Incrível
Incrível

11 Comportamentos que podem ser sintomas do Alzheimer

O Mal de Alzheimer é uma das doenças mais assustadores de que temos conhecimento. Mas um diagnóstico prematuro é crucial para melhorar a vida dos pacientes. Reconhecer determinados sinais a tempo pode ser possível quando conhecemos um conjunto de regras simples que indicam o possível desenvolvimento de sintomas no futuro.

Por isso, o Incrível.club compilou 11 características do comportamento humano que possuem ligação com o mal de Alzheimer, diferenciando-os de sinais de estresse e de mudanças decorrentes da idade, com os quais nós não devemos nos preocupar.

Na dúvida, procure imediatamente um especialista.

11. Dificuldades para planejar, resolver charadas e trabalhar com números

A pessoa fica com dificuldades na hora de se concentrar para planejar e trabalhar com números. Não consegue seguir uma receita conhecida passo a passo, calcular gastos mensais e determinar quanto tempo certa atividade leva para ser concluída.

Não há motivos para preocupação: caso se perca na hora de calcular o valor da gorjeta. A maioria das pessoas não é costuma fazer isso de cabeça.

10. Tarefas domésticas cotidianas e profissionais ficam difíceis de serem cumpridas, requerendo esforços cada vez maiores

Pacientes com Alzheimer raramente levam uma vida normal. Às vezes, a pessoa pode se perder nas ruas, tentando voltar para casa por um caminho que parece familiar. Ou ainda pode esquecer as regras de seu jogo favorito, por exemplo.

Não há motivos para preocupação: caso você não consiga se adaptar rapidamente a um novo dispositivo ou precise de ajuda para configurar a nova TV.

9. Aumenta a sensação de ansiedade e surgem sintomas próprios da depressão

A ansiedade é um sintoma de depressão, e possível sinal prematuro do mal de Alzheimer. Uma crescente sensação de ansiedade é associada ao aumento dos níveis de beta-amiloide no cérebro e ao surgimento de placas amiloides que se formam na região em pessoas que sofrem de Alzheimer de forma progressiva, levando à demência.

Não há motivos para preocupação: caso tenha uma sensação de "esgotamento". Questões rotineiras podem provocar o aparecimento de ansiedade... Talvez esteja na hora de tirar umas férias.

8. Perder a noção do tempo e não conseguir determinar a própria localização

Pacientes com mal de Alzheimer perdem a noção do tempo: têm dificuldades para acompanhar os dias da semana, a época do ano ou determinado período de tempo. Raramente percebem a diferença entre meia hora e várias horas, mas percebem fortemente o que acontece agora mesmo. Frequentemente esquecem como chegaram a determinado local.

Não há motivos para preocupação: se, no meio das tão desejadas férias, acordar sem saber de imediato qual o dia da semana ou onde está.

7. Alterações na percepção de imagens e nas relações entre espaço e objetos

Para algumas pessoas, os problemas com visão podem ser um sintoma prematuro do mal de Alzheimer: fica difícil ler, se concentrar no texto, avaliar distâncias e distinguir cores.

Não se preocupe, mas é bom procurar um médico: pode ser um processo natural ligado à idade. Mas se notar um problema desse tipo, marque consulta com um especialista.

6. Aparecem problemas com linguagem e comunicação

Os sintomas do mal de Alzheimer se manifestam na forma como a pessoa se comunica: pausas e paradas repentinas no meio de uma conversa, dificuldade para retomar uma história ou então repetir a mesma coisa várias vezes, esquecendo que já tinha contado aquilo. É importante prestar atenção ao vocabulário, especialmente se a pessoa começar a usar palavras erradas ou inventadas.

Não há motivos para preocupação: se você conhece uma palavra, mas não consegue lembrar dela em determinado momento, relembrando mais tarde ou com a ajuda de terceiros. Normal.

5. Perder coisas com frequência. A pessoa não consegue recordar a sequência das próprias ações

Pacientes com mal de Alzheimer costumam deixar as coisas em lugares incomuns, perdem objetos e são incapazes de lembrar em que sequência realizaram determinadas ações. Por isso, passam a acreditar que estão sendo roubadas.

Não há motivos para preocupação: caso perca algo, mas consiga lembrar o que fez antes disso e onde viu o objeto pela última vez. Também está tudo bem se gostar de guardar as coisas em lugares estranhos, irritando-se quando os outros não as colocam no mesmo local.

4. Perda de interesse pelo trabalho, pelo lazer e vida social

Por conta do Alzheimer, as pessoas vão aos poucos abandonando suas atividades habituais, passatempos, esportes e interesses culturais: esquecem os jogos do time de coração, evitam reuniões com amigos, faltam aos treinos que antes nunca perdiam ou abandonam passatempos antigos sem motivo aparente.

Não se preocupe seriamente: caso se sinta cansado do trabalho, das coisas habituais e das pessoas ao seu redor de vez em quando.

Aqui, a dica também é tirar uns dias de folga.

3. Mudanças no humor e no comportamento

O humor e a personalidade das pessoas que sofrem com mal de Alzheimer podem variar muito, e sem razão aparente. Repentinamente, ficam envergonhadas, desconfiadas, deprimidas, assustadas e ansiosas, sentido-se frustradas pelos menores motivos.

Não se preocupe: caso já tenha hábitos desenvolvidos, se incomodando quando algo sai do caminho previamente estabelecido.

2. Dificuldades para emitir juízos de valor e fazer comparações

Para uma pessoa com mal de Alzheimer, avaliar as consequêncas das decisões tomadas pode ser um problema. Em outras palavras, o paciente passa a achar difícil comparar o preço de um produto com seu valor real, tornando-se presa fácil para golpistas.

As dificuldades de avaliação também afetam a aparência do paciente: a pessoa deixa de cuidar de si, abandonando hábitos básicos de higiene.

Não se preocupe: se cometer erros de vez em quando, desde que cedo ou tarde você perceba como é possível evitá-los no futuro. Não se preocupe se, de repente, gastar mais do que o planejado comprando, por exemplo, o vestido dos seus sonhos ou pagando a conta de um amigo no bar.

1. A memória passa a falhar com frequência; pernas e braços "esquecem" de suas funções habituais

Outro claro sinal do mal de Alzheimer é o transtorno no funcionamento da memória, passando a ficar cada vez mais complicado memorizar e assimilar novas informações. Ao mesmo tempo, habilidades adquiridas há tempos vão se perdendo: a capacidade de andar e bicicleta, tecer, desenhar e afins.

Não se preocupe: caso, às vezes, esqueça os nomes de pessoas pouco conhecidas, de uma reunião marcada ou de como andar de patins mesmo tendo patinado durante anos.

O que é considerado normal em pessoas com idade avançada?

  • De vez em quando, esquecer de algo por um tempo.
  • Confundir nomes de pessoas às vezes.
  • Ter ocasionais dificuldades na escolha de palavras ou para descrever algo.
  • Esquecer o dia do mês ou da semana.
  • Ter uma reação tardia e lenta.
  • Precisar de mais tempo que antes para assimilar novos conhecimentos, habilidades ou executar tarefas complexas.
Imagem de capa depositphotos
Incrível/Dicas/11 Comportamentos que podem ser sintomas do Alzheimer
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos