Incrível
Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

20 Tendências de design de interiores que já estão ultrapassadas

Muitos acreditam que a casa é o reflexo de seu dono e que as características de seu interior podem contar muito sobre a personalidade dele. Certamente há alguma verdade por trás dessa sabedoria popular. No entanto, em nossa busca pelo conforto, às vezes acabamos cometendo alguns erros involuntários na decoração. Grande apego a objetos e móveis antigos, escolha de cores que não combinam entre si, peças que já saíram de moda — tudo isso pode atrapalhar a criação de um ambiente mais harmônico e moderno dentro de casa.

Nós, do Incrível.club, adoramos descobrir coisas novas sobre design de interiores. No post de hoje, selecionamos 20 tendências de decoração que já saíram de moda e encontramos dicas de como substituí-las para que a sua casa tenha um visual mais moderno. Confira!

Conjunto de estatuetas decorativas “elefantes da sorte”

Nos anos 90, esse conjunto de estatuetas foi uma verdadeira febre. Ele podia ser encontrado nos aparadores ou estantes de livros de praticamente qualquer lar. No entanto, hoje em dia essas estatuetas ricas em detalhes têm aparência um pouco exageradas e até chamativas. E vêm sendo gradualmente substituídas por peças mais minimalistas feitas de resina.

Lâmpadas de néon

Lâmpadas de néon de cor ácida são ótimas para acentuar o espaço com um toque brilhante. No entanto, em casa elas acabam parecendo um pouco deslocadas, em contraste com seu efeito em bares e clubes. Se você quer dar um toque mais animado e descontraído ao seu lar usando um conceito de iluminação original, melhor apostar nas discretas luminárias de alabastro.

Leques decorativos pendurados nas paredes

Leques grandes fixados na parede como objetos de decoração também são uma tendência do passado. Esses elementos acabam deixando o espaço visualmente mais estreito, por isso é melhor abrir mão deles. Em seu lugar, você pode optar por ornamentar a parede com um tríptico moderno e uma pegada sazonal. Um tríptico, a propósito, é um conjunto de 3 pinturas relacionadas entre si.

Flâmulas

Flâmulas com as cores e emblemas de diversos times de futebol ainda podem ser encontradas hoje em dia nas casas de muitos fãs do esporte. Mas, convenhamos, esses objetos só nos são atraentes quando os vemos pela primeira vez. Para dar um toque mais vívido às paredes, opte por painéis decorativos de tons suaves e com detalhes minimalistas.

Lustre cascata

Esse formato de lustre volumoso e decorado com muitas bolinhas de cristal penduradas é bastante familiar para muitas pessoas. Apesar de sua fama no passado, ele vem sendo substituído por modelos menores e de formatos mais simples e minimalistas.

Amuletos

Existe uma grande variedade de amuletos e muitos deles acabam se tornando peças de decoração ou souvenirs nas prateleiras de casa. O fato é que eles acabam sobrecarregando o visual do ambiente e diminuindo a sensação de conforto do local. É possível substituí-los por pequenas esculturas de madeira.

Girassóis artificiais

Essas flores artificiais podem até combinar muito bem no ambiente de um café de pegada mais rústica, mas se você quiser um minijardim decorativo dentro de casa, melhor optar por flores e plantas vivas e não muito chamativas. Uma boa opção, por exemplo, são as suculentas cultivadas em terrários.

Papel de parede

Papéis de parede que reproduzem a paisagem de uma floresta ou do mar são, definitivamente, uma tendência do passado. Atualmente, há opções mais modernas para a decoração das paredes. Por exemplo, você pode escolher um papel que reproduza uma superfície metálica ou que dê a impressão de que a parede é feita de pedras.

Adesivos para espelho

Nos anos 2000, decorar os espelhos usando adesivos como uma forma de adicionar um toque de criatividade ao interior da casa era bastante comum. Mas essa tendência já se tornou ultrapassada. Atualmente, uma boa saída criativa para os espelhos é ousar no formato de suas molduras. Essa moda, a propósito, tem se tornado cada vez mais popular.

Itens folheados a ouro

O folheado a ouro é capaz de desvalorizar instantaneamente o visual de qualquer componente do interior. Se o objetivo é dar brilho e sofisticação para dentro de casa, melhor optar por peças folheadas a ouro rosé. Elas podem parecer muito mais delicadas e se entrosar de maneira mais inteligente com a decoração do espaço.

Toalhas de cores fortes no banheiro

A abundância de itens de cores fortes e brilhantes no banheiro pode sobrecarregar o visual. Toalhas brancas, azuis-claras e cinzas são peças clássicas atemporais que sempre combinarão bem com esse espaço.

Escorredor de prato suspenso diretamente sobre a pia

Um escorredor de prato suspenso diretamente sobre a pia da cozinha não tem uma aparência muito agradável esteticamente. Além do mais, fixá-lo nessa posição não é a opção mais cômoda e prática. Você pode, por exemplo, colocá-lo dentro da prateleira em cima da pia.

Lustre suspenso muito baixo

Essa tendência ainda pode ser encontrada com bastante frequência, no entanto ela perde em estética e praticidade. Atualmente, é possível cada vez mais encontrar lustres que são fixados diretamente no teto ou que ficam suspensos a pouca distância dele.

Ladrilhos de cerâmica de tonalidades diferentes

Ladrilhos de cerâmica de tonalidades diferentes, mas pertencentes à mesma gama de cores, podem causar uma sensação de diferentes profundidades nos olhos. Aqui recomenda-se aplicar a famosa regra do “menos é mais”. Portanto, opções de cerâmicas simples de mesmo tom ou com design em preto e branco têm uma aparência muito mais harmônica.

Almofadas cobertas com toalhas de renda

A moda dos guardanapos e toalhas de mesa de renda, que podem ser usados para cobrir absolutamente tudo em casa, desde a TV até as almofadas no sofá e cestos de roupa, ainda se mantém em alguns lares. Atualmente, porém, usar capas lisas do mesmo tom para cobrir as almofadas e sofás, caixas funcionais forradas com tecido e cestos de roupa de tecido dá um toque muito mais moderno ao interior de um lar.

Cortinas transparentes

Além do fato de não impedirem a entrada do excesso de iluminação, as cortinas transparentes têm uma aparência bastante antiquada hoje em dia. Nesse caso, é melhor optar pelas feitas com tecidos mais densos.

Televisão embutida na estante

A televisão, certamente, era um dos principais itens que compunham a sala de estar no passado. E o local mais comum para a sua alocação era dentro de estantes enormes que geralmente ocupavam toda uma parede do cômodo. No entanto, hoje em dia o mais comum é fixar a TV diretamente na parede, já que o próprio design do aparelho mudou, tendo se tornado mais fino e largo.

Relógio pedestal

Embora os antigos e pesados relógios pedestais de madeira sejam considerados vintage, eles dão um toque mais formal ao interior do ambiente e um ar mais antigo ao visual. Hoje em dia, relógios de parede com vários ponteiros indicando simultaneamente a hora em diversas capitais ao redor do mundo são bem mais populares e modernos, por exemplo.

Espelho iluminado

Organizar um camarim digno de estrelas de cinema em casa pode não ser uma boa ideia. A moda dos espelhos iluminados com lâmpadas brilhantes ao redor é coisa do passado. A tendência cada vez mais popular é usar um com moldura no estilo industrial.

Molduras de estuque

Molduras em baixo-relevo deixaram de ser uma decoração luxuosa já há muito tempo. E para não correr o risco de transformar a sua casa em um verdadeiro museu, melhor enfeitar as paredes usando pedras decorativas.

Para você, o que é mais importante na hora de montar o interior da casa: a praticidade ou a estética? Que outras dicas adicionaria ao post? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo