pois haviam prometido ao avô que estariam lá para o seu aniversário de 80 anos. Ficaram em casa por algumas semanas, dessa vez planejando voltar à Austrália. Eles queriam filmar e fotografar todas as belezas naturais que haviam conhecido e, para isso, usaram as suas economias para comprar um drone. Com o novo brinquedo a tiracolo, voaram mais uma vez para a terra dos cangurus.

Antes sem rumo, os irmãos agora vislumbraram uma motivação na vida

Ao chegar no país, JP e Mike foram direto para o outback — que é como eles chamam o deserto no interior da Austrália — e colocaram o drone para voar e fotografar tudo. Eles ficaram maravilhados em ver os padrões e as simetrias que a natureza construiu com tanta beleza. Cada vez que o drone subia, um novo mundo se revelava aos irmãos, de um ponto de vista único. Era inacreditável. A imagem acima, que parece um quadro de arte abstrata, foi, na verdade, a primeira foto que eles fizeram com o drone.

JP e Mike não sabiam muito bem o que fazer com as fotos, mas uma coisa era certa: eles tinham de compartilhá-las com o mundo

Com o tempo, JP e Mike tomaram gosto pelo ponto de vista da câmera, uma visão única, de cima para baixo, totalmente diferente das fotos aéreas tradicionais. Revendo as fotos que haviam tirado, notaram que elas lembravam obras de arte abstrata. Ficaram tão fascinados com o resultado que quiseram mostrar para todos! Então, eles dirigiram várias horas pelo outback, até encontrar sinal para a internet do celular, e criaram uma conta no Instagram, @abstractaerialart.

O problema era que eles não sabiam direito como explicar aquelas imagens únicas na legenda. Por isso, criaram a frase que se tornaria o conceito do trabalho deles: “O objetivo não é descobrir o que é, mas mostrar o quão estranho e maravilhoso o mundo pode parecer de cima”. A recepção dos internautas foi avassaladora, e eles não estavam preparados para a quantidade de mensagens de admiração e apoio que receberam. Foi um sucesso instantâneo, e logo vieram os pedidos por mais e mais fotos.

A Austrália forneceu muitas e belíssimas fotos aos irmãos, mas era possível encontrar mais em outros lugares

Um ano depois da primeira visita, o tempo dos irmãos na Austrália chegou ao fim. Eles percorreram mais de 80 mil km no país, procurando cenários peculiares para o seu drone fotografar. Mas a paixão de JP e Mike não acabou por aí, pois, desde então, eles viajam por vários países para, basicamente, fotografar o chão! Parece um conceito muito simples, porém o resultado agradável das fotografias conquistou mais de 100 mil seguidores no Instagram.

Outra coisa que se deve considerar é que, na época em que eles começaram, a fotografia aérea não era tão comum quanto hoje. Antes da popularização dos drones, isso só seria possível com um helicóptero. Então, a novidade, somada à criatividade dos irmãos Andrews, foi o que motivou o sucesso de suas fotografias. Muitas fotos postadas nas redes sociais geram uma discussão sobre o que exatamente se vê ali. A maioria não consegue acertar. Por exemplo, o que você acha que é essa foto acima?

Não que descobrir o que está na foto seja o foco do trabalho. Lembra-se do lema deles? “O objetivo não é descobrir o que é, mas mostrar o quão estranho e maravilhoso o mundo pode parecer de cima”. Com isso em mente, eles já passaram pela Oceania, Ásia, Europa, Oriente Médio e América. As fotos desses lugares não são aquelas que você está acostumado a ver, mas sim do ponto de vista único e com o olhar especial dos Andrews.

Para conseguir os resultados que vemos nas fotos, é preciso planejamento e paciência

Aliás, eles fogem de lugares muito conhecidos ou frequentados por pessoas e, de fato, odeiam quando uma pessoa aparece nas suas fotos. Eles se tornaram especialistas em usar o Google Earth para encontrar lugares curiosos e incomuns, até mesmo nas maiores cidades. Após escolher o lugar, eles fazem uma pesquisa para descobrir quais dias e horários têm menos circulação ali. Muitas vezes precisam ir e voltar ao local várias vezes, até obter a foto perfeita, o que pode levar horas!

Conseguir a foto perfeita depende, então, de planejamento, já que eles nunca montam um cenário ou interferem no ambiente. Mas, algumas vezes, eles simplesmente têm sorte. Na foto acima, por exemplo, estavam voltando de uma sessão de fotografias na Itália quando passaram por essa espécie de cemitério de carros queimados por um incêndio ocorrido num porto. Os Andrews aproveitaram o golpe de sorte e colocaram o drone para voar e fotografar o local.

O que era apenas uma maneira de fugir dos problemas, se tornou o ganha-pão dos irmãos JP e Mike Andrews

Muitas pessoas buscam trabalhar com aquilo que amam fazer como hobby, e os irmãos Andrews conseguiram realizar esse sonho. Além de ter um contrato com um site de venda de fotos, eles também são esporadicamente chamados para fotografar para empresas. Além disso, você pode encomendar fotos impressas através do site deles. Planos para o futuro incluem a parceria com um artista 3D para transformar suas fotos em esculturas e o lançamento de um livro com suas histórias.

A história de JP e Mike Andrews mostra como é possível, com algum esforço e sacrifício, transformar uma paixão num trabalho. “Para ser honesto, não queremos fazer nada diferente do que estamos fazendo agora. Nós viajamos pelo mundo e não nos mandam fazer nada além do que já fazemos”, disse JP. O resultado de somar trabalho e paixão salta aos olhos, literalmente, quando admiramos a beleza única e intrigante das suas fotografias.

Agora, queremos saber sobre a sua paixão. Conte nos comentários algo que você tem prazer em fazer, até mesmo de graça, e que poderia se tornar uma profissão.

Incrível/Arte/Como as fotos aéreas dos irmãos Andrews conquistaram a internet com seu ponto de vista único
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos