Incrível

13 Duras lições de estilo que Kate Middleton aprendeu como duquesa

6-84
84k

A Grã-Bretanha é um dos poucos países que conseguiu preservar sua monarquia durante séculos. Isso foi possível, entre outras coisas, pela lealdade à tradição. E requisitos especiais para o padrão de vestimenta e porte dos membros da realeza fazem parte dessas tradições. Portanto, Catherine (Kate), Duquesa de Cambridge, sendo a esposa do herdeiro do trono, está no centro das atenções da mídia mundial e das pessoas comuns. Hoje, Kate Middleton é um exemplo de elegância, e tanto seu comportamento como a forma de se vestir parecem estar sempre impecáveis, mas nem sempre foi assim.

Incrível.club admira o estilo feminino da duquesa e recorda as lições de moda que ela teve de aprender. Nós não estamos dizendo que cada um deve ter um assistente pessoal de estilo, como é oferecido para a realeza. Basta anotar algumas dicas de moda do elegante arsenal de Kate.

Não confiar em si mesma — contrate um estilista

Quando você é o seu próprio estilista

Quando você tem a ajuda de um estilista

Em 2016, a duquesa de Cambridge estrelou na capa da revista Vogue (foto acima). A própria Kate criou essa imagem de uma garota simples com roupas cotidianas, abandonando os serviços dos estilistas. Infelizmente, essa imagem foi bastante criticada pelo público — foi considerada simplista demais para uma duquesa. Ela não ousou novamente com experimentos similares e preferiu cooperar com profissionais experientes.

Em abril de 2019, soube-se que a estilista permanente de Kate Middleton, Natasha Archer, entrou em licença maternidade, e seu lugar é agora ocupado por Virginia Chadwick Healy. A futura duquesa conheceu Virginia em seus anos de estudante: ambas estudaram História da Arte na Universidade de St. Andrews, na Escócia. Graças à colaboração com a nova estilista, o guarda-roupa da Kate tornou-se ainda mais moderno e espetacular.

Introduzir novas tendências no seu guarda-roupa com cuidado e dosagem

A duquesa é o “rosto” da monarquia britânica, assim como será a representação da futura realeza. Ela não pode se dar ao luxo de estar muito na moda, esquecendo das tradições históricas. Ao contrário, por exemplo, de Megan Markle, cujo marido ocupa apenas o sexto lugar na fila para o trono.

Todas as imagens da Kate são limitadas pelos valores tradicionais britânicos, que são atemporais e não necessariamente seguem a moda do momento. Só é possível adicionar toques de modernidade, cuidadosamente, aos looks. Portanto, podemos ver a Duquesa em trajes com ombros levemente à mostra ou em vestidos drapeados, mas nunca em collants de leopardo, jaquetas bomber ou oversized.

Livrar-se das coisas velhas

Quando Kate estava apenas se acostumando com seu status de duquesa e como a nova membra da família real britânica, ela foi repetidamente vista usando botas de camurça, que aparentavam estar desgastadas. Ninguém deve usar roupas que tenham aparência de velhas, mas essa dica é ainda mais relevante para uma duquesa, que atrai a atenção de milhares de pessoas.

Comprar peças que “deram certo” em vários exemplares

Para evitar o problema descrito no parágrafo anterior, a duquesa de Cambridge compra suas coisas favoritas em várias cópias, mas muitas vezes somente em cores diferentes. Como aconteceu, por exemplo, com o vestido da marca Alexander McQueen: a duquesa apareceu com o mesmo vestido várias vezes, porém, em cores diferentes.

Escolher saias de comprimento apropriado

Tornando-se uma duquesa, Kate, por hábito, continuou a escolher roupas consideravelmente curtas, no que ela recebeu advertências da rainha Elizabeth II. Com o tempo, ela e seus estilistas revisaram o comprimento ideal de uma saia. O comprimento elegante estipulado permite que ela fique dentro da estrutura do estilo real conservador, sem o medo de possivelmente cair em situações constrangedoras por causa da roupa.

Evitar silhuetas “reveladoras” em dias de ventania

A linda Kate certamente tem pernas muito bonitas, mas o efeito “Marilyn Monroe” não é compatível com o código de vestimenta real. É por isso que, hoje, as saias de Kate têm pesos especiais na bainha para que nenhuma rajada de vento possa afetar a reputação da realeza.

Adaptar as roupas às regras de vestuário britânicas

Quase tudo é permitido na passarela. Mas o caso não é o mesmo quando nos referimos aos representantes da família real britânica. Portanto, as roupas de grife devem ser alteradas de acordo com os “requisitos do protocolo”. Dependendo da peça específica do guarda-roupa, o comprimento do item ou o formato da manga, assim como a transparência do tecido e a profundidade do decote podem ser “corrigidos” para que se adequem ao estilo da monarquia.

Nunca se esquecer da elegância diplomática

Durante visitas a outros países, os especialistas do “protocolo real” pensam em todas as nuances do guarda-roupa até os mais ínfimos detalhes. Por isso que, durante um passeio ao Canadá, a duquesa foi vestida com as cores vermelha e branca da bandeira canadense, e o chapéu estava decorado com folhas de bordo (“Maple Leaf”, em Inglês) — o símbolo do país.

E para visitar os bairros pobres de Nova Déli, a escolha foi de um vestido no estilo típico indiano, que custou apenas 50 libras britânicas (cerca de 250 reais). A arte da moda diplomática não é importante somente para figuras públicas: ao escolher uma roupa, deve-se pensar em como ela é apropriada para uma determinada situação.

Usar casaco como um segundo vestido

O casaco é peça essencial do guarda-roupa para aqueles que vivem em um país com o mesmo clima que o Reino Unido. E se você é uma duquesa, é preciso, então, pensar não só no calor mas também na estética. Um casaco que se assemelhe, portanto, a um vestido em sua silhueta, é a solução ideal para combinar conforto e a estética feminina.

Mas isso não é válido somente para a duquesa ou aos ingleses. Os moradores de países da mesma zona climática, com longos invernos e períodos de frio entre estações, se beneficiariam também dessa dica de moda. Claro que para quem mora em países tropicais, como o Brasil, essa realidade é um pouco distante.

Não ter medo de ousar com cores vibrantes (a menos que, é claro, a rainha esteja perto)

Kate aprendeu isso diretamente com a rainha Elizabeth II. Um monarca deve estar vestido com cores vibrantes para se destacar na multidão. E Kate, sendo a futura rainha do império, tem de se habituar a se vestir de forma cativante e notável já nos dias de hoje. Ainda quando era namorada do príncipe William, ela escolhia roupas com cores mais ofuscadas e suaves. Após o casamento, no entanto, o número de itens de coloração radiante em seu guarda-roupa aumentou consideravelmente.

No entanto, se Elizabeth II estiver presente no evento, Kate deve escolher roupas em tons pastel ou mais escuros. De acordo com o protocolo, não é permitido se sobressair mais que a rainha.

Experimentar novos chapéus

Usar chapéus elegantes é um tributo à rigorosa tradição e código de vestimenta britânico. Mas Kate conseguiu fazer dessa tradição sua marca registrada: um olhar muito elegante e nobre acompanhado de pequenos e fascinantes chapéus. E as amadas largas tiaras de Kate, cobertas com seda ou veludo, são outra variação do que se espera para os acessórios usados na cabeça.

E aqui a duquesa tornou-se uma influenciadora de novas tendências: com sua forma sutil de usar os acessórios, as tiaras apareceram nas últimas coleções de designers famosos, nas ruas das cidades e se tornaram verdadeiros itens da moda. Dessa forma, mesmo o estilo bastante conservador da duquesa pode influenciar nas tendências mundiais.

Para saídas à noite, usar vestidos longos e esvoaçantes

À noite, a duquesa prefere tons pastéis suaves e vestidos longos que sejam feitos de tecidos “soltinhos”, como o chiffon. O resultado é uma imagem tão feminina e sofisticada que fica difícil não admirá-la.

Foi assim que sua aparição em fevereiro de 2019 na cerimônia de premiação da British Academy of Film and Television Arts (BAFTA) causou um grande impacto. Ela estava ao lado do príncipe William em um vestido longo e branco de Alexander McQueen (foto à esquerda). Ela estava deslumbrante, não é mesmo?

Lembrar-se sempre que é uma princesa e que todos os olhos estão em você

Depois de passar anos constantemente sob os holofotes, Kate Middleton percebeu que não se deve nunca perder a compostura, independentemente se estiver em um evento esportivo, num passeio em família ou algumas horas depois do parto. As princesas não têm dias de folga ou fins de semana. Portanto, mesmo o mais insignificante deslize de moda será motivo de grande atenção da mídia mundial e nas redes sociais.

E que lições de moda da Kate você já tentou ou gostaria de experimentar? Quais são as outras referências de moda que você normalmente segue? Comente!

6-84
84k