Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Histórias que provam que o trabalho de um tutor requer muita paciência e nervos de aço

5-3-
16k

Tutoria e aulas particulares se tornaram algo comum no mundo inteiro. Aulas extras não apenas ajudam os alunos a obter uma nota alta, mas também são uma fonte de conhecimento para pessoas comuns que desejam se desenvolver em um novo ramo. Por exemplo, Oxford oferece cursos on-line que explicam por que os animais se comportam de uma determinada maneira.

Neste post, o Incrível.club reuniu algumas histórias divertidas da vida dos tutores que vão ajudá-lo a entender o outro lado desse trabalho e, ao mesmo tempo, colocar um sorriso no seu rosto.

  • O melhor anúncio que já vi em toda a minha experiência: “Não entendo nada de matemática. Onde quer que os números estejam presentes, meu cérebro se desliga. Lamento por você, mas prometo que vou me esforçar. Preciso passar na prova final de matemática. Estou procurando uma pessoa que possa me ajudar a obter pelo menos 5. Se você conseguir, pode se declarar o melhor tutor do mundo ou o Super-Homem”. © Ole4kaOlegovna / Pikabu

  • Minha esposa dá aulas para um aluno na nossa casa. Assim que ele se senta na cadeira, começa a mastigar algo, depois para, e volta a mastigar. Certamente, não é comida nem chiclete. Minha esposa notou que depois que começou a dar essas aulas pra ele, a cadeira começou a desmoronar. Hoje ela percebeu o que está acontecendo. O garoto se senta, arranca discretamente o estofado da cadeira, põe na boca e depois cospe. © unknown author / Ideer

  • Diálogo com uma aluna:
    — Qual é o resultado do primeiro exercício?
    — 22.
    — Por quê? Que operação você fez?
    — Dividi 20 por 5.
    — Então? Por que deu 22? Por favor, utilize o método da chave.
    Foi isso que fiz. © Ole4kaOlegovna / Pikabu

  • O lugar onde trabalho como professor e consultor estudantil é bastante barulhento, por isso, muitas vezes, é difícil captar os nomes dos alunos. Mas eu descobri um truque: olhar para o nome que aparece quando eles abrem seus notebooks e entram no sistema. Hoje vi que uma aluna fez o login com o nome Lenovo, e pensei: “Que nome incomum!” Durante toda aula, chamei a aluna de Lenovo (por exemplo, “Sim, Lenovo, essa frase parece bem apropriada aqui!”). Foi só no final da aula que meu colega disse rindo que Lenovo é uma marca de notebook. Ainda não me recuperei da vergonha e provavelmente nunca mais vou aparecer no trabalho. © emmyeggo / Reddit

  • Já era tarde. Um aluno estava esperando que o buscassem após a aula. Ligou para casa: “Oi, você pode dizer à mamãe para me pegar? Ah, ela está tomando banho... E o papai? Também está no banho?” Logo, virou para o professor e disse: “Isso vai levar um tempo, senhor”. © nerdsarepeople / Reddit

  • Eu estava dando aulas particulares on-line, e os pais dos alunos ficavam gritando para eles pararem de jogar. O pai de outro aluno invadiu o quarto do filho gritando algo sobre uma caneca suja que estava na pia. © grubas / Reddit

  • Uma garota me ligou para se inscrever para aulas de inglês. Fiz a pergunta habitual: “Para que fins você precisa do idioma?” — já que o plano de estudo depende disso. E ela respondeu: “Isso não é da sua conta! Por que está perguntando isso? Por que precisa de minha informação pessoal? Já estou vendo que não vamos nos dar bem trabalhando juntos! Você adora meter o nariz onde não é chamado!” — e desligou na minha cara. © Lirala / Pikabu

  • Sou professora particular de inglês. As crianças são muito diferentes. Hoje dei aula a uma nova aluna pela primeira vez, e no geral, correu bem. No final, eu disse: “E agora, o dever de casa...” E ela respondeu: “Se você falar em dever de casa, direi à minha mãe que você foi grosseira comigo”. Eu fiquei tipo: “O quê-ê-ê?”, E ela: “Bom, já que você está dando aulas particulares, é porque precisa de dinheiro, portanto, continuamos a estudar inglês, mas sem dever de casa. E se tiver dever de casa, você não vai trabalhar mais aqui”. © “Палата № 6” / Vk
  • Dou aulas de russo, duas vezes por semana, a um aluno que é do oitavo ano. Ele vive com seus avós nos arredores da cidade, e levo duas horas e meia para chegar lá. Toda vez, depois da aula, seu avô me oferece jantar, e não aceita “não” como resposta. Hoje avisei que não poderia ficar, então ele preparou um lanche para que eu levasse comigo! Sanduíche, queijo e suco. © unknown author / Ideer
  • Uma aluna veio para a aula e disse: “Não fui à escola hoje, pois estava doente. Minha garganta dói, e a mamãe não me deixou ir. Mas vim até você porque gosto, e agora quero estudar. Eu não gostava da última tutora: ela era chata”. Por um lado, fiquei feliz, mas, por outro, um pouco confusa. Por que não se pode ir para a escola, mas pode ter aula com tutor? Será que tutores têm imunidade mais forte? © ANcuriosity / Pikabu
  • Estava em uma reunião virtual com minha turma no primeiro dia de aula e esqueci de desligar o microfone. Então comecei a falar com meu gato, que estava no meu colo. © MrSpyder_ / Reddit

  • Tive um aluno, um homem de cerca de 40 anos, que ia fazer uma prova de Matemática e me pediu uma aula no dia anterior à prova. Ele avaliava seus conhecimentos entre 60-80%, e trouxe um livro com exemplos de exercícios que teria na prova. Então, ficou claro que ele mal conseguia fazer a primeira tarefa. E para o exame ele precisava resolver pelo menos cinco. Usava a calculadora para subtrair três de zero, e a adição de números de dois dígitos acabou sendo uma tarefa muito difícil. Estudamos por duas horas, mas ele não passou no exame. No dia seguinte, chegou o feedback do meu trabalho: “Inexperiente! Daria nota 2 ou 3”. © Ole4kaOlegovna / Pikabu

Você já passou por situações engraçadas com tutores? Talvez, você mesmo seja um tutor e tenha histórias divertidas para contar? Compartilhe nos comentários.

Imagem de capa unknown author / ideer
5-3-
16k
Compartilhar este artigo