Incrível
Incrível

11 Coisas que fazemos em lojas e supermercados para parecermos educados, mas que deveríamos parar de fazer

Segundo uma pesquisa recente, em geral, as gerações X e Z preferem fazer compras em lojas físicas e não nas virtuais, diferentemente dos millennials, que não veem muita diferença nas duas modalidades. De qualquer forma, muitos clientes criam uma espécie de fidelidade com suas lojas e supermercados preferidos e, por isso, sentem necessidade de mostrar comportamentos amigáveis e educados com os funcionários. No entanto, existem algumas situações em que a amabilidade nem sempre é recebida da forma como os clientes esperam; na verdade, ela causa o efeito oposto.

Pensando nisso, o Incrível.club listou algumas situações em que é melhor ser cauteloso com alguns comportamentos e expressões para não deixar os funcionários constrangidos ou incomodados.

1. Dobrar ou guardar a roupa

Normalmente, as roupas ficam perfeitamente dobradas e organizadas nas lojas. Embora o ideal seja tocar o mínimo possível nelas, às vezes é preciso pegar uma malha ou uma camiseta para sentir o tecido, ver o tamanho e entender a qualidade e a cor da peça.

O problema é que muitos clientes decidem dobrar e guardar as roupas nas estantes, e isso nem sempre é uma boa ideia. O que a maioria das pessoas não sabe é que as lojas têm algumas regras para organizar seus produtos, e elas são apenas de conhecimento de quem trabalha no local.

Ou seja, o melhor é colocar as peças de roupa sobre alguma prateleira ou entregá-las diretamente a um funcionário para que ele dobre e recoloque tudo no seu devido lugar.

2. Ajudar a guardar os carrinhos de supermercado

Muitos clientes decidem devolver os carrinhos de supermercado que usaram levando de volta ao lugar onde estavam. O problema aparece quando as pessoas decidem pegar mais de um carrinho ao mesmo tempo, o que pode ser muito perigoso, já que é fácil perder o controle e riscar os carros que estão no caminho.

Para evitar esse problema, o ideal é deixá-los no estacionamento para que os funcionários os reorganizem da maneira deles.

3. Contar dinheiro no caixa

Outra situação que pode ser incômoda é quando o cliente quer pagar com dinheiro vivo ou com moedas, coloca a quantia sobre o mostrador e começa a fazer contas em voz alta. Além de desnecessário, uma vez que a pessoa que trabalha no caixa deverá contar o dinheiro de novo de qualquer maneira, essa situação pode incomodar os outros clientes que estão esperando na fila.

4. Subir nas prateleiras

As prateleiras dos supermercados têm uma infinidade de produtos que vão do chão até os lugares mais altos. Alguns produtos não são fáceis de alcançar porque ficam em locais realmente muito altos. Quando isso acontece, muitos clientes decidem não pedir ajuda aos funcionários, em geral porque não querem incomodá-los.

No entanto, antes de subir em uma estante para alcançar o produto mais acima, é melhor pedir ajuda para um trabalhador e ver se ele pode trazer uma escada, evitando assim acidentes com pessoas e com produtos.

5. Abastecer as prateleiras

Muitos clientes gostam de ajudar os funcionários e arrumam e repõem produtos nas gôndolas. Em alguns casos, chegam a dar um toque pessoal à organização. Esse é outro hábito que deveria ser evitado.

Os supermercados têm formas específicas para exibir seus produtos, de modo a deixar a exposição mais chamativa aos potenciais compradores. Nesse sentido, as pessoas que pensam que estão ajudando os funcionários estão na verdade complicando suas vidas, já que eles precisarão arrumar tudo de novo.

6. Acelerar o autopagamento

A utilização de sistemas de autopagamento é uma forma de acelerar o processo de compra e diminuir as filas. Contudo, é importante que as pessoas não tenham pressa na hora de finalizar suas compras.

O que ocorre é que muitas vezes é necessário que um funcionário verifique alguns artigos, valide a forma de pagamento para continuar ou corrija algum erro que cometemos por conta da pressa. Por isso, o melhor é fazer tudo no seu tempo, sempre seguindo as instruções.

7. Pensar que os funcionários sabem qual é a fruta da temporada

Embora os funcionários dos supermercados arrumem as gôndolas de frutas e verduras, eles não necessariamente sabem quais são as frutas da temporada, e tampouco precisam saber quais estão mais ou menos doces. O ideal aqui é que o cliente pesquise tudo o que quer saber antes de ir ao supermercado.

8. Juntar várias frutas ou verduras para economizar sacos plásticos

Cada produto em um supermercado tem um código de identificação. Por isso, é importante que cada fruta e verdura seja colocada em um saco diferente ou em nenhum saco. Um bom exemplo é a maçã: a maçã vermelha tem um código e a verde tem outro. Se ambas forem colocadas juntas, o trabalho do atendente será muito maior.

9. Não verificar o preço no leitor de código de barras

Outro hábito bastante comum é ir até o caixa para consultar o preço de um produto sem antes tentar os leitores de código de barras que ficam espalhados nos corredores. Essa máquina foi desenhada para melhorar a experiência de compra do cliente e economizar tempo. Além disso, ela evita que o atendente do caixa tenha de interromper seu trabalho para passar o código de um produto e ver o seu preço.

10. Falar ao telefone no caixa

Hoje em dia, as pessoas passam horas no celular, e isso acontece também na fila do supermercado, sobretudo quando esperamos a nossa vez de pagar. Contudo, o ideal é encerrar a ligação na hora de pagar e prestar atenção no que está acontecendo. Dessa forma, o processo fica mais ágil e as pessoas que estão na fila não sentem que estão perdendo tempo.

11. Falar mais do que o necessário com os funcionários

É muito comum o cliente perguntar aos funcionários detalhes sobre produtos e pedir ajuda para uma ou outra coisa, mas isso não significa que ele pode falar durante bastante tempo com quem está trabalhando. Os atendentes têm coisas para resolver e se algum supervisor vê um funcionário conversando durante muito tempo, pode chamar a atenção dele.

Você conhece alguma outra coisa que os clientes costumam fazer e que deveria entrar nessa lista? Já viveu alguma situação incômoda quando estava em uma loja ou em um supermercado por culpa de outro consumidor? Conte a sua história nos comentários.

Incrível/Dicas/11 Coisas que fazemos em lojas e supermercados para parecermos educados, mas que deveríamos parar de fazer
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos