Incrível
Incrível

15 Coisas que muitos provavelmente usam por mais tempo do que deveriam

Sabe-se que consumir produtos vencidos pode fazer mal à saúde. Porém, nem todos se dão conta de que deveriam trocar diversas coisas usadas diariamente com mais frequência do que estão acostumados.

Nós, do Incrível.club, fizemos uma pesquisa e descobrimos quais são os 15 itens que normalmente demoramos muito para descartar, e isso pode prejudicar o nosso bem-estar. Confira!

Máscara de cílios

Os cosméticos para os olhos em geral têm a validade mais curta. O aplicador de máscara de cílios acumula bactérias dos próprios cílios, que se multiplicam a cada aplicação do produto. Para evitar infecção, os especialistas aconselham a trocar o rímel a cada três meses.

Base para maquiagem

prazo médio de validade de uma base em tubo é de cerca de um ano, levando em conta as condições de armazenamento e a composição de cada produto. Já uma base em frasco deve ser descartada após seis meses de uso, uma vez que, aplicada com uma esponja ou com os dedos, ela acumula germes e pode causar acne, entre outras implicações.

Elásticos de cabelo

O elástico de cabelo revestido em tecido pode danificar a estrutura capilar quando usado por muito tempo. Se o elástico ficar um pouco esticado ou deformado, ele pode grudar no cabelo e romper os fios.

Lenços umedecidos

Em uma embalagem aberta, os lenços umedecidos desinfetantes podem ser guardados por até cinco meses. Depois desse período, eles perdem suas propriedades antibacterianas. Armazenar esse produto de forma errada diminui ainda mais a sua validade. Além disso, o calor e o frio eliminam os conservantes presentes nele, provocando mofo.

Produtos para lavar roupas

Em um frasco aberto, o sabão líquido para lavar roupas mantém suas propriedades por seis meses. Já o sabão em pó pode durar muito mais tempo se for deixado em um lugar seco. Pois, caso seja exposto à umidade, ele tende a formar pelotas e a perde sua eficácia.

Escova de banheiro

Escondido no banheiro, é um produto que pode ser usado por anos. Porém, não é possível matar todas as bactérias acumuladas na escova, mesmo limpando-a semanalmente, o que reduz a sua eficácia. Portanto, é preciso trocá-la quando as cerdas ficarem deformadas ou amareladas.

Cortina de banheiro

A cortina de banheiro também fica suja com o tempo e até pode desenvolver mofo. É recomendável lavá-la pelo menos uma vez por mês e trocá-la após um ano de uso.

Brinquedos de borracha usados durante o banho

Esses brinquedos devem ser trocados a cada dois ou três meses. O fato é que o interior deles fica mofado e acaba colocando em risco a saúde da criança. Para prolongar a sua vida útil, enxágue-os com uma mistura de água fervente com detergente após cada banho. Você também pode usar cola para tapar os buracos dos brinquedos e assim evitar que a água entre neles.

Frigideira de teflon

A frigideira antiaderente tem curta duração — de dois a três anos. Depois disso, ela deve ser trocada, mesmo se o revestimento parecer intacto. O uso contínuo desse utensílio pode ser prejudicial à saúde, pois o teflon pode libertar até seis gases tóxicos.

Pincel de silicone de cozinha

O silicone é resistente ao calor, mas pode começar a se deteriorar quando exposto regularmente a altas temperaturas. Sendo um material bastante macio, ele pode sofrer danos mecânicos durante o processo de cozimento. Para evitar que as partículas de silicone caiam na comida, recomenda-se trocar esse utensílio doméstico a cada dois anos.

Ralador e fatiador de legumes

Ao limpar o ralador, sempre sobra algum resíduo, fazendo com que eliminar todos os micróbios seja extremamente difícil. Além disso, as lâminas ficam cegas com o tempo e o utensílio se torna menos eficaz. O estado e o material do ralador influenciam no prazo de validade, mas é melhor trocá-lo depois de três ou quatro anos de uso.

Esponja de lavar louça

É de conhecimento geral que a esponja de espuma acumula bactérias e até mesmo fungos. As esponjas com fibras pequenas devem ser substituídas com frequência, de preferência toda semana, e as esponjas com fibras grandes, a cada duas semanas. Estas últimas permitem a passagem de ar pelo seu interior e por isso secam mais rápido.

Roupa íntima

É aconselhável descartar a roupa íntima após um ano de uso regular. Acontece que ela pode abrigar várias bactérias, como a Escherichia coli, mesmo depois de lavada. Normalmente, isso não leva a sérios problemas de saúde, mas renovar a roupa íntima pelo menos uma vez por ano é uma questão de higiene. A mesma regra se aplica às tangas, mas, sendo uma peça que fica bem ajustada às partes íntimas, ela deve ser trocada com ainda mais frequência.

Absorventes

Os absorventes também têm data de validade (geralmente de dois a três anos), indicada na embalagem pelos fabricantes. Portanto, é melhor guardar esses produtos de higiene pessoal por dois anos no máximo, para impedir a proliferação de bolor e bactérias. Manter absorventes no banheiro pode reduzir significativamente sua vida útil, pois esses produtos absorvem facilmente a umidade, estimulando o crescimento de germes.

Lâmina de barbear

As lâminas de barbear devem ser trocadas com mais frequência do que a maioria das pessoas está acostumada. Por exemplo, os fabricantes da marca Gillette Venus aconselham as mulheres que se depilam diariamente a substituir a lâmina depois de uma ou duas semanas de uso. Quem costuma usar o aparelho de barbear apenas algumas vezes por semana pode trocá-la a cada quatro ou seis semanas. Pois, usar uma lâmina cega pode causar irritação, cortes e pelos encravados.

Por quanto tempo você costuma guardar e usar as coisas listadas acima? Quais outros produtos acrescentaria à nossa lista? Comente!

Incrível/Dicas/15 Coisas que muitos provavelmente usam por mais tempo do que deveriam
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos