8 Peças de vestuário que elevam o visual, mas também podem estar arruinando nossa saúde

Muitos dizem que a beleza requer sacrifício. A boa notícia: os dias dos espartilhos vitorianos apertados, que causavam desmaio na melhor das hipóteses, e dos colarinhos rígidos, que cortavam o fluxo de ar, já acabaram. A má: hoje, há roupas e acessórios de vestuário muito populares, que também podem ser prejudiciais se usados com frequência.

Incrível.club decidiu descobrir as peças de guarda-roupa que, de fato, contribuem para o visual elegante, mas podem ser prejudiciais para a saúde se usadas sem precaução. Confira!

Calçados de bico fino

Calçados com bico muito fino podem ser tão perigosos quanto os saltos altos. Eles deixam pouco espaço para os dedos do pé, que ficam comprimidos em uma posição não natural. Dessa forma, o peso se acumula na frente do pé, o que pode gerar bolhas e até danos nos nervos entre os dedos.

Calçados acima do tamanho adequado

Muitas vezes, as estrelas de Hollywood usam calçados em um ou dois tamanhos acima do ideal para seus eventos. O motivo é para evitar bolhas e inchaço: o calçado não fica apertado e não atrapalha a circulação sanguínea. Porém, uma coisa é usar calçados assim uma ou duas vezes na vida; outra, é usá-los com frequência. Calçados grandes demais forçam a pessoa a mudar o andar: por conta do medo de eles saírem do pé, a tendência é pressionar os dedos ao andar, e isso pode levar a diversos problemas na sola, nos joanetes; e ainda afetar os joelhos, as costas e o pescoço após algum tempo. O uso frequente de calçados maiores que o seu tamanho também pode acarretar calos e feridas, especialmente no calcanhar.

Calçados de plástico

Os calçados de plástico transparente fazem parte da moda há muitos anos. O efeito visual é, realmente, bem chamativo e interessante, mas há alguns pontos negativos. Visto que tais materiais não permitem a passagem de ar, a umidade aumenta dentro do calçado, o que propicia um ambiente favorável ao crescimento de fungos e bactérias. Assim, os pés suam muito, o que também pode gerar bolhas rapidamente.

Sapatilhas de balé

A sapatilha não é um bom calçado para o uso frequente. Esse modelo não dá o apoio necessário ao arco natural do pé, o que pode causar muitos problemas nos joelhos e nas costas. Além disso, as sapatilhas de balé têm uma sola muito fina, o que faz com que os pés sintam cada pedrinha no chão. E, se por acaso, você pisar em algo afiado, há altos riscos de perfuração.

Joias pesadas

Brincos grandes e pesados podem ser lindos e luxuosos, mas têm uma desvantagem: há sempre o risco de acidentalmente enganchá-los em algo e rasgar o lóbulo da orelha. No mais, por conta do seu peso, eles esticam consideravelmente o lóbulo, o que pode causar um alongamento e envelhecimento precoce da pele.

Roupas íntimas corretivas

Com a ajuda de roupas íntimas corretivas, você pode não só obter uma silhueta mais demarcada, como também diminuir a cintura. Porém, cuidado: certos produtos, especialmente se não forem de boa qualidade, podem ser perigosos para a saúde. O problema mais comum que causam é a irritação da pele. Roupas íntimas muito apertadas, também, comprimem os nervos, o que pode levar a câimbras ou dormência. Se você tiver má circulação, tais roupas podem agravar a condição e fazer com que as pernas inchem.

Roupas justas

Roupas muito apertadas também não são a melhor escolha para usar no dia a dia e por um longo tempo. Podem irritar a pele e, consequentemente, causar infecções. Da mesma forma que as roupas íntimas corretivas, modelos muito justos atrapalham a circulação sanguínea e ainda podem levar a distúrbios gastrointestinais.

Calças de cintura alta

Calças e jeans justos, especialmente aqueles com cintura alta, podem causar alguns problemas de saúde. Por conta da pressão que exercem sobre o estômago, há riscos de gerar refluxo em algumas pessoas. Ao sentar, por exemplo, o cinto pode pressionar ainda mais a área da cintura. No mais, a coluna e os músculos precisarão estar constantemente em tensão, além de exercerem sua função mais lentamente, o que, eventualmente, pode acarretar dores nas costas.

E o que você tem no seu guarda-roupa dessa lista? Usa algum desses itens com frequência? Comente!

Compartilhar este artigo