20 Homens que cortaram o cabelo e, de repente, ficaram mais atraentes do que Johnny Depp no seu auge

Existem muitas maneiras de fazer uma mudança de visual: você pode, por exemplo, renovar o guarda-roupa, fazer um piercing ou uma tatuagem. Mas a forma mais simples e, ao mesmo tempo, mais eficaz, é tomar coragem para fazer um novo corte de cabelo ou um penteado diferente. E isso não se aplica apenas às mulheres, porque as transformações mais incríveis, às vezes, acontecem em barbearias.

Os heróis da coleção de hoje decidiram cortar o cabelo e conseguiram uma mudança radical. Nós, do Incrível.club, invejamos sua coragem e ficamos felizes com seus resultados surpreendentes.

“Tive cabelos compridos durante quatro anos, e agora... me sinto ótimo!”

“Primeiro corte em um ano e meio”

“Tive muitas de ideias de corte. O que acham?”

Cópia do John Malkovich”

“Finalmente, cortei o cabelo e estou extremamente feliz e satisfeito com o resultado”

“Agora, as chances de um encontro romântico aumentaram

“Há alguns dias, senti vontade de mudar o visual drasticamente”

“Tomei coragem e cortei o cabelo”

“Finalmente fui ao cabeleireiro após uma longa pausa”

“Estava indeciso sobre o comprimento do meu cabelo. Me arrisquei e cortei, e agora vejo que foi a decisão certa!”

“Deixei o cabelo crescer por 18 meses, e acabei de cortá-lo”

“Parecido com Post Malone, mas sem as tatuagens no rosto”

“Definitivamente, cabelo curto parece mais legal. Decisão certa!”

“Uma grande mudança”

“Fantástico! Ambos os cortes parecem ótimos, mas o de cabelo curto ficou melhor”

“Uau! A diferença é uma loucura!”

“Eu estava com receio de cortar o cabelo, mas a reação das pessoas foi incrível”

“Apenas um corte para sair de 1975 para 1994”

“Recentemente, decidi dizer adeus ao meu cabelo”

  • Mudança legal! Você tem uma linda linha da mandíbula e os cabelos longos tiravam a atenção dela. © Sevuhrow / Reddit

“Novo corte, novo eu”

Você já fez alguns experimentos com a sua aparência? Conte para a gente nos comentários.

Imagem de capa Theseus-2 / Reddit
Compartilhar este artigo