18 Pessoas que simplesmente não tiveram sorte com seus vizinhos

Todo mundo, certamente, deseja manter uma relação cordial e saudável com seus vizinhos. No entanto, isso nem sempre é possível e, às vezes, algumas pessoas até ultrapassam todos os limites do aceitável, tornando a convivência um verdadeiro desafio, como aconteceu com os protagonistas do nosso artigo de hoje.

Nós, do Incrível.club, sabemos bem que a convivência com estranhos às vezes pode ser difícil, mas acreditamos que o respeito e a cordialidade devem ser a base de qualquer relação. Confira!

A vizinha fez uma denúncia contra a minha irmã na polícia porque os meus sobrinhos estavam brincando no jardim. O problema é que não denunciou por razões usuais, como fazer muito barulho ou algo do tipo. Mas, porque um Vulcão na Itália havia entrado em erupção e a radiação poderia afetá-los. A minha irmã mora no Reino Unido. © JimmyHerbertKnockers / Reddit

***

Um vizinho processou os meus pais por perder as eleições para o cargo de presidente da nossa associação de moradores. E ele ainda exigiu que meus pais pagassem seus gastos com o processo após ter perdido no tribunal. Duas vezes. Algumas pessoas simplesmente têm muita falta do que fazer. © shelldubbs / Reddit

***

Estava dirigindo pela rua de casa quando um vizinho pulou na frente do meu carro para gritar comigo por ter, supostamente, passado por cima do seu lixo com o carro na noite passada. Eu lhe disse que provavelmente foram os guaxinins. Ele se recusa a acreditar nisso até hoje. E eu não fiz nada. © A_crispy_sock / Reddit

***

A senhora que morava no apartamento do andar de baixo deixou várias cartas misteriosas me culpando pelos pássaros que ficavam gorjeando alto demais pelas manhãs. Não os de estimação, mas pardais e outros pássaros na rua. E isso durou meses. © NarcolepticKnitter / Reddit

O vizinho come as minhas flores. Em sua defesa, quando ele se apresentou logo que compramos a casa, nos disse que já vem fazendo isso há anos. Ele é um ótimo vizinho, apenas um homem mais velho e excêntrico que prefere sua própria companhia, come minhas flores e não se envergonha disso. Ele vem ao meu quintal e come os meus lírios ali mesmo ou traz tesouras e corta as flores para cozinhar e fazer geleia. Acho bizarro, mas já nos acostumamos. © TraumaSparrow / Reddit

***

Uma senhora de idade mora do outro lado da rua e ela é obcecada com as folhas que caem no seu gramado. Chega ao ponto de sair de casa para pegar uma única folha caída sobre a grama. No outono, ela passa horas do lado de fora com um soprador de folhas. Além disso, bate à porta de outros vizinhos se achar que tem muitas folhas no gramado deles, e se você não estiver em casa, ela entra no seu quintal e faz o trabalho por conta própria. © DTownForever / Reddit

***

A vizinha me persegue. Toda vez que chego em casa, ela sai e me diz, por exemplo, que cheguei atrasada três minutos dessa vez, ou dois minutos mais cedo que o normal, e então me pergunta o motivo. Uma vez, uma amiga com a irmã vieram me pegar. A vizinha ficou debruçada na janela, com as mãos e o rosto pressionados contra o vidro tentando ver quem estava vindo me buscar em casa. As meninas ficaram tão assustadas que me ligaram falando para eu me apressar, porque tinha uma mulher estranha encarando-as pela janela. Eu respondi: “Ah, é apenas a vizinha que me persegue!” © Competitive-Menu-146 / Reddit

***

Após dirigir por dezesseis horas seguidas, guardei o carro na minha garagem e me joguei imediatamente no sofá. Devo ter deixado o portão da garagem aberto, porque acordei com a vizinha me chacoalhando para saber se também não haviam entregado o jornal na minha casa naquela manhã. © cmde44 / Reddit

Morávamos perto de uma mulher que frequentemente fazia uma discoteca no quintal para os seus gatos, às 2h00 da manhã. Ela pendurava uma bola de espelhos e colocava luzes de festa com música tocando. Era um pouco estranho, mas o que deixava tudo ainda pior era a sua dança, performando como se estivesse fazendo um ritual ao redor do globo de espelhos. Honestamente, isso foi uma das coisas mais estranhas que já vi na vida! © epicsunrise77 / Reddit

***

Uma vez, estava sentado nas espreguiçadeiras do quintal com minha esposa vendo as estrelas, quando a vizinha apareceu do nada mirando a lanterna nos nossos rostos. Eu gritei: “Que diabos você está fazendo?” Ela se desculpou e saiu sem dar nenhuma explicação. Na hora comecei a pensar, de novo, em me mudar. © Sleestacksrcoming / Reddit

***

A vizinha do apartamento de cima gosta de ficar bem na frente da minha janela aberta (moro no térreo) às 6h00 da manhã e reclamar com o seu cachorro. Por exemplo: “Sei que você não quer voltar para casa ainda, mas se não parar de se comportar mal, não vai ganhar o seu enroladinho de salsicha”, ou “Não fui eu quem quis sair, qual é o seu problema?” Isso acontece pelo menos duas vezes por semana. © BallantyneR / Reddit

***

Compramos uma casa e no dia que estávamos fazendo a mudança, um vizinho veio até a nossa garagem sem ser convidado e começou a nos dizer quais árvores no nosso terreno ele queria que cortássemos. A audácia de algumas pessoas... © Frontsaladfrontblunt / Reddit

Temos uma vizinha que chamamos de “senhora gritona”, pois quando os seus filhos eram pequenos, ela costumava ficar na janela e correr gritando na direção de qualquer pessoa que passasse dirigindo e lhe parecesse ir rápido demais. Tudo isso em nome da segurança de suas crianças (que podiam ou não estar em casa no momento). Ela continua cuidando do trânsito e encarando os motociclistas até hoje. Felizmente, os filhos dela já cresceram, portanto, acabaram-se os gritos. © Drakmanka / Reddit

***

Alguém do nosso prédio começou a jogar lixo pela janela. Todo mundo ficou revoltado. Sugeri, então, instalar uma câmera na varanda de algum dos vizinhos daquele lado do prédio e ir mudando o seu foco por andar, até que encontrássemos o meliante. Mas sabem de uma coisa? Todos recusaram. Preferiram continuar indignados e se estressando. © goodside / Pikabu

***

Uma vizinha pegou as minhas lindas flores e as replantou no seu quintal, que fica a alguns metros do meu. © lalalimabean / Reddit

Voltava para casa e cheguei na entrada do meu prédio. Do nada, surgiu uma vovozinha gritando: “Você pegou o meu banquinho!” Tem umas senhorinhas que simplesmente ficam o dia inteiro sentadas em banquinhos na frente da entrada do meu prédio. Tentei explicar que não tinha nada a ver com aquilo, mas ela apenas disse: “Tudo bem, agora aguente”. Dois dias depois começou: encontrei três sacos de lixo na frente da minha porta, e a julgar pelo cheiro, tinha peixe podre dentro. Obviamente, não foi difícil adivinhar quem havia deixado aquilo ali. Calcei minhas luvas, peguei os sacos de lixo e os coloquei no lugar onde geralmente as vovozinhas ficam sentadas. A “guerra” continuou por um ano. Após esse tempo, o vizinho do quarto andar decidiu fazer uma reforma e começou a jogar fora a sua mobília antiga. E quando ele se desfez das cadeiras e bancos de seu apartamento, a senhora reconheceu o seu antigo banquinho que, segundo ela, eu havia roubado. Ela se dirigiu ao morador como um foguete e começou a gritar com ele. Depois disso, as vovós pararam de jogar seu lixo na frente da minha porta, mas continuam a me dirigir palavras não muito gentis. © Erikov / Pikabu

***

No meu antigo apartamento em Odessa, na Ucrânia, tive uma vizinha — a tia Rosa — que fazia escândalos com a maior facilidade, como se isso elevasse os ânimos. Tanto é que um de seus bordões era: “Mesmo que ninguém me pergunte, ainda vou lhe dizer como se deve cozinhar!” E assim seguíamos. No final do corredor do nosso andar tinha um varal que ficava escondido atrás de uma cortina, um ornamento, por assim dizer. Uma vez, a tia Rosa fez um escândalo porque a cor da cortina não era do seu agrado. © Marina Manuylina / Facebook

Você se dá bem com os seus vizinhos? Qual foi a situação mais inusitada que já lhe aconteceu ao lidar com eles? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa goodside / Pikabu
Compartilhar este artigo