Incrível
Incrível

“Melhor que rir, é fazer os outros rirem”, artista cria quadrinhos de humor inspirado no dia a dia dos brasileiros

Você consegue encarar os perrengues do dia a dia com bom humor? O artista Arthur Ponto consegue e cria quadrinhos transformando em piadas situações familiares para muitos de nós. Esses quadrinhos são publicados em uma página no Instagram, que já conquistou milhares de fãs. Por isso, selecionamos algumas das tirinhas mais engraçadas e ainda tivemos uma conversa exclusiva com Arthur, que nos contou sobre seu processo criativo e deu dicas para quem quer começar!

1. “Quando me dizem ’vai arrumado’”

Os quadrinhos que mostramos aqui são idealizados por Arthur e publicados na sua página do Instagram, Contos de um Babaca. Ele tem 24 anos, mora no município de Magé no Rio de Janeiro, é técnico em Química, mas cria esses quadrinhos como um trabalho “por fora” e uma forma de aprimorar as suas habilidades de ilustrador. Além dos quadrinhos da página principal, ele também faz comissões, ou seja, ilustrações por encomenda, pelo Instagram Babaca Rabisca.

2. “Nessas horas chego a suar frio, moleque”

Perguntamos a Arthur como ele começou e ele nos contou que estava no último ano da escola, quando começou a fazer desenhos para retratar situações engraçadas com os amigos e zoar com eles. Assim, muitas das pequenas histórias são inspiradas no que acontece à sua volta. Segundo o cartunista, 7 de cada 10 quadrinhos são baseados em acontecimentos reais e os outros vêm da sua imaginação.

3. Seu “mozão” faz isto contigo?

São tantas histórias que os amigos de Arthur já estão acostumados a se verem transformados em personagens de quadrinhos e, na verdade, eles adoram isso. Mais do que gostar de se verem representados, eles dão todo o apoio e sempre o incentivam a continuar com as tirinhas.

4. “Totalmente hidratado”

Mesmo os leitores que não conhecem Arthur pessoalmente costumam comentar o quanto se identificam com as situações representadas nos quadrinhos, ou seja, é como se eles também fossem personagens dessas histórias. Somando as histórias vividas com os amigos e algumas que os seguidores sugerem ao artista, Arthur pode ter inspiração para toda a vida. Sorte a nossa!

5. Você conhece alguma pessoa assim?

Alguns dos quadrinhos, como esse acima, envolvem casos de relacionamentos que já aconteceram com Arthur e outros que seus leitores já viveram. Aliás, temos certeza que muitos outros, que até hoje não conheciam o trabalho dele, também se identificaram com essas pequenas histórias.

6. “O medo obscuro do ’homem do saco’”

Mesmo que as histórias sejam escritas e protagonizadas por um homem, elas são tão comuns que até as mulheres podem se identificar. Afinal, quem nunca se apaixonou por um estranho ou estranha, ou evitou ir brincar na rua porque ficou morrendo de medo de ser levado pelo “homem do saco”?

7. “’Você não é o único sozinho hoje’, ele disse...”

Ou quem nunca tentou se convencer, às vezes sem sucesso, de que é OK passar o Dia dos Namorados sozinho ou sozinha? São casos universais, com emoções que todos nós sentimos em algum momento da nossa vida.

8. “É dureza para a doutora ter que consultar pacientes como eu”

Sejam histórias baseadas nas experiências reais de Arthur ou completamente vindas da imaginação, o objetivo dele é trazer um pouco de alegria ao dia dos leitores. E, para isso, ele transforma as situações mais corriqueiras em pequenas histórias carregadas de bom humor.

9. “Tática pra esquecerem do seu pum...”

Em nossa conversa, Arthur afirmou: “Para mim, se há algo melhor do que rir, é fazer os outros rirem!” E as coisas que fazem as pessoas rirem podem vir dos lugares mais inesperados possíveis, mesmo que seja uma simples e inocente piada de “pum”.

10. “Aí não dá, né?”

As tirinhas de Arthur Ponto têm essa capacidade de imediatamente nos fazer lembrar de momentos que já passamos. A luta diária contra o despertador para acordar cedo, as frustrações e situações surreais que passamos no trabalho ou as dificuldades de manter um bom relacionamento.

11. “A magia das vendas!”

Suas ilustrações podem parecer simples à primeira vista, mas quando as conectamos com as nossas próprias histórias, elas adquirem um valor pessoal incomparável. E é aí que elas se tornam especiais e conquistam tantos fãs.

12. “Às vezes mentir é um bem necessário”

Quantos desses pequenos momentos na sua vida poderiam se tornar tirinhas de humor? Temos certeza que há muitas mentes tão criativas quanto a de Arthur por aí e muitas outras histórias engraçadas que poderiam ser convertidas em quadrinhos.

13. “Eles surgem do nada”

Sabendo que pode haver mais “Arthurs” por aí, pedimos para ele dar um conselho para as pessoas que gostariam de começar a produzir quadrinhos e publicar nas redes sociais, como ele. E o que ele nos disse foi: “Não desista! E não se importe com os comentários ruins e maldosos, foque apenas nos positivos!”

14. “É só na minha academia ou na de vocês também tem esses instrutores assim?”

Além desse conselho supervalioso, Arthur ainda ressaltou a importância de aprender com quem já trabalha na área. “Busque ajuda de pessoas experientes na área. Alguns influenciadores podem não responder, mas eu não sou um desses! Pode me chamar”.

15. “Aquela amiga que segue certinho a receita”

Então, se você também quer levar um pouco de alegria às pessoas por meio dos seus desenhos, siga o exemplo de Arthur e coloque logo a mão na massa (ou no lápis). Nós vamos adorar ter mais quadrinhos para ler nas redes sociais e poder rir muito mais.

16. Conhece algum “trator ambulante” também?

E se você gostaria de conselhos de alguém com mais experiência, não deixe de conversar com Arthur. Como você viu, ele está aberto e disposto a ajudar todos os que o procurarem. Quem sabe a sua arte também aparece aqui na nossa página?

17. “Minha infância será vingada!”

Nós estamos sempre à procura de ilustradores como Arthur Ponto, querendo descobrir outras pessoas tão talentosas quanto ele e capazes de nos fazer rir com as pequenas dificuldades da vida. Então, alguns artistas novos nunca serão demais.

18. “Mas sou tão gente boa...”

Por isso, mesmo que você não saiba desenhar nem um boneco de palito, te convidamos a compartilhar as suas descobertas conosco. Você segue algum artista nas redes sociais? Então, não deixe de nos contar! Nós também queremos conhecer os ilustradores que você admira.

19. “Eu tentando ser educado”

Sempre que ficamos sabendo de algum ilustrador ou ilustradora com muita criatividade como Arthur, procuramos compartilhar o seu trabalho com os nossos leitores. E para provar como amamos essas tirinhas bem-humoradas, sempre publicamos esse tipo de conteúdo em nossas páginas. Portanto, se você curtiu esse, vai gostar dos outros também.

20. “A gente nunca sabe quem está ’dando mole’”

Por fim, precisamos agradecer a Arthur por dedicar um tempo para conversar conosco. E também pelo seu trabalho de usar as ilustrações para nos fazer rir das pequenas coisas da vida, que passam despercebidas por muitos. Esperamos que ele continue criando cada vez mais quadrinhos e, inclusive, servindo de inspiração para outros artistas. Afinal, rir é o melhor remédio, não é mesmo?

Incrível/Gente/“Melhor que rir, é fazer os outros rirem”, artista cria quadrinhos de humor inspirado no dia a dia dos brasileiros
Compartilhar este artigo