Como eram as pessoas que deram o nome a 11 marcas famosas

Talvez muitos de nós já provamos o “bolinho de coalhada” de “B. Y. Alexandrov”, também voamos em Boeing ou experimentamos tênis “Adidas”. Marcas nos cercam por toda parte. Mas não pensamos muito em como se pareciam as pessoas que deram nome a essas corporações. Descobrimos, por exemplo, que o Tiffany era um cavalheiro muito apresentável e a boneca Barbie tem o nome de uma menina real.

Hoje nós, do Incrível.club, mostraremos retratos daqueles cujos nomes o mundo inteiro sabe, porém quase ninguém conhece seus rostos.

Boris Alexandrov

Boris Yurievich Alexandrov se formou como médico. Trabalhou como terapeuta durante 20 anos e terminou sua carreira nos anos 90. Depois começou a ganhar dinheiro imprimindo livros, vendendo tapetes, doces e palitos de milho. Um dia, Boris estava chegando ao armazém para buscar as mercadorias, quando encontrou uma enorme fila de pessoas atrás dos produtos de leite natural. Um ano depois, ele estava envolvido apenas na produção de laticínios. O lanche mais famoso da empresa “B. Y. Alexandrov” agora, obviamente, é o “bolinho de coalhada”.

Knorr

marca foi fundada em 1838 por Carl Heinrich Theodor Knorr. Tudo começou com o fornecimento de chicória para a indústria do café. No entanto, o fundador da empresa não parou por aí e começou a fazer experimentos de secagem de legumes e temperos, o que, em 1873, levou ao lançamento das primeiras sopas instantâneas na Europa.

Harley Davidson

Da esquerda para a direita: William A. Davidson, Walter Davidson, Arthur Davidson, William S. Harley

Quando William Harley e seu amigo de infância, Arthur Davidson, começaram a projetar um modelo de motor pequeno em 1901, não sabiam que dois anos depois virariam os fundadores de uma das maiores empresas de motos. Mais tarde, dois integrantes da família Davidson, William e Walter, juntaram-se aos experimentos que foram realizados no quintal dos quatro irmãos. A empresa cresceu muito rapidamente: já em 1905 a venda de motocicletas começou em série limitada.

Fred Perry

Essa marca de roupas masculinas foi fundada pelo tenista profissional Frederick Perry. Tudo começou no final da década de 1940, quando Perry, junto com o futebolista Tibby Wegner, criou uma munhequeira confortável para tenistas, no intuito de evitar que o suor caísse da mão para o cabo da raquete. Perry e Wegner criaram, então, sua versão da camisa polo para jogar tênis.

Alexander McQueen

Alexander McQueen é um designer de moda de Londres que, originalmente, trabalhou para a Givenchy. Mas, em 2004, lançou sua própria linha de roupas masculinas. Ainda jovem, trabalhou em uma oficina que criava figurinos de teatro e muito do que ele viu lá se refletiu em suas coleções.

Vans

A marca que faz roupas e sapatos de skate começou como uma pequena loja fundada pelos irmãos Paul e James Van Doren e pelo cofundador Gordon Lee. No primeiro dia de trabalho, apenas três modelos de sapatos foram apresentados, e não havia sequer troco para os compradores. As prateleiras estavam praticamente vazias: a loja abriu sem qualquer preparação, havia poucos suprimentos. Em 1976 a empresa recebeu o famoso slogan “Off The Wall”, gíria para um truque de skate realizado em uma piscina vazia.

Adidas

Adolf Dassler, conhecido como “Adi”, foi um sapateiro inovador no mundo dos sapatos esportivos e o fundador da “Adidas”, uma das marcas esportivas mais populares. Adolf inicialmente colaborou com seu irmão Rudolf, mas em 1948 se separaram e começaram a trabalhar de forma independente. A propósito, Rudolf também era sapateiro e continuou fazendo sapatos para atletas com sua empresa “Puma”.

Tiffany&Co

Em 1837, Charles Lewis Tiffany abriu sua primeira loja com um amigo do ensino médio, com dinheiro emprestado do seu pai. Eles vendiam materiais de escritório e lembranças, mas com o tempo se especializaram em vidro e porcelana da Boêmia, além de entrar também no ramo das joias. O nome famoso, “Tiffany and Company”, foi adquirido em 1853, após uma reorganização.

Boeing

Quando jovem, William Boeing não se dedicava à construção de aviões, mas sim à venda de madeira. Contudo, no ano de 1909, em uma exposição em Seattle, viu, pela primeira vez, uma aeronave tripulada e se interessou pela aviação. Em 1916, Boeing fundou a empresa junto com o engenheiro George Westervelt. Mas foi apenas a partir 1917 que a empresa adotou o nome do seu fundador. A companhia aérea não se envolveu imediatamente com o transporte de passageiros, já que no início havia apenas aviões de correio.

Barbie

Muitos conhecem Ruth Handler, a criadora da boneca Barbie, e já sabem que o brinquedo foi nomeado por causa de sua filha, Barbara. Ainda assim poucas pessoas sabem como a “Barbie real” se parece. A propósito, a boneca tem uma extensa biografia que não tem nada a ver com a vida de Barbara Handler.

Lipton

Sir Thomas Johnston Lipton sempre foi empreendedor. Antes de começar a vender chá, trabalhou como contador em uma plantação e como vendedor de uma mercearia. Depois de ganhar experiência, abriu seu supermercado, e, em seguida, tornou-se proprietário da rede de mercearias, para então concentrar-se em chá. O segredo do sucesso de Sir Lipton é simples: “Vender os melhores produtos aos preços mais baixos, usar o poder da publicidade e sempre permanecer otimista”.

E como você imaginou os fundadores dessas marcas? As expectativas foram confirmadas ou nossos heróis surpreenderam você?

Compartilhar este artigo