Incrível
Incrível

16 Pessoas que teriam tido um dia monótono se não fosse por um acontecimento

Quem nunca passou por um dia entediante e cinzento? O lado bom é que o tédio pode ser resolvido sem muito esforço: uma boa piada, uma surpresa e até mesmo um sorriso ou elogio podem melhorar até o dia mais desanimado. E são esses momentos que, mais tarde, se tornam histórias incríveis e que podem ser contadas por anos e anos.

A seleção do Incrível.club de hoje mostrará esse tipo de situação. Após ler o post, você verá como é possível se animar com uma simples conversa com uma bibliotecária ou ajudando um animal de rua, por exemplo. Confira!

  • Estava fazendo plantão no hospital. À noite, a ambulância trouxe uma mulher de 52 anos com um diagnóstico preliminar de “obstrução intestinal aguda”. Náuseas, vômito, dor acentuada na região do abdômen... o cirurgião de plantão a examinou e a enviou para a sala de operação. Recebemos os resultados dos exames. O anestesista quis examiná-la novamente e, quando ela finalmente estava na mesa de cirurgia, notaram algo de errado. Após o parecer do ginecologista, descobrimos que ela estava grávida e em trabalho de parto! Pelo que ouvimos, era casada há anos e havia sido diagnosticada há muito tempo como infértil. O atraso na menstruação não foi um sinal significativo por conta da idade. A mulher, então, foi transferida ao departamento de obstetrícia e teve a criança sem nenhum problema. Por fim, ela e o marido disseram que ficaram extasiados com a notícia, pois seriam pais pela primeira vez. © Tornillo / Pikabu
  • Esta história aconteceu recentemente. Peguei uma bandeja de almoço na cafeteria do campus onde trabalho e fui pagar. Usava uma blusa com o desenho de um ursinho comendo mel e a palavra “Honey” (“Mel”) embaixo. A menina do caixa me olhou e, brincando, disse: “Hi, Honey”, e sorriu (em inglês, essa expressão significaria algo como “Oi, querido”). Foram as palavras mais calorosas e espontâneas que alguém já havia me dito há muito tempo. O que acontece é que homens geralmente não recebem elogios assim, então esse pequeno gesto realmente fez eu ganhar o dia. © f3681 / Pikabu
  • Quando estou na minha casa no campo, gosto de andar de bicicleta. Às vezes limpo o lixo jogado perto do terreno ou da estrada. Recentemente, estava pedalando e catando algumas garrafas e entulhos quando passou um carro ao meu lado. O veículo parou, o homem saiu e, com um grande sorriso no rosto, me entregou um pacote de biscoito e um sorvete e disse: “Moça, já que você está limpando a área, isto é para você. Muito obrigado”. Foi tão prazeroso ouvir aquilo. © “Подслушано” / Vk
  • Estávamos planejando uma celebração familiar, mas, por conta do atraso nos pagamentos do trabalho e pelo fato de a minha mulher estar de licença-maternidade, com o nosso primeiro filho prestes a nascer, não tinha muito dinheiro para gastar com a festa. Foi preciso fazer algo mais simples, com algumas flores e pouca comida. Durante o “evento”, porém, a campainha tocou: era meu irmão. Vinha do trabalho apenas para nos parabenizar pelo filho e nos presenteou um envelope com dinheiro. Fiquei muito surpreso e contente. Mais tarde, recebi uma mensagem do meu pai dizendo que também havia contribuído com um certo montante. Ao longo da noite, recebi mais felicitações de parentes, que ofereceram mais dinheiro e flores. No final das contas, nossa noite se tornou uma grande surpresa, pois não esperávamos arrecadar tal quantia. Optamos por guardar o dinheiro; dessa forma, poderemos celebrar o nascimento do bebê com bastante fartura e convidar todos os nossos queridos amigos. © LRAss / Pikabu
  • Pedi um táxi à noite. O veículo chegou e havia uma mulher ao lado do motorista. Passaram a viagem inteira olhando para trás. Achei estranho, mas tinha certeza que não os conhecia. De repente, então, o motorista perguntou: “Quem vai visitar?” Incomodada, respondi: “Estou indo para casa”. Os dois se olharam, sorrindo, e o homem disse: “O endereço que indicou é a nossa casa”. Entendi o que estava acontecendo e sorri. Eu havia me mudado recentemente para um condomínio; porém, por ser um bairro novo, minha casa ainda não aparecia no mapa, então marquei o endereço mais próximo. Depois de alguns meses morando lá, esse foi o momento em que conheci meus vizinhos. © HamsterHamsy / Pikabu
  • Bebericava meu café matinal, como de costume, lendo minha revista, quando minha mãe me chamou ao quintal para me mostrar algo. Um amendoim havia caído na terra por acidente e começou a germinar. Enquanto olhava encantada para aquilo, minha mãe disse: “Está vendo como a natureza consegue desviar de qualquer obstáculo? É assim que tudo na vida funciona”. Aquilo mexeu muito comigo. Transportamos a planta para um local mais seguro, para que pudesse crescer sem o risco de ser pisoteada. Agora não vejo a hora de colher os amendoins. © Sonalika Ruchandani / Quora
  • Hoje ocorreu algo muito inesperado e emocionante: fui parado por uma pessoa qualquer, que me perguntou se eu era o rapaz do YouTube que ela havia visto. Fiquei sem palavras, pois sou um blogueiro iniciante com apenas 1.750 seguidores. © trendz19 / Reddit
  • Sou enfermeiro. Um dia estava deitado, assistindo à TV, na área de descanso durante o intervalo. Nessa hora, entrou uma das enfermeiras com um aparelho de ECG e disse: “Tire a blusa, preciso verificar a máquina”. Bom, não era muito esforço. Colocou todos os eletrodos e ligou. Depois de finalizar, balançou a cabeça, como se estivesse decepcionada, e soltou: “Como imaginei. É infarto”. Quase caí da cadeira. Ela notou meu desespero e, sorrindo, explicou: “Acalme-se! Duas pessoas disseram que o equipamento estava quebrado, pois dava sempre o mesmo resultado, infarto. Só queria confirmar”. Fiquei aflito e aliviado ao mesmo tempo. © “Подслушано” / Vk
  • Nunca consegui entender as pessoas que, por acaso, encontram dinheiro perdido no bolso do casaco. Hoje, porém, enquanto fazia uma faxina nas gavetas, encontrei um cartão de aniversário e, dentro dele, uma nota de R$ 100. Estava lá há dois anos e a felicidade foi enorme. © “Подслушано” / Vk
  • Há 12 anos, quando voltava da escola, meu filho encontrou um gatinho semicongelado na rua. O veterinário disse que o animal não sobreviveria e, por isso, seria melhor sacrificá-lo para que não sofresse. Meu filho não seguiu o conselho e o levou para casa. Esse foi o primeiro paciente dele. Hoje, ele é médico e o gato se tornou a coisa mais linda do mundo. © 23kiskis / Twitter
  • Meu filho tinha 11 anos quando começou a dar trabalho. Uma vez, pedi a ele para levar o lixo para fora de casa. Fez cara feia, mas pegou o saco e saiu. Ao voltar, perguntou se poderia ir ao mercado. Explicou que tinha economizado algumas moedas e queria comprar biscoito. Concordei. Voltou com uma rosa. Para a mamãe. Ainda levou um pano para que eu não visse a surpresa pela janela. Disse que queria apenas colocar um sorriso no meu rosto. © Darsycat / Pikabu
  • A filha do meu vizinho, que chegou da Índia há pouco tempo, me trouxe uma flor e a deixou ao lado da minha varanda: pôs o buquê no chão, se afastou e acenou com a mão. Ela não fala a minha língua e eu não falo a dela. Mas tenho certeza de que seremos grandes amigas. Ela tem 6 anos, e eu, 71. © BarbKatz1973 / Reddit
  • Recebi uma ligação de manhã:
    — Bom dia, posso passar aí à noite para tomar um café? Adoro biscoitos com café!
    Pausei por uns cinco segundos e, com certa agressividade, respondi:
    — Mas quem é você?!
    — Eu represento a Biblioteca Central. Você pegou dois livros conosco há dois meses e não devolveu. Se não tiver tempo de vir entregá-los, posso eu mesma buscá-los.
    A vergonha me inundou e entreguei os livros à noite. Ainda dei um chocolate de presente a ela. A simpática bibliotecária me contou que, após esse tipo de ligação, 90% dos clientes devolvem os livros no mesmo dia e ainda oferecem algum mimo, geralmente comestível. Depois, todos os funcionários dividem as guloseimas. © olimp71 / Pikabu

  • Estava esperando meu café ficar pronto. Atrás do balcão, um jovem barista me atendia. Notei como um funcionário mais experiente ensinava esse rapaz iniciante a manusear os equipamentos e dava a ele um excelente conselho: descontrair e melhorar o humor dos clientes naquelas situações mais desconfortáveis — quando o pedido está atrasado ou a máquina de café quebra, por exemplo. Ao lado da minha mesa, uma mulher esperava sentada. O barista mais experiente se aproximou da mesa dela e disse:
    — Com licença, gostaria de esclarecer sobre o seu pedido de “mingau com maçãs frescas”. A senhora não imagina o que aconteceu: quando entrei na cozinha, vi o chef comendo a última maçã. Ele gosta de vitaminas, sabe como é... Não seria possível trocar por alguma outra fruta?
    A moça sorriu. Eu gargalhei.
    — Claro, não tem problema —, respondeu. © AlexBessonov / Pikabu

  • Certo dia, colocaram uma funcionária nova para trabalhar ao meu lado no escritório. Pelo canto do olho, vi que estava com nojo do mouse e teclado do computador. Eles estavam sujos e um pouco pegajosos. Sem pensar muito, peguei um lenço umedecido e limpei tudo para ela. Após se sentir mais confortável, a moça pegou outros lenços e passou no resto da mesa e no monitor. Depois, brincando, disse: “Nossa, você leu os meus pensamentos”. Respondi: “Sim, meu avô era xamã”. Houve uma pausa por alguns segundos e, quando ela olhou para mim, nós dois começamos a rir. © ShiroglazyiAziat / Pikabu
  • Por conta de alguns problemas de saúde, engordei bastante nos últimos anos. Desde então, já fui chamada de diversos nomes pejorativos, mas nunca me importei muito. Eu mantinha uma relação on-line com meu namorado, que sempre me apoiou muito durante todo esse período. Decidi que queria começar a frequentar a academia, mas tive dois obstáculos. Primeiro: não tinha dinheiro. Segundo: meus pais eram conservadores demais e não viam isso com bons olhos, por mais estranho que pareça. Foi então que meu namorado ligou e disse que eu devia me preparar para receber um presente muito especial. Mais tarde naquele mesmo dia, um caminhão parou à minha porta. E, em vez de um agrado comum, como um buquê ou chocolates, recebi equipamentos de academia! Perguntei a ele por que havia feito aquilo, e respondeu: “Se você não pode ir à academia, decidi levar a academia até você”. © Rinkle Sudan / Quora

O que já aconteceu que fez você “ganhar o dia”? Pode ter sido até um pequeno gesto, mas não deixe de compartilhar conosco. Isso pode “fazer o dia” de outro leitor. Contamos com você!

Imagem de capa HamsterHamsy / Pikabu
Compartilhar este artigo