Incrível
Incrível

18 Leitores do Incrível mostram como seus filhos pequenos têm grande talento para o humor

As crianças são mestres quando o assunto é ingenuidade, por isso, as frases que elas podem dizer sem nenhuma intenção demonstram pureza, mas também uma inteligência incomparável. Os pequenos dizem algumas coisas aleatoriamente no almoço, na escola ou em qualquer outro lugar e podem gerar gargalhadas muitas vezes difíceis de controlar.

Nós, do Incrível.club, reunimos relatos dos nossos leitores sobre a criatividade de seus filhos que certamente podem levar um prêmio de melhor comediante mirim. Confira!

  • Estávamos nos arrumando para a ceia de Natal, eu e minha esposa. Eu num estilo mais social e ela com uma blusa brilhante, linda, para a noite. Quando estávamos prontos perguntei para meu filho de 8 anos como estávamos e ele respondeu: “Pai, você está parecendo que tem mais dinheiro do que realmente tem e você, mãe, parece aqueles globos de festa que ficam girando cheio de luzinhas”. Flavio Júnior/Facebook
  • Minha filha estava muito quieta no quarto, porta fechada, chamei três vezes. Como não houve resposta, perguntei se estava dormindo ou acordada. Foi então que fui até lá e abri a porta. Ela rindo, me respondeu: “Como posso tá dormindo se eu não estou acordada”. Ionara Rohde/Facebook
  • Quando minha filha tinha por volta de 3 anos, eu a encontrei deitada na minha cama ouvindo uma música romântica e olhando, pensativamente, para o teto. Eu a interpelei, perguntando:
    ’’O que foi, minha filha? Você está triste?’’ E, de pronto, me respondeu: “Não, mãe. Só estou pensando no meu passado”. Sonia Barbosa/Facebook
  • Um dia, estava minha tia, minha filha de 4 anos e eu na sala, quando titia jogou uma lantejoula na minha pequena, ela pegou e disse: “Nossa, um pisco”. Começamos a rir disparadamente sem conseguir parar. Ela toda calma, falou: “Vocês são dois bobos, ficam rindo sem sentido até passarem mal”. Resultado é que rimos ainda mais até passarmos mal. Até hoje não sabemos o que é um pisco. Berber Ronaldo/Facebook
  • No aniversário de 6 anos do meu filho, meu primo levou um presente e lhe entregou, era uma caixinha linda; quando abriu, era uma corrente dourada, meu pequeno a pegou, olhou para o meu primo e perguntou: “É de ouro”? Quase morri de vergonha. Beltí Alves Dos Santos/Facebook
  • No Dia das Mães, minha filha de 7 anos disse que também queria ganhar presente. Respondi que nesse dia só as mamães são presenteadas. Aí, ela vira e me fala: “Mas sou mãe de boneca”. Errada ela não está! Carol Forjaz/Facebook
  • Tenho uma filha, hoje com 30 anos, que quando pequena via o pai dela torcer pelo time do Botafogo. Certo dia, eu a mandei ir à loja da esquina comprar uma barra de sabão Flamengo que tem aqui no Ceará. Quando ela chegou lá pediu uma barra de sabão Botafogo. O senhor da loja lhe respondeu que só tinha do Flamengo. Ela ignorou e disse: “Não quero. O meu pai é Botafogo”, e voltou para casa. A inocência da criança não tem preço.. Francisca Sheila Silva/Facebook
  • Nossa família almoçava algumas vezes numa churrascaria. Quando meu filho tinha 4 anos voltamos lá. Ele olhava tudo ao redor. Perguntei se estava gostando e meu pequeno disse: “Já conheço aqui”. Respondi que não, pois ele nunca fora lá. Foi então que me respondeu: “Vim aqui sim. Estava na sua barriga, você abriu a boca e eu vi tudo, continua tudo igual”. Geni Kintopp Ribeiro/Facebook
  • Meu filho com 6 anos chegou para mim e perguntou: “Mamãe, quem foi que inventou esse negócio de estudo para criança?” E eu perguntei por que ele queria saber isso. Respondeu: “Porque quero dizer a essa pessoa, que ela não entende nada de criança. A gente se levanta morrendo de sono, tem que tomar banho, se arrumar, lanchar e ir para a escola. Chega lá, a tia passa um montão de tarefa para fazer. Ainda passa agenda para casa e na hora do recreio que a gente gosta de brincar, é só um pouquinho. Lancha, faz xixi, lava as mãos, brinca um pouquinho, toca o sinal logo, tem que ir para a sala de novo. Isso não é coisa que se faça com criança”. Selma Girão/Facebook
  • A babá do meu filho tinha a mania de quando estava chateada com algo dizer que ia “chutar o balde”. Meu filho de 3 anos sempre ouvia caladinho. Um belo dia, ela tinha acabado de limpar o chão e deixou o balde ainda com água. Meu pequeno deu um chute no balde, derramou água na casa e ainda gritou: “Você disse que ia chutar o balde, mas não chutou. Eu chutei pra você”. Hoje ele tem 27 anos. Belarina Barbosa/Facebook
  • Meu filho tem uma coleguinha de natação desde bebê. Ela tem um irmão mais novo, que começou a fazer aulas também. Eu disse: ’’Olha que lindo, o irmãozinho da Catarina se chama Salomão’’. Ele respondeu: “Não, mamãe, ele se chama Salominho, Salomão é só quando crescer”. Camila Tognetti Rocha Lima/Facebook
  • Carol começou na escola e veio toda animada com os desenhos de pessoas que acabara de aprender a fazer. Notei que alguns estavam sem olhos e ela prontamente respondeu:
    — Você não vê que eles estão dormindo? Luiza Lino/Facebook
  • Tenho uma sobrinha que quando era pequena minha irmã vivia chamando o pai dela de boi. Um dia, eu andando com ela, passamos em frente a um açougue que tinha um desenho de um boi. Ela apontou e disse: “Olha tia, o meu pai”. Eu não aguentei e ri demais. Elenilda Castro De Souza Rocha Castro/Facebook
  • Quando meu filho era bem pequeno eu sempre ensinava para ele que não importa a situação, não pode mentir, a verdade sempre deve ser dita. Um dia, eu estava com ele e encontrei uma amiga e ela veio me apresentar o netinho toda feliz. E eu disse: “Parabéns, amiga, seu neto é lindo!” Meu filho, que tinha 3 anos na época, virou para mim e disse: “Uai, mamãe, você não fala que a gente não pode mentir? Como você está mentindo para sua amiga. Vai que ela acredita que o bebê é bonito! Fala a verdade, esse bebê é muito feio”. Gente, quase morri. Jozete Sodre/Facebook

Você tem um pequeno comediante em sua casa e já passou por alguma história engraçada com ele? Ou conhece alguma criança que solta pérolas divertidas? Conte para a gente nos comentários!

Incrível/Gente/18 Leitores do Incrível mostram como seus filhos pequenos têm grande talento para o humor
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos