Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Artista homenageia as avós transformando-as em super-heroínas em seus murais

A arte pode ter infinitas formas e significar muitas coisas ao mesmo tempo, mas, para Joseba Muruzábal, artista e muralista galego, esse é simplesmente um trabalho divertido. Aos 14 anos, ele criou seu primeiro mural com uma paisagem de palhaços na biblioteca de uma escola ao lado de sua casa. Hoje em dia, suas criações retratam senhoras trabalhadoras e mostram sua força natural. Essa é uma forma especial de homenageá-las.

Esse grande artista contou ao Incrível.club um pouco sobre sua história, como começou sua paixão pela pintura e quais as nobres razões por trás de sua arte.

O início da carreira de um autêntico pintor

Quando eu era jovem, Joseba não tinha uma ideia muito clara de o que iria fazer quando adulto. No entanto, a partir dos 14 anos, começou a mostrar uma grande capacidade para pintar grafites. Levando em conta o talento de seu filho, a mãe propôs que estudasse artes plásticas. Ao final da carreira universitária, o jovem não tinha dúvida de que sua paixão era pintar e de que tinha motivos muito claros que o levariam a fazê-lo.

“Juancho e seus cachorros”

“O mais importante para um pintor é estar conectado ao que pinta, mas também é essencial saber o que está procurando ao fazê-lo. Naquela época, todo o meu trabalho era voltado a retratar meus amigos e seus cães”, comentou. Foi quando Joseba adotou seu nome artístico, Yoseba MP.

Antes de começar a fazer murais, Yoseba pintava sua arte em telas, mas não tinha a mesma visibilidade que possui hoje em dia. Seu trabalho mais significativo é “Juancho e seus cães”, pintura que acabou representando uma mudança de paradigma em seu estilo. Além de ganhar seu primeiro prêmio importante de pintura com a obra, foi ela que determinou a importância que dava ao próprio trabalho e que fez com que passasse a se levar realmente a sério.

Mulheres super-heroínas

Depois de se dedicar a pintar seus amigos com seus cães, Yoseba MP decidiu se concentrar em outras realidades. Sob uma nova perspectiva, ele começou a pintar mulheres maduras para homenageá-las. Na opinião do artista, elas representam melhor que ninguém a região da Galícia, na Espanha (onde vive), e são sinônimo de trabalho duro. “Aqui é muito normal ter avós que, aos 80 anos, ainda trabalham no campo e fazem tarefas domésticas. Muitas vezes não vemos nada de extraordinário nisso, mas realmente há algo de muito forte em seus gestos”, afirma.

As mulheres que esse artista pinta em seus murais não são super-heroínas com uniformes comuns, mas com trajes únicos e exclusivos que as distinguem dos outros heróis: em geral, um avental xadrez, uniforme próprio de sua labuta e típico das senhoras da região nos dias de trabalho.

Usando sua criatividade e seu talento, o artista carrega na representação da força que essas mulheres desenvolveram desde a infância e as transforma no que realmente são: super-heroínas da vida real. “Estou muito feliz. Na Galícia, meus trabalhos são muito bem aceitos. Muitos identificam suas avós nos meus murais”, afirma. A resposta das pessoas ao seu trabalho tem sido muito positiva e gratificante, pois muitas se vestem como essas super-heroínas no carnaval local. Além disso, Yoseba recebeu cartas de escolas que gostariam que ele soubesse que algumas crianças se inspiraram na sua arte e em suas avós ao fazer trabalhos escolares.

Insistir e ser coerente consigo mesmo

Embora, às vezes, o mundo da arte seja difícil, Yoseba MP acredita que é preciso insistir e se esforçar para ser coerente consigo mesmo e tornar tudo mais simples. Para ele, é melhor ter um trabalho que não consuma a paixão que você possui por algo. Dessa forma, os processos fluirão naturalmente e a recompensa virá sem que haja tanta preocupação com o dinheiro. “Também é importante ter tempo para se divertir e fazer coisas que o emocionem”, raciocina.

Trabalho atual e planos para o futuro

O artista afirma que não gosta de planejar demais, pois as coisas surgem sozinhas e é assim que ele realiza cada projeto. Yoseba MP garante que está disposto a chegar até onde for permitido, desde que sua arte seja recompensada como deve ser. Afinal, o mais importante não é o lugar em que pinta, mas as condições em que o faz.

No momento, Yoseba pinta quadros, grava vídeos e está fabricando um brinquedo intimamente relacionado às senhoras do país. Além disso, dedica-se a dar aulas de pintura em seu atelier e, no verão, concentra-se apenas em fazer murais — cada trabalho leva de 6 a 12 dias para ficar pronto. Ao pintá-los, o artista parte de uma fotomontagem, faz uma grade e depois a estampa na parede. É uma grande satisfação para ele ser seu próprio chefe e sentir-se tranquilo, porque, no final, seu trabalho lhe permite fazer o que mais ama.

O que você acha das homenagens que o artista faz em seus murais? Que tipo de super-heroína é sua avó? Conte para a gente nos comentários.

Imagem de capa Yoseba MP / Instagram