9 Maneiras de escolher um perfume com aroma requintado

Muitos de nós tentamos criar uma boa impressão não só com a ajuda de roupas e acessórios, mas também através do nosso cheiro. Se você usa perfume, provavelmente já se deparou com dúvidas na hora de escolhê-lo. E assim como qualquer outro elemento de um look, o aroma pode dizer muito sobre uma pessoa.

Nós, do Incrível.club, queríamos saber como escolher um perfume com fragrância requintada. Por isso, decidimos pesquisar sobre o tema e ajudar aqueles que também têm dúvidas. Confira!

O aroma do perfume é mais nobre que a fragrância da água de banho

Em uma perfumaria com centenas de frascos, é fácil se confundir caso não seja um especialista. Além disso, é preciso distinguir entre os tipos de perfume. Acontece que a diferença está no teor de óleos essenciais que contém o aroma. No eau de toilette (água de banho) a concentração é de 5 a 15%, portanto dura cerca de três horas. O eau de parfum (água de perfume) exala aroma por cerca de oito horas, uma vez que contém 15-20% de óleo. Os perfumes mantêm sua fragrância por até 24 horas, já que contêm uma concentração de até 30%.

Perfumes e eau de parfum geralmente consistem em três camadas, também chamadas de notas: notas de topo ou saída (que duram em média 15 minutos), notas de corpo e notas de fundo ou base. Estas últimas costumam ser as mais caras e duram por muito mais tempo.

A propósito, também existem muitas “famílias” olfativas que são combinadas em dois grupos: quentes e frios. Mas uma classificação tão complexa definitivamente não nos ajudará a escolher o perfume certo, portanto é melhor focar em dicas mais simples.

Como evitar o aroma do “perfume de vovó”

Se quer exalar um cheiro requintado e moderno, esqueça as doces fragrâncias florais. Isso porque elas são consideradas ultrapassadas e definitivamente não parecem caras.

As notas florais podem adicionar mais requinte a aromas refrescantes, como violetas e íris. Combinações de flores, como jasmim ou mimosa, com sândalo e outros aromas também são apropriadas.

Quanto menos doce melhor

Aromas doces e frutados são associados a pessoas mais jovens. Caso não seja uma, é melhor evitar o excesso de doçura em um perfume. Não é incomum que essências baratas contenham um cheiro doce acentuado. Vale a pena optar por cheiros mais refrescantes ou amadeirados com notas de cedro, âmbar, bergamota e sândalo.

Mas nem todas as fragrâncias doces devem ser evitadas. Por exemplo, a baunilha pode ser tanto excessivamente enjoativa como pode adicionar um pitada de charme.

Cheiros que remetem nobreza

Pesquisamos o que é adicionado aos perfumes populares atuais, e descobrimos que geralmente contêm os seguintes ingredientes: sândalo, baunilha, jasmim, violeta, mamão, bergamota, noz-moscada, cardamomo, tangerina, frutas silvestres e patchouli. Aliás, o aroma de patchouli já foi considerado uma fragrância dos hippies.

Use sites de sugestão de fragrâncias

Portanto, se encontrou uma fragrância ou nota que gostaria de usar como ponto de partida para sua pesquisa, use recursos on-line como o site fragrantica.com. Aqui você pode selecionar um perfume específico ou ver quais são considerados mais elegantes. Após escolher algumas variantes, já pode ir a uma perfumaria.

Não tenha pressa

Se for à loja comprar um perfume novo, evite borrifar muitos produtos perfumados para que os cheiros não se misturem. Também é possível aplicar as fragrâncias em fitas olfativas ou apenas cheirar o frasco, contudo, a melhor forma de sentir o aroma de um perfume é na sua própria pele.

Sinta-se à vontade para testar a fragrância na pele, pois é preciso entender como ela exala em você e quais são suas notas de base. Além disso, durante a escolha, os especialistas não recomendam cheirar mais de quatro perfumes diferentes ao mesmo tempo.

Leve em consideração a época do ano

Se possível, tenha diferentes perfumes à disposição. Afinal, existem fragrâncias que combinam melhor com o inverno, enquanto outras com o verão. Por exemplo, notas de especiarias orientais não são adequadas para a estação quente. Já para o outono e inverno, são mais apropriados perfumes com reconfortantes notas de camurça, que causam a sensação de aquecimento.

A propósito, o almíscar natural foi muito utilizado na perfumaria até o final do século XIX. Essa substância é produzida pelas glândulas de alguns animais, como cervos e patos. Com o tempo, devido ao perigo para a população animal, os perfumistas mudaram para um componente sintético, que ainda hoje é usado.

Fragrâncias também saem da moda

Houve uma época em que o perfume de violetas estava na moda e custava uma fortuna. Para produzir 1 kg de óleo essencial de violeta, era necessário coletar uma grande quantidade de flores.

No romance de 1880 de Émile Zola, Nana, é descrito que quando a personagem principal se torna verdadeiramente rica, ela perfuma toda a casa com violetas para demonstrar sua riqueza.

Hoje, o aroma da violeta já não é mais associado ao luxo, pois as fragrâncias sintéticas foram inventadas no século XX e tornaram-se acessíveis.

Confie em seus instintos

Evite borrifar o perfume incessantemente, pois isso não ajudará na busca da fragrância ideal e muito provavelmente poderá causar uma dor de cabeça. Se a procura por componentes do aroma não for conveniente, você pode confiar em seus outros sentidos e instintos. Alguns especialistas sugerem que é melhor pensar no perfume que você aprecia, por exemplo, se gosta de flores recém-colhidas, então considere notas de flores brancas.

Se preferir uma fragrância “quente”, considere o âmbar, embora seja um pouco difícil compreender que cheiro é exalado por essa resina.

Muitos profissionais em perfumaria ressaltam que cada perfume exala de uma determinada maneira em diferentes tipos de pele. Além disso, o aroma pode variar ao longo do dia. Portanto, é uma boa ideia obter conselhos de especialistas, encontrar um perfume que seja adequado para você e confiar nos seus instintos.

Como você costuma escolher um perfume? Deixe seu relato na seção de comentários!

Compartilhar este artigo