5 Filmes que trouxeram referências a quadros famosos e poucas pessoas perceberam

Muita gente diz que “a vida imita a arte” e isso é uma grande verdade. Outro fato é que a arte também imita a arte. Provas disso são as inúmeras referências que os filmes fazem à cultura pop, às obras de arte e ao próprio cinema.

Alguns diretores se preocupam em reproduzir, nas cenas dos seus filmes, pinturas famosas com o máximo de fidelidade. Se você é daquelas pessoas que nunca notam as referências e ficam perdidas nas conversas com pessoas que amam cinema, essa lista vai te ajudar.

Incrível.club reuniu 5 cenas de filmes que foram diretamente inspiradas em obras de arte, para quem quer participar de conversas mais culturais ou apenas matar a curiosidade. Ah! E não perca o bônus no final.

5. Psicose — A Casa ao Largo da Ferrovia

O cineasta Alfred Hitchcock inspirou-se nesse quadro intitulado A Casa ao Largo da Ferrovia para criar a casa do personagem Norman Bates do filme Psicose, de 1960. O quadro foi pintado em 1925 por Edward Hopper, um artista gráfico norte-americano que costumava retratar cenários urbanos e contemporâneos. O quadro está exposto no Museu de Arte Moderna, em New York.

4. Melancolia — Ofélia

O filme Melancolia, dirigido por Lars Von Trier, é uma obra de arte por si só. A produção toda mostra referências a diversas obras de arte mas, como estamos falando de pinturas, vamos nos ater a apenas uma delas.

No filme (e também no pôster de divulgação), a personagem Justine aparece vestida de noiva, segurando um buquê e flutuando num lago. Da mesma forma e pelo mesmo motivo que Ofélia, personagem de Hamlet, como foi retratada por John Everett Millais na pintura homônima.

3. No Portal da Eternidade — Autorretrato com a Orelha Cortada

A história do filme No Portal da Eternidade se passa em 1888, narrando os últimos anos de vida do pintor Vincent van Gogh. O ator Willem Dafoe dá vida ao pintor holandês, com direção de Julian Scnabel, porém a história não é biográfica. O próprio diretor comentou que “a história é contada por um pintor, contendo o que eu achei que era essencial em sua vida. Essa não é a história verdadeira, é a minha versão — uma história que pode levá-lo mais próximo do artista”.

Sendo assim, o diretor pôde tomar liberdades narrativas, criando cenas que relembram vários dos quadros pintados por Van Gogh. Um deles, é o Autorretrato com a Orelha Cortada, pintado em janeiro de 1888 em frente a um espelho, depois de sair do hospital. No mês anterior, o pintor cortou um pedaço da própria orelha após uma discussão com o amigo Gauguin. Curiosamente, Van Gogh pintou a si mesmo sem barba, para refletir seu estado de espírito no momento.

2. Coraline e o Mundo Secreto — A Noite Estrelada

O quadro mais famoso de Vincent van Gogh é também muito reproduzido na cultura pop. Quando o pintor fez essa obra de arte, em 1889, estava em um hospital na França. A pintura retrata a sua vista da janela, pouco antes do nascer do sol. O vilarejo abaixo, no entanto, não existia, sendo totalmente imaginado por Van Gogh. Em seu lugar havia, na verdade, um campo de trigo, como ele relatou em uma carta para o seu irmão.

A imaginação do pintor combina muito bem com a trama do filme Coraline e o Mundo Secreto, no qual a protagonista visita um mundo paralelo que é uma versão melhorada do seu próprio mundo. Em certo momento do filme, Coraline sonha que quer libertar algumas crianças e o teto do seu quarto se abre para uma noite estrelada. É uma reprodução fiel da estética usada por Van Gogh em seu quadro.

1. Um Corpo que Cai — Garota na Floresta

O filme Vertigo, que no Brasil se chama Um Corpo que Cai, foi dirigido por um dos maiores diretores do cinema de terror e suspense, Alfred Hitchcock. Na história, um ex-policial com fobia de altura é contratado para seguir uma mulher. O filme foi lançado em 1958 e é considerado hoje um clássico, principalmente por uma técnica de filmagem revolucionária, que o diretor criou para simular a vertigem do protagonista.

E o nosso querido pintor aparece pela terceira vez nessa lista. Vincent van Gogh também é referenciado em uma cena do filme, por meio do seu quadro Girl in the Woods (Garota na Floresta). Na cena, o detetive e a mulher investigada estão em um parque ecológico, admirando uma sequoia gigante de mais de 2 mil anos, numa composição que se assemelha muito com o quadro de Van Gogh.

Bônus: A Última Ceia de Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci pintou o afresco L’Ultima Cena (A Última Ceia) para uma igreja em Milão, na Itália, por volta de 1498. A pintura é baseada numa passagem bíblica no livro do Evangelho segundo São João, em que Jesus anuncia que um dos seus apóstolos o trairia. Essa é considerada a obra-prima de Da Vinci, além de ser a pintura religiosa mais famosa do mundo.

Por isso mesmo, a obra foi mimetizada muitas vezes no cinema, em programas de televisão e outras produções, quase sempre como material promocional, como pôsteres. Seja como forma de homenagear ou parodiar, a posição das pessoas remete imediatamente ao afresco de Da Vinci. Veja abaixo algumas das produções que imitaram A Última Ceia.

Battlestar Galactica (série de 2004 a 2009)

South Park (série animada de 1997 até hoje)

Dr. House (série de 2004 a 2012)

That ’70s Show (série de 1998 a 2006)

Você já assistiu a algum desses filmes? Imaginava que eles tinham partes inspiradas em obras de arte famosas? Se você quiser ver mais referências, sugerimos que leia este artigoeste também. Nós estaremos atentos para contar mais curiosidades cinematográficas em breve! Enquanto isso, conte nos comentários qual dos filmes citados mais te surpreendeu pela semelhança com o quadro.

Compartilhar este artigo