Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Truques que podem te auxiliar a montar um visual chique sem gastar uma fortuna

4-12
563

Muitas pessoas desejam estar sempre na moda. Algumas passam a comprar descontroladamente as peças mais caras, acreditando erroneamente que preço alto é sinônimo de estilo. Outras tentam seguir à risca os conselhos de estilistas, sem levar em consideração seu formato de corpo e suas preferências. Por isso, sempre é importante ter em mente que simplesmente não existe uma receita universal sobre moda. Se você está em busca de um visual atraente, a melhor coisa a fazer é valorizar suas próprias características e adotar alguns segredinhos práticos que se aplicam a qualquer roupa e estilo.

Neste post, o Incrível.club reuniu apenas os truques que ajudarão você a deixar sua aparência mais requintada e elegante sem gastar muito dinheiro.

Crie o hábito de mudar alguns detalhes das roupas

Detalhes de vestuário pouco requintados podem arruinar um look inteiro, mesmo se a peça for de alta qualidade ou estiver em dia com a moda. Mas isso não significa que você deva definitivamente se recusar a comprar certas peças. Encontrar um acessório que se ajuste perfeitamente ao seu corpo, às vezes, é muito mais difícil do que apenas trocar alguns botões sem estilo, por exemplo. O segredo para solucionar esse problema é não ter preguiça em buscar quem faça essas pequenas mudanças. Você ficará surpresa com o quanto a aparência da roupa mudará por causa de um detalhe aparentemente insignificante.

Observe atentamente os tons complexos

Diferentes tons de cores podem afetar muito a percepção de uma determinada peça de roupa. É possível notar essa diferença ao comparar, por exemplo, uma cor verde comum com um verde neon. Mas também existem nuances ainda mais sutis. Na foto acima, fica claro como o cinza à direita parece muito mais nobre quando comparado com a outra versão, um pouco mais clara. Essa tonalidade é chamada de complexa, pois contém uma mistura significativa de cores monocromáticas. Nesse caso, a mistura de cores consiste em tons de branco, cinza e preto.

Preste atenção ao material do tecido

Blusas de malha fina vazadas, que são excessivamente justas, suéteres que parecem de pelúcia com fios salientes e cardigãs de malha volumosa... todas essas variações podem ser adequadas em algumas ocasiões específicas. Mas, na maioria dos casos, esses itens ainda são inferiores em qualidade às mesmas peças feitas de tecido texturizado mais “pesado”, já que esse material parece muito mais nobre, independente de detalhe, estilo ou cor.

Esqueça de vez as falsificações de grifes famosas

Uma bolsa mais barata, mas de qualidade, de um fabricante sem grife, adicionará muito mais classe ao visual do que uma Gucci ou Michael Kors falsa, com fios soltos, uma impressão torta e um logotipo malfeito. É muito mais sensato levar esses detalhes em consideração e comprar roupas da moda em lojas populares do que comprar um item de marca falsificado, sem ao menos se importar com o fato de ter em mãos um produto falso, que se revela em cada detalhe.

Escolha a roupa íntima certa

Algumas pessoas consideram que as calcinhas têm um papel secundário na aparência da silhueta perfeita. Por isso, ouvimos mais sobre a importância de escolher os sutiãs apropriados. No entanto, essa abordagem é errada. Afinal, a calcinha exerce um papel fundamental na delimitação da silhueta. A escolha mais vantajosa nessa questão os modelos culotte sem costura e de microfibra. Sua cintura alta garante a fixação das saias e uma boa elevação dos glúteos. Sem contar que elas são extremamente confortáveis ​​de usar.

Não compre itens muito específicos

Comprar roupas e acessórios muito específicos não só leva a um inevitável “entulhamento” de peças no guarda-roupa que não combinam com nada, como também pode dificultar a composição de um estilo. Vale lembrar que a moda nem sempre é racional e o fato de sempre surgir uma nova tendência não significa que tudo deva ser adquirido e usado. Combinações de peças universais, escolhidas de acordo com o seu estilo e tipo de corpo, sempre ficarão muito melhores do que um look criado baseado em um desfile de passarela que não leva em conta a sua personalidade.

Opte por acessórios contrastantes

Um look monocromático certamente parece elegante. Mas até mesmo esse tipo de composição pede alguns acessórios destacados. Afinal, as peças que “desaparecem” em um estilo monocromático podem acabar perdendo sua principal função: enfatizar o look, dando-lhe um toque de personalidade. A mesma regra se aplica ao tamanho das peças. Bolsas muito pequenas não costumam combinar com muitas roupas sobrepostas. E bolsas muito grandes são inadequadas quando se adota um visual minimalista.

Monte seu guarda-roupa com peças-chaves

Para montar um guarda-roupa harmonioso e equilibrado, é muito importante saber quais itens são essenciais para você. Independentemente do fato de o seu armário ser baseado em saias, escarpins e blusas, ou jeans, suéteres e botas, certifique-se de que os itens principais sejam da mais alta qualidade. Depois disso, você já pode começar a introduzir gradualmente novos elementos que podem ser facilmente combinados com pelo menos duas peças que você já possui. Se você escolher o vestuário com base nessa técnica, certamente ficará inspirada e completará o resto do guarda-roupa só com peças elegantes.

Destaque o visual usando a regra “2×2”

Além do já mencionado fato de que os acessórios têm como função enfatizar o look, e não se fundir com ele, é importante considerar que eles devem estar em harmonia entre si. A maneira mais fácil de evitar erros ao combinar peças é usando a regra “2×2”. Funciona assim: os destaques no visual devem se sobrepor em cor, textura, forma, tipo de metal e assim por diante.

A primeira foto mostra o exemplo mais simples, com a cor e o material da bolsa combinando com o tom e o material do cinto. Na segunda foto, a combinação é mais complexa: o formato dos óculos está em harmonia com a fivela do cinto; a tonalidade do óculos está conciliando com a do vestido e do esmalte e a cor dos detalhes metálicos é parecida com o tom do relógio. Já o tecido e a textura do chapéu lembram aos da bolsa. No final, todos esses elementos equilibram-se e formam um look elegante.

Conhece algum outro truque que pode ajudar a montar um look chiquérrimo sem precisar gastar muito? Comente!

4-12
563