8 Filmes que alteraram alguns detalhes para adaptar a produção às exigências dos protagonistas

Na maior parte dos filmes, os atores devem memorizar suas falas e interpretar o melhor possível as cenas designadas aos seus respectivos papéis. Porém, existem casos de artistas que se impõem a ponto de exigir mudanças em seus personagens ou até mesmo na trama. Algumas dessas demandas são fáceis de atender, mas outras acabam requerendo que a história seja reescrita.

Nós, do Incrível.club, preparamos uma lista com famosos que bateram o pé e conseguiram as mudanças desejadas nas produções em que participaram. Apostamos que se isso não tivesse acontecido, cada uma das histórias abaixo teria terminado de forma bem diferente.

1. Dwayne Johnson — Rampage: Destruição Total

No filme Rampage: Destruição Total, Dwayne Johnson interpretou o papel de Davis Okoye, que tem um gorila albino chamado George. Conforme o roteiro original, o animal morria ainda no começo da história, mas quando Johnson soube disso, insistiu com os criadores que o final do filme deveria ser refeito. Segundo o ator, não seria bacana eliminar o gorila daquela maneira.

Dwayne justificou seu argumento afirmando, em primeiro lugar, que George era um herói. Em segundo lugar, e ainda mais importante, o astro considerou que os fãs se interessam por seus filmes com a intenção de curtir um momento divertido, acrescentando que aquele final quebraria a confiança dos espectadores. Após meses de discussão e de ameaças de abandonar o longa, ator e equipe chegaram a um acordo e terminaram de rodar as cenas sem eliminar George.

2. Shakira — Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Nessa animação, o desenho de Gazelle foi originalmente criado tendo a artista pop como inspiração. Os primeiros traços ganharam um novo penteado e cílios diferentes, de modo a fazer com que o resultado ficasse ainda mais parecido com a Shakira. A ideia era deixar Gazelle mais próxima da colombiana, representando não só seu talento, mas a aparência física também.

Os criadores mostraram à cantora um esboço de como ficaria a personagem, e foi quando ela pediu que Gazelle tivesse um corpo mais curvo e o quadril, mais acentuado. Seu objetivo era dar mais “carne” à personagem. De acordo com Shakira, no desenho, Gazelle estava magra demais. As sugestões foram ouvidas, e assim surgiu a personagem que conhecemos.

3. Anna Kendrick — A Escolha Perfeita 3


Durante a produção da terceira parte da franquia A Escolha Perfeita, a atriz decidiu não aceitar o romance com o ator Guy Burnet (na pele de Theo) que os criadores haviam designado para sua personagem. Para Anna, aquele relacionamento era excessivamente problemático.

Os produtores ainda tentaram emplacar uma versão alternativa, inserindo ao final da trama algumas cenas românticas entre os dois personagens, mas a atriz novamente rejeitou a ideia.

4. Liam Neeson — Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

O ator e diretor Seth MacFarlane procurou Liam Neeson e o convidou para interpretar o bandido Clinch Leatherwood na comédia de faroeste Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola. Neeson gostou do roteiro e aceitou o papel, mas não sem antes colocar ao diretor a condição de poder usar seu sotaque irlandês na voz do personagem.

Neeson fez o pedido porque, há alguns anos, na série de TV Uma Família da Pesada, também criada por MacFarlane, fizeram uma piada envolvendo as dificuldades que Liam Neeson teria para esconder seu sotaque da Irlanda na hora de interpretar um cowboy dos Estados Unidos. Como a produção apostava na comédia, o diretor acabou aceitando a proposta.

5. Dacre Montgomery — Stranger Things

Na segunda temporada da trama infantojuvenil, Dacre interpretou o antagonista Billy Hargrove. O ator confessou ter pedido aos produtores que incluíssem cenas conferindo um ar mais humano ao seu personagem, mostrando não apenas o lado vilão, mas igualmente o humano. Assim, surgiram cenas justificando o comportamento de Billy Hargrove.

6. Samuel L. Jackson — Guerra nas Estrelas

O ator Samuel L. Jackson, que na trama dá vida ao Jedi Mace Windu, fez uma solicitação especial ao criador da famosa saga para poder usar um sabre de luz com uma cor diferente. Jackson argumentou que, nas grandes cenas de luta, ele não conseguia identificar a si mesmo em meio aos demais personagens. Além disso, o ator insistiu que a cor escolhida fosse o roxo, sua preferida.

7. Harrison Ford — Star Wars: O Despertar da Força

A trajetória do querido personagem Han Solo na famosa saga Guerra nas Estrelas chega ao fim na produção Star Wars: O Despertar da Força. Em uma entrevista, Harrison respondeu a algumas perguntas dos fãs, revelando ter concordado com o final do filme em que seu personagem morre, já que vinha ao longo dos últimos 30 anos insistindo para isso acontecer. Ele acrescentou que aquele foi seu melhor momento, pois daria ao seu legado um propósito e peso emocional.

O diretor do longa, JJ Abrams, confirmou o desejo manifestado por Harrison de dar um fim ao personagem, concordando com a ideia de que o fato seria de grande utilidade para a história.

8. Milla Jovovich — Resident Evil

Milla Jovovich é muito lembrada por seu trabalho nos sete filmes da franquia Resident Evil. A atriz defendeu seu papel de protagonista com unhas e dentes, ameaçando rejeitar a proposta de fazer o primeiro longa ao saber que os criadores decidiram acrescentar à trama um novo personagem, pois, segundo Milla, ele tiraria boa parte de suas cenas.

A atriz pediu que o diretor revisasse o roteiro página por página, dizendo que poderia abandonar o projeto caso ele não aceitasse seus pedidos e as cenas originalmente escritas não fossem respeitadas.

Você já tinha ouvido falar nesses pedidos feito pelos artistas? Na sua opinião, qual deles mais exigiu da equipe de filmagem? Registre seu comentário!

Compartilhar este artigo