Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Provas de que 2019 foi um ano cheio de amor e de coisas boas

Vai chegando o fim do ano e todo mundo só quer lembrar de coisas boas e agradáveis, fazer um balanço geral do ano e estar certo de que os últimos 365 dias foram bons. Certamente, se você olhar em volta, ficará claro que ao redor do mundo há muitas pessoas que se esforçam para melhorar não apenas suas próprias vidas, mas também as vidas daqueles que as rodeiam. Elas fazem ações sinceras e sem segundas intenções, ajudando pessoas e animais simplesmente porque o podem. Pessoas e suas boas ações no ano de 2019 são o tema deste post.

Nós, do Incrível.club, acreditamos que há muito mais pessoas boas no mundo, e que o importante é reconhecer as boas ações e que cada um também tente fazê-las. Confira!

1. Esta enfermeira decorou os seus cabelos para animar os pacientes para o Natal

2. Toda a turma do jardim de infância veio prestar apoio a este garotinho no tribunal, onde a questão de sua adoção estava sendo decidida

3. Um vizinho decorou este hall do corredor de um prédio residencial à mão usando baixo-relevo em gesso. E o resultado ficou assim

4. Este cachorrinho se chama Piglet. Ele é cego e surdo, mas o principal é que ele ajuda as crianças a superarem seus medos

Um filhote de cachorro chamado Piglet (leitão, em português) — um cruzamento de Dachshund e Chihuahua, nasceu cedo e surdo, mas isso não o impediu de se tornar uma verdadeira estrela. Tendo caído em boas mãos, ele se tornou um símbolo de força e coragem. Tudo isso aconteceu depois que uma professora do Ensino Fundamental do estado americano de Massachusetts contou a história desse filhote a sua turma, e provou que a própria atitude positiva de Piglet o ajudou a superar suas dificuldades. Os alunos gostaram tanto da história que agora usam o pequeno Piglet como um modelo a ser seguido.

5. Um cara ajudou uma pessoa a recuperar seus documentos, e com isso deu a ela uma chance de construir uma nova vida

“Eu moro em Moscou. Um dia, um cara começou a aparecer com frequência em frente à entrada do meu prédio. Ele aparentava limpo e arrumado, mas de cara dava para perceber que ele era sem-teto. Desci, e após conversarmos ele me contou que se chamava Nikita e que acabou ficando sem um lar e sem seus documentos. Ele não tinha nenhum parente a quem recorrer, e dormia à noite perto da entrada do meu prédio, pois sem documentos ele não conseguia alugar nenhum lugar para morar. Eu fiquei com pena desse homem, e decidi ajudá-lo de coração. Dei para ele meu celular antigo para que pudesse encontrar algum emprego na Internet e o ajudei a recuperar seus documentos. Mas então, depois de um tempo, ele simplesmente desapareceu. Não que isso me decepcionasse, eu apenas esperava que todos os meus esforços não tivessem sido em vão e que ele não voltasse a se perder na vida.

Mas o resultado dessa história ainda está por vir. Eu encontrei com o Nikita ontem, ele me telefonou para marcarmos. Nos encontramos em seu pequeno apartamento alugado. Ele trabalha como soldador no interior e trabalha em serviços de meio-expediente em Moscou. Ganha um salário bom e consegue tocar sua vida com seus próprios pés”. © zloybublik / Пикабу

6. Toda vez que o jogador de futebol americano DeAndre Hopkins faz um gol, ele se dirige até a sua mãe na plateia e deixa que ela toque na bola. Ela perdeu a visão há 17 anos

A mãe de DeAndre, Sabrina Greenlee, sempre vai aos jogos em casa do Houston Texans e sempre se senta no mesmo assento. Ela perdeu a visão ainda quando o jogador era uma criança. Mas Sabrina não desistiu, e conseguiu criar sozinha 4 filhos. Hoje em dia, DeAndre é um atleta de sucesso, mas continua muito dedicado à sua mãe.

7. Estes jovens sempre sonharam em ter um cachorro, mas o proprietário de sua casa alugada proibia animais. Mas um vizinho decidiu ajudá-los, permitindo que os garotos brincassem e passassem tempo com seu cachorro

Quatro jovens engenheiros viam pela janela quando um vizinho passeava com seu cachorro e decidiram escrever para ele uma carta pedindo que permitisse que eles passeassem e cuidassem do cachorro de vez em quando. A resposta do vizinho foi emocionante: ele escreveu uma carta para os rapazes em nome do cachorro.

“Querido, rapazes! Receber sua carta foi tão agradável como ganhar um presente. Eu sou um cruzamento entre um Labrador e um Pastor-alemão, tenho 2 anos e 4 meses de idade. Sou muito amigável e ficaria feliz de fazer amizade com vocês. Mas tenho que avisar que vocês precisam pagar pela minha amizade com 5 arremessos de bola por dia e carinho na minha barriga quando eu quiser.

Nossa família entende que hoje em dia é difícil os proprietários permitirem animais em casas alugadas. Estou pronto para brincar com vocês quando quiserem. Aqui está o número do WhatsApp para que possamos marcar nosso encontro. Ansioso para lambê-los! Stevie Ticks”.

8. No Japão, há um “hospital” para brinquedos de pelúcia

Um grupo de moradores atenciosos, pensando nos brinquedos de pelúcia que estavam se deteriorando, abriram uma oficina especial onde as pessoas podem trazer seus amiguinhos felpudos mais velhos ou “machucados” para uma restauração. E não é uma oficina qualquer — no site do “hospital” você pode ver que todo paciente recebe a ajuda necessária de “médicos” e “enfermeiros”.

9. Apenas um ’olá’ pode mudar o humor de uma pessoa

“Mais ou menos há 2 anos, no caminho para o trabalho, todos os dias encontrava um senhorzinho caminhando com sua bengala. Após alguns encontros, eu o cumprimentei. Ele ficou encantado, e me disse que sempre quis falar comigo, mas não queria incomodar.

Ele tem 79 anos. Sua esposa tinha falecido, e ele sofreu um ataque cardíaco e os médicos recomendaram que ele andasse com mais frequência. Ele foi deixado sozinho pela família, e se sentia solitário e triste. Os netos estão longe, mas ligam com frequência, mas não é o suficiente. Ele quase não recebia visitas. Agora, a situação mudou um pouco, a vida se tornou mais interessante. No começo ele andava sozinho com sua bengala, agora ele caminha com mais 2 idosos e sem bengala. Ele anda com muito mais rigorosidade, e também aparenta um pouco mais jovem. Quando nos encontramos novamente, ele me relatou com alegria que duas velhinhas também se juntariam à sua equipe de caminhada no dia seguinte”. © Wirus74 / Pikabu

10. Um fazendeiro escreveu um comovente anúncio de que seu pato estava sem par e procurando por um amigo. Agora o pato tem muitos amigos

Na cidade de Maine, Chris Morris escreveu este anúncio: “Um pato solitário está procurando um amigo. Seu parceiro morreu recentemente. Apenas ofertas sérias”.

O fato é que, recentemente, um lince atacou os 2 patos, e agora, o pato sobrevivente está sentindo muita falta do amigo. Muitas pessoas compartilharam o anúncio, e logo Chris recebeu uma resposta do proprietário da fazenda vizinha, que garantiu que provavelmente encontraria um amigo adequado para seu animal de estimação.

11. “2 horas de trabalho e 4 sacos de lixo. Agora o parque perto da minha casa está limpo”

12. Uma garota prepara refeições gratuitas para os sem-teto e necessitados semanalmente

Uma moradora de São Petersburgo prepara refeições gratuitas em sua casa e entrega para uma instituição de caridade que ajuda pessoas sem-teto. Ela compra parte dos produtos e parte é fornecida por lojas e feirantes. Além de fornecer comida, Catherine coleta roupas de frio. A garota diz que ajudar as pessoas é uma coisa muito simples, e que todos podemos contribuir de alguma forma.

13. Um casal adotou 2 gatinhos laranjas que foram abandonados em uma caixa de papelão. Os irmãos se chamam Ed e Sheeran

14. Voluntários de todo o mundo costuraram luvas especiais para os coalas que sofreram com os incêndios florestais

Uma organização de proteção aos animais postou em sua página no Facebook que todos podiam costurar luvas para os coalas que tiveram suas patas queimadas durante os incêndios. As luvas servem para proteger os coalas contra infecções e restaurar a pele do animal mais rapidamente; todo material que precisa para fazer as luvas são flanelas ou algodão puro. E pessoas do mundo todo atenderam ao apelo da organização.

15. Uma garotinha que cobriu um gato com folhas para que o animal não ficasse doente

16. Um professor deu aos seus alunos um certificado “anti-nota baixa”. Usando-o, o aluno pode cancelar uma nota ruim ou aumentá-la em um ponto

17. O resgate deste gatinho que antes pesava 1,7 kg, e agora é saudável e pesa 4 kg

18. Ativistas resgataram uma raposa-do-ártico de uma fazenda que retira pele de animal para produção comercial. Hoje ela se chama Machek, e mora temporariamente com um dos ativistas

19. Um empreendedor na Coreia do Sul abriu um jardim de infância para cachorros, onde especialistas cuidam dos filhotes enquanto seus donos trabalham

Bônus: um filhote de tigre rejeitado por sua mãe encontrou um novo melhor amigo

Compartilhe com a gente na seção de comentários boas histórias que aconteceram no ano de 2019.

Imagem de capa zloybublik / Pikabu
Compartilhar este artigo