Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Provas de que nenhum emprego está isento de ao menos uma “gotinha” de loucura

Situações desconfortáveis no trabalho são um fenômeno bastante comum. Todos nós já discutimos com algum colega de trabalho, ficamos envergonhados ou brigamos com nossos chefes pelo menos uma vez na vida. Há histórias curiosas dos dois lados da moeda: representantes da empresa e seus clientes. Algumas pessoas simplesmente se comportam de forma imprevisível e inadequada. As histórias dos usuários abaixo mostram que nenhum emprego está livre de algumas estranhezas.

Incrível.club está certo de que as situações descritas na nossa seleção podem muito bem se tornar piadas no futuro. Acompanhe!

  • Uma moça me ligou nesta manhã. Ela tem o próprio negócio e queria atualizar o design do seu site. Falamos um pouco sobre os pontos importantes para ela. Nosso diálogo foi o seguinte:
    Eu: “Vou mandar seu pedido para os designers gráficos e o valor acordado. Caso eles aceitem, vamos iniciar o trabalho imediatamente”.
    Cliente: “Na verdade, eu achei o preço um pouco alto. Uma outra empresa me ofereceu mais barato”.
    Eu: “Entendi. Então talvez seja melhor você buscar algo dentro do seu orçamento”.
    Depois de 6 horas.
    Cliente: “Então, vocês já começaram o trabalho? Eu já enviei o e-mail para vocês!”
    © Dovee / pikabu

  • Eu trabalhava como contabilista e liberava o pagamento dos funcionários. Entrou na minha sala o motorista do diretor:
    — O dinheiro sumiu da minha conta. Você mandou o dinheiro para onde?
    Expliquei que eu poderia apenas depositar o dinheiro na conta, não tirá-lo de lá.
    — Não, você que pegou o meu dinheiro!
    Ele foi embora. Depois voltou com um papel impresso nas mãos. Vi que o depósito foi feito corretamente. Mostrei a última operação na qual o dinheiro tinha sido retirado da conta (data, horário e endereço indicado).
    — Eu não tirei esse dinheiro. Você que tirou.
    Notei que eu precisava ser mais clara. Expliquei que só quem poderia tirar o dinheiro da conta seria aquele que tem acesso ao código PIN e ao cartão. Ele respondeu:
    — Eu dei meu cartão à minha mulher, mas ela não poderia ter tirado o dinheiro. Ela me confirmou que não tirou. Só pode ter sido você! © Наталья Наталья / facebook

  • Um cliente estava tentando me explicar que não seria necessário construir banheiros no centro comercial dele. Ele dizia que os funcionários podiam usar o banheiro no prédio ao lado. Consegue imaginar trabalhar com uma pessoa assim? © anindividuum / twitter
  • Sobre uma professora que sempre encontra com pessoas na rua. Desligaram a água quente durante o verão. Minha vizinha, que é professora de uma escola, decidiu ir à sauna. Assim que lavou a cabeça, sentiu alguém pegando em sua mão e ouviu: “Cátia! Cátia!” Ela lavou os olhos. Ao seu lado, estava seu estudante da primeira série: “Oi, professora Cátia! Eles também desligaram sua água quente? Desligaram a nossa. E essa aqui é a minha mãe!” © Елена Акодус / facebook

  • Eu trabalho como gerente. Faltava uma hora para terminar o expediente. Entrou um homem de uns 40 anos, um pouco mais alto do que eu, e bêbado. Trocamos olhares. Ele se aproximou de mim e disse:

    — Pode me acompanhar?
    Eu levantei e disse aos meus colegas que já voltava. Todos me olharam sem entender o que estava acontecendo. Saí da loja com o homem, pensando que iria escutar o que ele tinha para dizer e voltar logo. Ele se aproximou e disse, quase que sussurrando, como se fôssemos melhores amigos:
    — Eu preciso comprar um aparador de pelos. Qual você sugere?
    — Vamos entrar na loja e eu lhe mostro as opções, pode ser?
    Entramos na loja, e eu o direcionei para o local.
    Todos ainda continuavam sem entender. No final, ele escolheu um aparador de quase mil reais, pagou, apertou minha mão e saiu de lá satisfeito. © HomeForKolibri / pikabu

“Descobertas incríveis.

1984. G. Orwell.”

  • Eu tenho uma amiga que é artista plástica e faz ilustrações para livros infantis. Em um deles, ela fez o desenho de uma princesa. A editora disse que os desenhos eram bons, mas que ela deveria tirar as orelhas, pois somente os rapazes deveriam ter orelhas. © AlexandrFokin / twitter

  • Eu tenho um cliente que é metade cliente, metade meu “treinador de paciência”. Ele faz questão de sempre me lembrar que eu não posso perder a paciência para não perder os clientes:
    Ele: “Você recebeu meu e-mail?”
    Eu: “Não”.
    Ele: “Então eu vou enviar agora”. © guldan_orc / twitter

  • Eu trabalho como vendedor e coleciono novos nomes de cores dados pelos clientes:
    — Azul como o rabo da pequena sereia.
    — Cor de pepino maduro.
    — Cor clara-escurecida.
    — Rosa real.
    — Cor que lembre a traição do marido.
    — Branco puro, mas que pareça mais com um branco sujo. © Wizard_Severus / twitter

  • A mulher do meu irmão trabalha como garçonete. Ela atendeu um grupo de rapazes recentemente, e um deles pediu uma “Islândia Longa”, mas ninguém entendeu o que ele queria. Ele então apontou no menu para a bebida “Long Island” e disse: “Aí, ‘Islândia Longa’. Você não sabe inglês?” © hovrashe / twitter

  • Eu trabalho no ramo de turismo. O cliente cancelou a viagem. Eu liguei para saber o que tinha acontecido. Ele respondeu: “Desculpe, nós ficamos sóbrios!” © Podslyshano / twitter

  • A paciente estava me contando de sua “esclerose espinal” por 10 minutos.
    — Você quer dizer “escoliose”? — eu disse.
    — Você acha que eu sou idiota?! Eu sofro de “esclerose espinal” há 10 anos e você acha que eu não sei como se chama?!
    Tudo bem, vamos anotar desse jeito. © brocc_olli / twitter

  • Eu trabalho como fotógrafo. Minhas “frases” preferidas dos meus clientes:
    — Nosso iPhone é melhor do que a sua câmera, tem mais megapixels! Daqui a pouco ninguém vai contratar fotógrafos.
    — Seus preços são absurdos! Nosso filho de 4 anos tiraria as mesmas fotos.
    — Nós temos diversas fotos no telefone, para que precisamos delas impressas? Suas fotos até que são boas, mas ninguém precisa imprimir fotos no século XXI. © aarbyzikk / twitter

  • Trabalho em uma loja e sempre escuto o seguinte:
    — Dourado é uma cor mais feminina, não é?
    — Este relógio é masculino?
    — Queremos um tablet branco para menina.
    E tenho que explicar, explicar e explicar diversas vezes que eletrônicos não têm gênero. Às vezes é difícil. © thamitten_ / twitter

  • A paciente sentou-se no meu consultório e suspirou:
    — Disseram que vai esfriar...
    — ?
    — Essa época é sempre mais fria...
    — Sim, mas como eu posso te ajudar?
    — E agora só chove, mas que tempo é esse?! Antigamente não era assim, era tudo diferente. E minhas costas não doíam. Agora está tudo pior.
    Bom, consegui anotar pelo menos uma coisa. © brocc_olli / twitter

  • O poodle era o paciente e ele não parava de correr pelo consultório. Eu dizia: “Vem aqui, garotinho, vou fazer carinho em você!” O cachorro estava com vergonha e não se aproximava de mim. Nisso, a dona dele disse: “Barry, vá com a doutora correndo. Caso contrário, eu vou chegar primeiro e ela vai fazer carinho em mim. Preciso disso mais do que você”. © veterinastya / twitter

Quais as histórias mais estranhas ou engraçadas que já aconteceram com você no trabalho? Compartilhe!