Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 Erros de restauradores que se tornaram famosos

1--2
26k

O trabalho de restauradores é recuperar obras de arte prejudicadas pela ação do tempo. É um trabalho criativo, mas nada fácil: um movimento errado e a obra ficará irreconhecível para sempre. Infelizmente, muitos desses erros são difíceis de serem desfeitos.

O Incrível.club reuniu alguns casos em que o processo de restauro não saiu exatamente como deveria.

1. Afresco prejudicado

Um dos casos mais famosos de uma restauração que deu errado aconteceu na Espanha. Cecilia Jimenez, de 80 anos, se ofereceu para recuperar um afresco descascado que mostra uma imagem de Jesus, numa igreja local. Mas, por algum motivo, o resultado foi muito diferente do original. Pelo visto, a visão traiu a mulher.

Se Cecilia fez bem ou mal, é motivo de discussão. Por um lado, o afresco ficou prejudicado. Por outro, a igreja ficou famosa em todo o mundo, e Cecilia passou a ser chamada, com uma pitada de ironia, de "novo Goya" (famoso pintor espanhol).

2. Personagens de afrescos que ficaram sem olhos

O restauro dos afrescos na Capela Sistina, no Vaticano, foi a obra mais importante do século 20. Mas muitos especialistas em arte acreditam que foi um total fracasso.

Quando os restauradores limparam a sujeira dos afrescos, tocaram na camada superior dos mesmos, com os consertos que o próprio Michelangelo em pessoa tinha feito. O resultado é que alguns personagens ficaram sem olhos.

3. Fantasia de Berlusconi

Em 2010, a entrada da residência do então primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, ganhou estátuas de Marte e Vênus, datadas do ano 175 d.C. As obras foram encontradas quebradas em algumas partes.

Berlusconi ordenou a restauração das estátuas. À primeira vista, parece que o trabalho foi bom, mas historiadores da arte não ficaram nada felizes com o ímpeto do primeiro-ministro. Eles consideram que restaurar monumentos antigos sem uma pesquisa prévia é equivalente a vandalismo, pois não sabemos como as estátuas eram quando foram construídas. Agora, Marte e Vênus contam novamente com seu aspecto original.

4. Pintura descolorida

A obra de Leonardo da Vinci batizada de “A Virgem com o Menino e Santa Ana” ficou mais clara após o restauro. Se antes as tonalidades escuras predominavam, a pintura atualmente parece mais colorida, como se a cena tivesse acontecido num dia ensolarado. Segundo especialistas, isso vai contra a ideia original de Leonardo da Vinci.

Alguns especialistas do comitê do famoso museu do Louvre, para expressar seu inconformismo com a restauração, chegaram a entregar seus cargos. E para você, parece que o trabalho dos restauradores ficou ruim?

5. Grande Muralha da China

Nem ela escapu! A Grande Muralha da China é um dos monumentos arquitetônicos mais impressionantes do mundo. Infelizmente, vem sendo destruído pouco a pouco.

Há alguns anos, restauradores fizeram uma tentativa infeliz de reconstruir um dos trechos mais bonitos da muralha, com 780 metros de comprimento. Para isso, eles simplesmete cobriram tudo com uma camada de concreto. Simples, né?

Agora, estes restauradores pouco cuidadosos estão sendo alvo de uma investigação. E outros trechos da muralha passaram a ser restaurados com muito mais atenção.

6. Castelo de Matrera

A reconstrução da antiga fortaleza de Matrera, na Espanha, criou uma grande polêmica: para muita gente, agora a torre parece moderna demais. O restaurador Carlos Quevedo Rojas queria que ficasse claro qual das partes do castelo eram novas e quais eram antigas.

A renomada organização de arquitetos Architizer apoiou Rojas, chegando a conceder um prêmio ao profissional. No entanto, os moradores locais não ficaram nada felizes.

7. Barba de Tutancâmon

Em 2014, uma funcionária do Museu do Cairo acidentalmente deixou cair a máscara de Tutancâmon, que pesa 10 quilos, de forma que a barba da figura soltou. Em vez de procurar profissionais, a mulher buscou ajuda do marido, que é restaurador amador.

Ele grudou a barba com uma cola super resistente, num ângulo equivocado. Ao sujar a barba do grande faraó com a cola, o homem teve a ideia de tentar raspar a cola. O resultado disso é que a máscara ganhou arranhões que não deveriam estar ali.Um verdadeiro crime. Felizmente, a obra foi novamente restaurada recentemente.

8. Um bebê com uma cabeça um tanto esquisita

A escultura da Virgem Maria com o menino Jesus na cidade de Sudbury, Canadá, foi alvo de vandalismo e o bebê foi "decapitado". A cabeça desapareceu.

A artista Heather Wise esculpiu uma nova cabeça, mas o resultado do seu trabalho ficou tão esquisito que provocou reações negativas entre os moradores locais.

Só que o restauro infeliz feito por Heather gerou uma consequência positiva: a pessoa que havia roubado a cabeça autêntica se arrependeu e decidiu devolvê-la, com pena de uma restauração tão feia. Agora, a escultura está 100% restaurada.

Desastres são raros

Vale ressaltar que os casos de restaurações infelizes são raros. Por outro lado, há uma grande quantidade de obras de artistas do passado que só chegaram aos nossos dias graças ao meticuloso trabalho de profissionais restauradores. Um dos melhores exemplos disso é a escultura de um anjo na basílica de São Pedro, no Vaticano.

1--2
26k