12 Livros modernos que não deixam os olhos desgrudarem das páginas

As férias ou um feriado são uma boa razão para pegar um livro. Nada mais reconfortante do que o toque acolhedor de páginas. “De todos os objetos inanimados criados pelo homem, os livros estão mais próximos de nós...”, assim dizia o escritor Joseph Conrad.

Nós, do Incrível.club, amamos livros com histórias fascinantes que magistralmente nos distrai das preocupações cotidianas. Não revelaremos a intriga e prometemos que o final de cada um deles será certamente chocante, mas, certamente, você terá prazer em lê-los.

Tana French, A Semelhança

É o segundo livro da série sobre o dia a dia dos detetives de Dublin. A história começa com o encontro do corpo de uma jovem em uma cabana isolada e abandonada, próxima à fazenda onde a vítima morava. A propósito, Stephen King é fã de Tana French.

***

Tana French poderia escrever um livro sobre agricultura orgânica, e eu o leria. Felizmente, o tema que a escritora escolheu é muito mais interessante. Fiquei impressionado com a elegância na descrição da investigação criminal, com as paisagens irlandesas e com o desenvolvimento meticuloso dos personagens. © Joe Valdez / Goodreads

Ted Chiang, História da Sua Vida e Outros Contos

Uma linguista estuda a linguagem dos alienígenas e no processo ganha mais do que conhecimento. A história acontece durante uma visita alienígena à Terra.

***

Após me apaixonar pelo trabalho do Ted Chiang no ano passado, ignorei esse livro por muito tempo, embora soubesse que seria fantástico. E o resultado é que já o li duas vezes e ainda fico de queixo caído. © lenanvincent / Twitter

Helene Flood, A Terapeuta

A protagonista Sara é uma terapeuta. Uma manhã, ela recebe uma mensagem de voz do seu marido que se dirigia a um sítio com seus amigos. Mais tarde, à noite, os amigos ligam para saber porque ele ainda não havia chegado.

***

Não me lembro da última vez que amei tanto um livro, de ter lágrimas nos olhos ao concluir a leitura. Terapeuta é um dos melhores thrillers psicológicos que já li. Que final inesperado! © PauliNeverland_ / Twitter

Arturo Pérez-Reverte, A tábua de Flandres

A protagonista investiga um crime de longa data, cuja chave está escondida em uma pintura flamenga do século XV. A história começa com a heroína descobrindo uma inscrição escondida sob a pintura durante a restauração de uma obra-prima.

***

Li esse livro do Arturo Pérez-Reverte ainda na adolescência e fiquei profundamente encantado. A Tábua de Flandres me impressionou com a estrutura do enredo que parece uma montanha-russa. © Mu_sama / Twitter

Stephen King, O Instituto

Um garoto prodígio de 12 anos é sequestrado e acaba em um lugar chamado “O Instituto”, em um quarto que se assemelha ao seu, mas sem uma janela. Ele logo descobre haver outras crianças na instituição.

***

Estou ouvindo o audiolivro O Instituto e alguns trechos me deixam muito nervoso. Há muito tempo que não me envolvia tanto com personagens de ficção! Claro, como sempre, o onipresente estado do Maine, dos EUA, é o centro de todo o mal do mundo, mas ainda recomendo a leitura desse livro. © Dr_Alice_Woods / Twitter

Michel Faber, Pétala Escarlate, Flor Branca

O romance se passa em Londres, na época vitoriana. A protagonista tenta fugir da miséria. É uma narrativa viva e brilhante sobre pessoas, preconceitos, tabus e costumes, na Inglaterra do século XIX.

***

Um bom romancista no topo de sua habilidade pode guiar um leitor. É um trabalho que desperta muitas sensações. Você pode saborear, cheirar, ouvir, ver e sentir a cidade de Londres na década de 1870. Ao mesmo tempo, picante e sinistro. Escondi esse livro da minha mãe, mas o recomendo. © JahDuran / Twitter

John Verdon, Feche Bem Os Olhos

Em um lugar chique no meio de uma celebração de casamento, sob a vigilância de muitas câmeras, acontece um crime brutal. Um policial aposentado começa a investigação. É uma história de detetive fascinante, a segunda de uma série sobre o ex-policial David Gurney.

***

Feche bem os olhos é uma história de detetive para os amantes de tramas com psicopatas. Há uma ideia interessante no livro: tememos mais as especulações que as coisas explícitas. Devo concordar, pois me parece verdade. © AselSultan / Twitter

Dan Simmons, O Terror

O enredo do romance místico tem como base uma história real. Trata do fracasso de uma expedição da marinha britânica e dois de seus navios “Terror” e “Erebus”, à procura da cobiçada Passagem Noroeste, que liga os oceanos Atlântico e Pacífico, através do Círculo Polar Ártico, em 1845-1848.

***

Mal comecei a ler e já estou obcecada por esse livro. A expedição de Franklin tentou mapear a Passagem Noroeste, ficou presa no gelo e desapareceu. Imagine isso, e agora adicione um monstro. É incrível! © WalkinDude78 / Twitter

Abir Mukherjee, Um Homem em Ascensão

Um capitão de polícia que veio para a Índia da Grã-Bretanha, acompanhado de seu assistente, está investigando um crime misterioso. A história se passa em Calcutá, em 1919.

***

É uma prosa soberba, com personagens e diálogos incríveis, um protagonista imperfeito, ritmo impressionante. E há um mistério complexo e delicioso que me agrada mais: as chaves são apresentadas ao longo do desenvolvimento do enredo que te deixa resolver o enigma com o detetive! © William / Goodreads

Lucy Foley, A Lista de Convidados

Em uma ilha distante e sombria, os convidados se reúnem para celebrar o casamento de Will e Jules. Mas, à medida que a história se desenrola, revela-se que cada personagem tem algo a esconder.

***

Faz tempo que eu queria ler esse livro e ele não me decepcionou. A autora, uma espécie de Agatha Christie moderna, mas com camadas extras de intriga. É uma mistura de E Não Sobrou NenhumPequenas Grandes Mentiras. Um romance magistralmente escrito e cativante! © MrJack_ONeill / Twitter

Robert Galbraith (J. K. Rowling), Sangue Revolto

O detetive particular Cormoran Strike e sua assistente estão investigando o misterioso desaparecimento de uma médica, ocorrido há quase 40 anos. Eles pegam o caso a pedido da filha da mulher desaparecida que deseja saber o que aconteceu com sua mãe.

***

Por algumas semanas, li Sangue Revolto para o meu padrasto, gravemente doente. Ele e eu ficamos fascinados pela história. Ele também era apaixonado pela atriz da série que interpretou Robin! Caro autor, você nunca conheceu Graham, mas o fez feliz. Obrigado. © pen_ame / Twitter

Sandie Jones, Tudo pelo Amor Dele

Emily imediatamente percebe que Adam é o amor da sua vida. Mas há um obstáculo: sua mãe. Um poderoso thriller psicológico sobre o poder destrutivo do amor materno.

***

Em Tudo pelo amor dele, Sandie Jones criou um grande thriller psicológico. Todos já ouvimos as histórias de nossos amigos e parentes sobre as terríveis sogras, mas parece que essa pode superar todas as outras. © ohhelloitskari / Twitter

Quais os livros que você gostaria de ler nas suas férias? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar este artigo