Incrível
Incrível

10 Histórias inspiradoras de pessoas e empresas que mostram que fazer o bem é contagiante

Sabe aquelas ideias que fazem nossos corações se encherem de esperança? Neste post, temos exemplos de pessoas e empresas que tiveram ideias verdadeiramente inspiradoras. Mostraremos, por meio de uma série de exemplos, que muita gente luta todos os dias para ser melhor e para dar o exemplo para outras pessoas e para o mundo.

Incrível.club ama mostrar o quanto o bem é contagiante e como todos podem fazer sua parte para mudar o mundo. Para inspirá-lo ainda mais, listamos 10 empresas e pessoas comuns que decidiram fazer um “trabalho de formiguinha” para ajudar o próximo. Confira conosco e conte nos comentários se você faz ou conhece alguém que faça algo semelhante.

1. ONG leva banho itinerante às pessoas em situação de rua

Na zona norte do Rio de Janeiro, um lindo projeto social surgiu da iniciativa das amigas Ana Paula Rios e Marihá Lopes. As duas já faziam trabalhos sociais e viram a necessidade de montar uma estrutura para que as pessoas em situação de rua conseguissem tomar banho e escovar os dentes. O trailer adaptado possui dois chuveiros e a equipe anda pelas praças da cidade oferecendo carinho e mais dignidade a essas pessoas.

2. Obstetra “planta” uma árvore para cada criança que traz ao mundo

O doutor Calixto Hueb é obstetra há mais de 40 anos na cidade de Macatuba, no interior paulista, e desde 2001 desenvolve um projeto de imenso valor social e ambiental. Sempre que traz um bebê ao mundo, o médico oferece à mãe e ao bebê uma muda de árvore, que pode ser plantada em uma das praças da cidade. Em 2014, a prefeitura tornou a ideia um projeto de lei e ficou encarregada de pagar pelos presentes.

3. Empresa cria máquinas que trocam recicláveis por pontos

A Retorna Machine é uma máquina que permite trocar material reciclável por pontos. A ideia, da empresa Triciclo, foi posta em prática, inicialmente, na capital paulista, tendo chegado, depois, a outras partes do País. As pessoas inserem na máquina vários tipos de produtos recicláveis e os trocam por benefícios como recarga de celular, passagens no transporte público e descontos na conta de luz. Uma forma de incentivar o recolhimento e evitar que o lixo polua o Meio Ambiente.

4. Garoto youtuber dá palestra sobre bullying

O pequeno Iarley Bermudes é um exemplo de superação e de força para superar desafios. Ele sonhava em ser um youtuber de sucesso. Hoje, possui um canal nessa rede social que aborda temas diversos e já conta com mais de 18 mil inscritos. Além disso, dá palestras em escolas, feiras, programas de TV e outros eventos, tratando de conscientizar as pessoas contra a discriminação e o bullying.

5. A dançarina Rita Cadillac ajuda a divulgar um restaurante

O restaurante O Mirandês funciona há pouco mais de um ano no bairro paulista de Santa Cecília. Poucas pessoas sabiam que o estabelecimento tinha uma vizinha ilustre e que ama ajudar: a dançarina Rita Cadillac. Ela, que já frequentava o local, decidiu dar uma força e, assim que a empresa começou a fazer entregas, Rita se dispôs a ir à casa dos clientes nos finais de semana, sem cobrar nada por isso. A eterna chacrete também ajuda a divulgar outros estabelecimentos em seu Instagram.

6. O projeto Revolução dos Baldinhos

A iniciativa Revolução dos Baldinhos visa ao recolhimento do lixo orgânico residencial dos bairros da capital Catarinense. Além de diminuir os resíduos, que iam para os lixões, essa ideia cria postos de compostagem que transformam tudo em adubo orgânico para hortas. A equipe também recolhe óleo de cozinha, que é transformado em sabão em barra. Quem doa recebe, em troca, o sabão já pronto.

7. Empresa cria exoesqueleto que ajuda na Medicina

A startup pernambucana Neurobots, fundada pelo diretor de tecnologia Vitor Hazin e por seu sócio Júlio Dantas, desenvolveu um produto que trabalha como uma Interface Cérebro-Máquina. É um tipo de braço robótico controlado pelo cérebro do paciente. A ideia inicial surgiu como um projeto pessoal, mas foi adaptada e hoje serve para ajudar no tratamento de sequelas de Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs).

8. O projeto Bonne Chance dá emprego a refugiados

Nosso País sempre foi muito hospitaleiro quando o assunto é acolher pessoas de fora, mas quando essas pessoas chegam ao Brasil, se deparam com uma grande dificuldade: o desemprego. Para tentar resolver o problema, a jornalista, escritora e socióloga Ana Emília Cardoso decidiu montar um projeto de ensino de línguas chamado Bonne Chance. Por meio dele, os estrangeiros têm a oportunidade de dar aulas e ganhar o seu sustento.

9. Projeto doa produtos de higiene aos moradores de rua

Quando pensamos em pessoas em situação de rua, imaginamos que a única forma de ajudar é oferecer comida ou cobertores. Mas o projeto Mini Gentilezas foi além. A campanha visa arrecadar e distribuir produtos de higiene (sabonetes, shampoos, absorventes) para doar às pessoas que precisam. Para ajudar é bem simples: nos postos de arrecadação, você pode deixar aquele sabonete que recebeu de um hotel ou uma amostra grátis. Isso pode fazer toda a diferença para quem recebe.

10. Empresa faz óculos reciclando antigos discos de vinil

A empresa paulista de óculos de sol Notiluca inovou e trabalha com armações feitas com materiais recicláveis como madeira e pedra. A marca lançou também uma edição limitada, a Vinil Edition, com apenas 150 peças, tendo usado, como matéria-prima, discos de vinil que seriam descartados. Os óculos eram vendidos em uma linda caixa com bolsa, chaveiro, palheta e um disco de 7 polegadas com músicas de duas bandas brasileiras. Que iniciativa legal! O Planeta agradece.

Gostou das ações que mostramos aqui? Conhecia alguma delas? Na sua cidade tem algum trabalho parecido? Conte para nós.

Imagem de capa ritacadillac/Instagram
Compartilhar este artigo