Incrível

Por que as tias são tão importantes quanto as mães para criar meninas

Você se considera uma tia coruja? Então saiba que seu papel é muito importante na vida da sua sobrinha. Em uma entrevista recente ao podcast Parental As Everything, o especialista em paternidade, Steve Biddulph, disse que as tias são tão importantes quanto as mães na criação de meninas. Afinal, são elas que ajudam as garotas a passarem por fases frustrantes da puberdade e são aquele “ombro amigo” quando a pressão social parece forte demais.

A seguir, o Incrível.club explicará melhor este lado “melhor amiga” que as tias desempenham e dará outros motivos para provar por que este laço é tão importante. Acompanhe!

Tias são as “melhores amigas”

Passar pelas frustrações da puberdade não é nada fácil, por isso, as tias podem desempenhar um papel de “melhores amigas” nessa época. As meninas podem se sentir constrangidas de falar sobre certos temas “delicados”, típicos da adolescência, com os pais. E é justamente aí que entra a tia.

Nessa idade, as meninas precisam de alguém para ouvi-las e necessitam se sentir totalmente confortáveis com essa pessoa. A figura da tia surge, então, como uma fonte experiente de sabedoria e acolhimento.

Tias servem como um modelo positivo

As tias podem servir de modelo para meninas e acabam se tornando uma figura positiva na vida delas. Ao servirem de “espelho”, as tias podem ajudar as sobrinhas a se desenvolverem.

Elas ajudam a criar novos hobbies, a influenciar a forma como se vestem e, até mesmo, a mostrar todo um novo jeito de enxergar a vida.

As tias guardam as melhores lembranças das mães e dos pais

Sabe aquela memória constrangedora que os pais fingem ter esquecido só para que os filhos não saibam? A tia lembra de tudo! Pode apostar, elas são perfeitas para revelar o passado dos pais.

No caso das meninas, as tias podem lembrar o quanto as mães já passaram por situações difíceis e semelhantes durante a puberdade. Mesmo que a mãe não queira contar, a tia pode revelar tudo e, quem sabe, isso ajude a sobrinha a se sentir mais acolhida e menos solitária. Afinal, que mulher não passa por momentos delicados e cheios de dúvidas durante a adolescência e juventude?

Tias são mediadoras

Como conhecem o contexto familiar e não estão no “núcleo duro” da família, as tias conseguem ter uma visão mais ampla de possíveis confusões.

As tias podem atuar como excelentes mediadoras quando há um conflito entre gerações, já que elas têm uma visão mais ampla sobre a situação e podem dar conselhos imparciais.

As tias são amigas para o que der e vier

Já falamos o quanto as tias podem se tornar melhores amigas das meninas. Mas, como família tem um laço tão importante, é possível que essa conexão seja incondicional. Ou seja, não importa o que aconteça, sua tia ficará ao seu lado — sem julgamentos e com um coração cheio de amor para dar.

Se você tem a honra de ser uma tia coruja, compartilhe seu orgulho por sua sobrinha nos comentários. Adoraríamos ver uma foto que demonstre bem o vínculo especial entre vocês!