Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Relatos sobre como é crescer tendo pais mais velhos

Para os pais, os filhos são eternas crianças que precisam de cuidado. E acredite, não importa a idade, uma mãe sempre vai se preocupar se seu filho está comendo bem ou quando ele pega um resfriado. No entanto, conforme vão envelhecendo, são os próprios pais que começam a necessitar de cuidados, pois muitas vezes já não têm mais a mesma energia ou saúde de antigamente. Mas como é crescer tendo pais com uma idade já um pouco avançada?

Nós, do Incrível.club, lemos histórias muito honestas sobre as alegrias e tristezas da infância de crianças cujos pais já tinham uma idade mais avançada, e estamos prontos para compartilhá-las com você. Acompanhe!

  • Quando nasci, a minha mãe tinha 36 anos e o meu pai 48. Por isso desenvolvi um complexo terrível quando criança. Pensava que era neta, e não a filha deles. Agora eles têm 60 e 72 anos, e quando encontramos seus velhos amigos, estes olham para meus pais em choque e perguntam se os dois passaram os últimos 20 anos dentro de um congelador. E meus pais apenas riem disso. Meu pai ainda tem os cabelos pretos e minha mãe tem uma forma física de dar inveja. Eu sei que o segredo deles é que são jovens de alma, e o corpo é apenas um reflexo disso. © “Ouvido” / Ideer
  • Minha mãe tinha 41 anos e, meu pai, 45 quando nasci. Ambos investiram muito em minha educação. Acho que quando se é pai muito jovem, você não tem a mesma concepção da importância de uma boa instrução. Mas também havia suas desvantagens. Por exemplo, meu pai tomava remédio para pressão e, por causa disso, dormia o dia todo. Passei bastante tempo ao lado dele, mas como ele estava frequentemente dormindo, eu ficava terrivelmente entediada. © Julie Edelstein / Quora

  • Minha mãe deu à luz aos 40 anos, e meu pai tinha 61 na época. Ambos sempre foram muito pacientes comigo, e isso claramente foi uma vantagem durante minha infância. Eles tinham uma visão única do mundo. E, graças a isso, quando eu era mais jovem podia conversar tranquilamente com adultos. Hoje tenho 23 anos e moro em outro estado. Aproveito cada momento que posso com os dois, mesmo que às vezes me irritem bastante, pois agora qualquer frustração ou ressentimento é marcado pelo forte sentimento de que qualquer visita ou conversa pode ser a última. © Elizabeth Hitchcock / Quora
  • Meu pai tinha 65 anos quando nasci. Ele é médico e minha mãe enfermeira, então a morte sempre foi um assunto recorrente em nossas conversas. Cresci com o medo de acordar qualquer dia e encontrá-lo morto. No entanto, um dos lados positivos de ter pais já mais velhos é que podemos receber muita assistência do governo, como descontos, por exemplo. Muitas vezes compramos as coisas no nome do meu pai, porque ele é idoso. © GuriStargin / Reddit

  • Minha mãe tinha 45 e meu pai 43. A diferença entre as nossas gerações é simplesmente gritante, e isso foi motivo para muitas discussões. Ainda assim, fico chateada quando minha mãe não consegue me entender. Meu pai queria me ver terminando os estudos, conseguindo um emprego, casando-me... mas, infelizmente, ele faleceu um pouco antes do seu aniversário de 62 anos. Espero que minha mãe possa testemunhar tudo que ele não pôde. © Prithpal Kaur / Quora
  • Meu pai tinha 45 anos quando nasci. É estranho quando você ainda é adolescente e já tem pais quase idosos. Eles eram mais sérios com a questão dos horários, e eu sempre tinha de voltar para casa mais cedo do que as outras crianças. Um dia ouvi as histórias de meu pai sobre a sua infância, e entendi que em comparação com a minha tudo deva ter sido um grande choque cultural para ele, que sempre se surpreendeu com a rapidez com que aprendemos a usar a tecnologia. Me lembro de sempre sentir inveja quando ele contava sobre suas aventuras incríveis de quando era garoto, que seriam simplesmente impossíveis hoje em dia por causa dos novos padrões e regras sociais. © Rainyboots / Reddit
  • Quando nasci, meu pai tinha 42 anos. Na infância, eu tinha tudo de que precisava e ainda mais um pouco (e isso que os anos 90 foram anos realmente difíceis). Eu nunca tive vergonha da idade dele, pelo contrário. Quando ele me levava para a escola ou para o treino, sempre ficava orgulhoso porque eu fazia questão de dizer a todos que aquele era meu pai! Ele instigou em mim o amor pelo esporte, e fui bem-sucedido nisso graças ao seu incentivo. Agora que cresci sinto muita falta da nossa antiga relação sincera e aberta.
  • Quando nasci, minha mãe tinha 39 anos e meu pai 61. Foi ótimo crescer com pais de idade avançada, pois devido a isso eles entendiam bem o que era realmente importante — minha educação. Além disso, não me castigavam por bobagens. © Sarenna McKellar / Quora
  • Nasci quando minha mãe tinha 39 anos e meu pai 44. Acho que uma idade mais avançada reflete nas atitudes da pessoa em relação aos filhos, porque um adulto maduro já entende bem o que é a vida. Não fui educado com restrições, mas quando você é tratado com respeito, não se pensa em tirar proveito dessa confiança. Tive conversas amigáveis me ensinaram a ter um pensamento crítico, então nunca tive medo de expressar minha opinião. Uma vez, quando eu tinha 15 anos, colegas de classe riram do fato dos meus pais serem “velhos”. Fiquei um pouco triste e com vergonha, mas esses sentimentos logo passaram. Sei que minha mãe e meu pai são meus melhores amigos. A única coisa que aumenta minha ansiedade é que agora moramos em cidades diferentes, mas ainda assim ligo todos os dias para saber como estão.
  • Tenho 18 anos e um irmão de 2. Meu pai tem 50 e a minha mãe 42 anos. Quando lembro da minha infância, só tenho memórias boas. Mas fico bastante irritado quando tento educar meu irmão a ter boas maneiras, e depois minha mãe o permite ver desenhos animados com bobagens. Acredito que assim seja mais fácil, pois ele fica entretido em vez de correndo pela casa ou gritando. Talvez seja realmente difícil ter filhos quando já se tem mais idade, pois enquanto meu pai diz estar velho, minha mãe aparenta já não ter paciência. © “Подслушано” / Ideer
  • Nasci em 1999 e meu pai em 1947. Uma das principais vantagens da sua idade é que ele pode argumentar sobre quase tudo. E não importa o que estou falando, meu pai sempre consegue emitir uma opinião pertinente. Além disso, sua memória é ótima. Aprendi muitas coisas diferentes com meu pai: ele já trabalhou como piloto, engenheiro, artista, marceneiro... e, o mais importante, se dedicou a ser meu pai! Graças à sua idade, muitas oportunidades já se abriram para mim. © Nathan Lewman / Quora
  • Meus pais tiveram a mim já bem tarde, e minha mãe sempre teve problemas de saúde. Apesar de tudo, isso refletiu na minha educação: ela sempre esteve bem próxima e acompanhava meus estudos. Os últimos anos têm sido difíceis, mamãe adoeceu muito e eu passei a cuidar dela. Hoje minha mãe completa 80 anos. Comprei rosas para lhe dar de presente. Já sou adulto, mas me sinto como na época da escola quando comprava flores para a mamãe e corria para casa apenas para vê-la feliz. Nós somos eternas crianças enquanto nossos pais estiverem vivos. © “Ouvido” / Ideer

O que você acha? Qual a melhor idade para se ter um filho? Conte para a gente na seção de comentários.