Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Americano estudante de português fala abertamente o que pensa sobre nossa língua

Qual é a sua maior dificuldade na hora de aprender um novo idioma? A pronúncia? Decorar o vocabulário? Aprender a estrutura das frases? A resposta mais adequada para essa pergunta geralmente é: “depende”.

Para os brasileiros, por exemplo, a parte mais fácil de aprender a língua inglesa pode ser a pronúncia — já que alguns dos fonemas mais difíceis do inglês também estão presentes na língua portuguesa. Já no caso do espanhol, falantes de português podem ter mais facilidade em decorar palavras, por conta do vocabulário tão semelhante. É interessante, no entanto, analisar o cenário contrário: você já parou para se perguntar o que os estrangeiros pensam sobre a língua portuguesa?

Na rede social Reddit, um norte-americano respondeu a perguntas sobre as maiores dificuldades que teve em aprender português. E a equipe do Incrível.club, separou as melhores respostas para você. Confira!

Por que você decidiu aprender português?

Além do Brasil, o português é hoje falado em antigas colônias portuguesas como Angola, Moçambique, Cabo Verde e mais. Apesar de ser a sexta língua mais falada no mundo, é comum estranharmos quando algum estrangeiro quer aprendê-la. Afinal, por também ter origem latina, o espanhol é bem parecido com o português e tem o segundo maior número de falantes nativos no mundo (só “perdendo” para o Mandarim).

E foi exatamente por isso que um usuário do Reddit quis saber por que o americano havia decidido aprender português. Ele explicou que tomou a decisão porque ama línguas e o espanhol pareceu “tédio demais” — nas palavras dele.

Em relação à pronúncia, que sons foram mais difíceis de falar corretamente?

O que um bom churrasco e um macarrão com salsicha têm em comum? Além de serem comidas amadas por grande parte dos brasileiros, as duas são escritas o dígrafo “RR”. E, segundo o americano, essa é a maior dificuldade dele em relação à pronúncia.

Além desse dígrafo, estrangeiros costumam ter dificuldade em reproduzir o som nasal ÃO e decorar as variadas formas de pronunciar o X.

E em relação à diferença entre o português brasileiro e o de Portugal, você tem alguma preferência?

Quem é assíduo no Incrível.club deve ter reparado que a nossa equipe adora estudar as diferenças entre o português europeu e o brasileiro. Você sabia que os portugueses atendem o telefone falando “estou” e que a palavra biberão significa mamadeira?

Em certos casos, a forma de falar dos portugueses confunde os brasileiros. E para quem está aprendendo a língua, qual é a mais fácil? Para o americano, o português europeu é mais difícil de aprender e ele teve mais facilidade de encontrar materiais que ensinam o português falado no Brasil.

Existem palavras que você acha melhor no português do que no inglês?

Ops. Talvez a ilustração acima já tenha dado um spoiler, não é? Mas, é isso mesmo: o americano se mostrou fã da palavra “fazer”. Pode parecer engraçado para os brasileiros, mas ele dá uma ótima explicação: “Sim, eu gosto muito da simplicidade da palavra ’fazer’. Em inglês, nós dizemos do e make para ’fazer’. Usando uma palavra é mais fácil”.

Como você tem aprendido português?

A internet é uma importante fonte de conhecimento, onde você pode aprender um pouco de tudo, incluindo novas línguas. Hoje em dia, contamos com plataformas digitais de ensino de idiomas, onde você pode aprender alemão, japonês, francês e tantas outras línguas sem sair de casa.

Foi justamente isso o que o americano fez. Ele aprendeu português por meio do Duolingo e “trocando uma ideia” com falantes nativos — já que tem amigos que são da Bahia.

Sabe diferenciar um pouco os sotaques?

Aprender as diferenças de sotaque das diferentes regiões do país é fascinante e divertido. Os brasileiros, claro, têm mais facilidade em identificar a origem de uma pessoa dentro do País por conta do sotaque, mas os estrangeiros podem ter uma certa dificuldade em diferenciar.

No Reddit, o americano disse que não saberia dizer se uma pessoa vem do Rio de Janeiro ou de São Paulo, por exemplo. A menos que diga a palavra “biscoito”.

Como lidou com o fato de que objetos têm gênero no português?

Você sabia que o latim tinha os gêneros masculino, feminino e neutro, mas que, na passagem para a língua portuguesa, o gênero neutro acabou desaparecendo? É justamente por isso que até hoje os objetos têm um gênero no português — ao contrário do que ocorre no inglês. Por exemplo, dizemos a cadeira, e não o cadeira, um caderno e não uma caderno. Todos os substantivos acabaram ganhando um gênero, feminino ou masculino.

Como esse fenômeno não ocorre na língua inglesa, um usuário do Reddit quis saber mais sobre a dificuldade em aprender os gêneros. O americano disse que às vezes é complicado, mas que ele já havia aprendido o conceito básico ao ter estudado espanhol anteriormente.

O que achou do fato de a nossa língua ter diferença entre “ser” e “estar”?

Um dos primeiros verbos que estudantes de inglês aprendem é o ’to be’, que, em português, pode significar ser ou estar. Essa pode ser uma fonte de dúvida para falantes da língua inglesa e foi justamente o que os usuários do Reddit quiseram saber.

“(Em inglês,) nós usamos o contexto para entender a diferença entre os verbos (ser e estar). Às vezes é fácil pra mim, como em frases como ’eu sou americano’ e ’eu estou bem’. Mas às vezes é difícil, como em ’está confuso pra mim’. Eu tenho 75% de certeza de que essa frase é correta”, revelou o americano.

Pela resposta, percebemos que é normal ocorrer essa confusão entre “ser” e “estar” — já que o mais habitual seria dizer “essa frase está correta” e não “é correta”.

É interessante saber o que os estrangeiros pensam sobre a nossa língua, concorda? Você também adora aprender novos idiomas? Quais são suas maiores dificuldades? Conte ao Incrível.club nos comentários.