Incrível
Incrível

14 Dicas preciosas para congelar comida e não desperdiçar nada

O congelamento de alimentos é uma “mão na roda” quando pensamos também em não jogar fora nada que possamos usar na cozinha. Mas muitos ainda têm o preconceito de acreditar que a comida congelada é sem sabor e sem nutrientes.

Para acabar com esse mal-entendido, o Incrivel.club vai listar dicas infalíveis para o seu congelado dar certo de uma vez por todas.

14. Alguns alimentos não servem para congelar

Alimentos como batata e ovo cozidos, chantilly, maionese, iogurte, cremes à base de amido de milho, creme de leite, gelatina, frituras e vegetais que se deseja consumir sem cozimento. Esses infelizmente perdem textura, sabor e algumas propriedades.

13. Para o alimento não escurecer

Há uma maneira bastante simples de evitar que brócolis, couve flor e outros legumes que podem ser cozidos escureçam quando congelados. Lave-os e coloque os em água quente. Quando a água começar a ferver, tire e coloque imediatamente em água gelada ou com gelo por dois minutos. Daí, basta escorrer e colocar em saquinhos e congelar. Eles podem ficar congelados por até três meses e manterão, além de uma cor mais apetitosa, seu aroma e sabor.

12. Faça polpa caseira

As polpas vendidas em supermercados são caras e você pode fazer parecido em casa. Corte a fruta ou bata e congele em pequenas porções, para ir usando sempre que precisar. A polpa batida pode ser congelada em formas de gelo e usada em porções grandes ou individuais.

11. O descongelamento deve ser lento

É recomendado que o descongelamento seja lento, dentro da geladeira e horas antes de usar. Em último caso use micro-ondas e nunca deixe fora da geladeira, na bancada da pia por exemplo. A temperatura ambiente pode estragar a comida e fazer mal à saúde.

10. Congelando as sobras

Sabe aquela comida que sobrou? Congele em pequenas porções para usar naquela hora que dá uma fominha fora de hora ou para uma refeição rápida. Não é preciso jogar fora; apenas retire os ingredientes que possam ficar com gosto ruim, como batata cozida por exemplo.

9. Use o recipiente certo

Não há problema nenhum em usar recipientes de vidro para congelar alimentos. Apenas tome o cuidado de evitar encher muito para que na hora da expansão por conta do congelamento a vasilha não estoure. Também evite retirar do congelador e levar direto ao micro-ondas para descongelar; eles podem rachar pela mudança brusca de temperatura.

Já se você optar por recipientes plásticos, procure os que tem o símbolo que indica que podem ir ao freezer. Também fique atento ao símbolo que mostra que podem ir ao micro-ondas, caso seja seu objetivo descongelar rapidamente. Algumas embalagens não são adaptadas e podem ser tóxicas. Preste atenção também na data de validade dessas embalagens.

8. Marque tudo com etiquetas

Todos os alimentos congelados têm uma data de validade que deve ser observada e anotada. Tenha em mente os prazos de validade de cada tipo de alimento:

  • Pescados e aves cruas: 12 meses
  • Carne bovina e suína cruas: 18 meses
  • Carne moída: 8 meses
  • Salsichas: 10 meses
  • Sopas, cremes e purês: 8 meses
  • Alimentos cozidos: 6 meses
  • Vegetais em geral: 12 meses
  • Pão: 12 meses
  • Frutas: 9 meses.

7. Não guarde comida quente

Na geladeira ou no freezer, evite congelar comida muito quente; na hora de congelar elas vão acumular água que pode deixar um sabor não tão agradável depois de descongeladas. Deixe esfriar um pouco, mas não muito; o ideal é pelo menos morna.

6. Pratos prontos

congelamento amacia os alimentos, então cozinhe por menos tempo antes de colocar no freezer. Se possível, utilize o processo de branqueamento indicado para vegetais. Porcione os alimentos para evitar que eles voltem ao congelamento ou sejam desperdiçados. Não encha o recipiente, mesmo que seja de plástico. Consuma o alimento em até 24 horas depois de descongelado.

5. Carnes

Por serem altamente perecíveis, precisam de cuidados extras na compra, transporte, cozimento e congelamento. As carnes embaladas a vácuo devem ser congeladas na embalagem. Já as compradas porcionadas devem ficar em embalagens plásticas para esse fim. Não esqueça de, se abrir a peça, porcionar e colocar a data de validade.

4. Massas

As massas cruas devem ser embaladas duplamente para não ressecarem. Raviólis e capeletes devem ser embalados em recipientes plásticos.

As lasanhas podem ser congeladas com molho branco ou de tomate. Para as demais, o ideal é que sejam fracionadas e separadas dos molhos.

3. Alimentos da estação

Não é segredo para ninguém que, durante a temporada de certas frutas, verduras e legumes, o preço cai. E, claro essa é uma excelente oportunidade para encher o freezer. As frutas, por exemplo, podem ser batidas em polpa ou cortadas em pedaços e congeladas para que você possa aproveitá-las o ano todo: morangos, manga, goiaba, beterraba, cenoura, melão, pêssego, mandioca, jaca, abacaxi, tangerina...outra vantagem de comprar os vegetais da estação é que durante esse período, eles tendem a ser mais saudáveis que na entressafra.

2. Descongelamento

Para descongelar alimentos temos de ter tanta atenção quanto para congelar. O preferível é descongelar dentro da geladeira; caso tenha pressa, você pode mergulhar o alimento ainda embalado em água e deixar na geladeira. Caso o descongelamento seja no micro-ondas, é importante ficar atento ao peso e tempo adequados. As polpas podem ser batidas congeladas mesmo, com água ou leite caso sejam tomadas na hora.

1. Outras dicas úteis

Para terminar, temos algumas dicas super úteis:

  • Congele nas fôrmas de gelo ervas frescas picadas e azeite. Use nos refogados
  • Congele uvas para gelar bebidas em geral, evitando que fiquem aguadas com o gelo derretido
  • Coloque alho descascado em óleo em uma vasilha ou em formas de gelo e use de acordo com sua necessidade
  • É possível fazer o mesmo com alho
  • Temperos verdes podem ser lavados e compactados em recipientes; na hora de usar é só raspar com a colher e usar
  • Congele talos, cascas e folhas: bata no liquidificador e coloque em sopas ou no feijão para engrossar e deixar mais nutritivo
  • Cozinhe batata ou mandioca: faça o branqueamento (como com o brócoli). Na hora de fritar, você pode colocar direto no óleo quente.

Gostou das dicas? Alguma delas você já fez e deu certo? Conte para nós.

Imagem de capa pixel2013 / pixabay
Incrível/Dicas/14 Dicas preciosas para congelar comida e não desperdiçar nada
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos