Incrível
Incrível

11 Personagens que muitos atores recusaram a interpretar, mas acabaram se tornando icônicos

É muito comum na indústria cinematográfica os atores recusarem papéis que lhes são oferecidos por grandes estúdios ou diretores. E eles podem ter razões diferentes para isso, como estar muito ocupado trabalhando em um projeto diferente, cachê baixo, roteiro desinteressante. Contudo, às vezes, os atores se arrependem de suas decisões, porque os filmes acabaram se tornando icônicos. Will Smith, por exemplo, foi chamado para interpretar Neo em Matrix, mas decidiu não estrelar um filme de ação e fantasia. Enquanto Keanu Reeves se tornou um superastro e agora é grato a Will por ter negado o papel na época.

Nós, do Incrível.club, decidimos descobrir quais outros atores recusaram certos papéis que mais tarde se tornaram icônicos.

Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, 1991)

Christopher Lloyd, Patrick Stewart, Forest Whitaker, bem como outros atores conhecidos como Sean Connery, Dustin Hoffman, Robert Duvall, Jack Nicholson e Robert De Niro foram considerados para o papel do Dr. Hannibal Lecter. Mas todos eles, por vários motivos, foram removidos do projeto cinematográfico.

Sean Connery, por exemplo, chamou o roteiro de “repugnante” e recusou a oferta. E Robert De Niro pensou por muito tempo sobre estrelar ou não o filme. O diretor não esperou pela resposta de De Niro, já que Anthony Hopkins não hesitou em interpretar Hannibal, e acabou levando um Oscar.

Vale lembrar que Anthony recebeu muitos outros prêmios e indicações por sua incrível atuação, e Hannibal, interpretado pelo ator, foi reconhecido como o maior vilão do cinema.

Edward Lewis (Uma Linda Mulher, 1990)

East News, 20thCentFox / Courtesy Everett Collection / East News, Mary Evans / AF Archive / Graham Whitby Boot. / East News, © Pretty Woman / Touchstone Pictures and co-producers

Richard Gere desempenhou o papel do influente empresário Edward Lewis nessa comédia melodramática. Por sua atuação, o ator foi indicado ao Globo de Ouro na categoria Melhor Ator em filme de musical ou comédia. Mas o papel de Edward poderia ter ido para outra pessoa, como Sean Connery, Harrison Ford, Sylvester Stallone e John Travolta. Contudo, todos eles recusaram o personagem por diferentes razões.

Paul Sheldon (Louca Obsessão, 1990)

Nesse thriller vencedor do Oscar, baseado no romance de mesmo nome de Stephen King, o ator James Caan desempenhou o papel principal do escritor Paul Sheldon. Por essa atuação, ele foi indicado ao Saturn Award. Contudo, antes de ser finalmente confirmado para filmar, o papel de protagonista foi oferecido para Michael Douglas, Al Pacino, Mel Gibson, bem como Robert De Niro, Harrison Ford, Morgan Freeman, Denzel Washington e Bruce Willis. Mas todos recusaram. Curiosamente, Bruce Willis desempenhou esse papel na Broadway anos depois.

Walter White (Breaking Bad, 2008–2013)

BEHAR ANTHONY / SIPA / EAST NEWS, Warner Bros. / Courtesy Everett Collection / East News, © Breaking Bad / Sony Pictures Television and co-producers

Na série Breaking Bad, que mais tarde se tornou um clássico cult, um dos personagens principais é interpretado por Bryan Cranston. Ele foi escolhido pelo criador da série, Vince Gilligan, com base na experiência de trabalhar com ele em Arquivo X, onde Bryan estrelou um dos episódios. De acordo com Vince, Walter White deveria ser repulsivo e ao mesmo tempo simpático, e Bryan é o único ator que poderia interpretar um personagem assim.

Mas os produtores não gostaram dessa ideia e chamaram John Cusack e Matthew Broderick. Entretanto, quando ambos os atores recusaram, os chefes do estúdio concordaram em colocar Bryan no papel de Walter White.

General Zod (O Homem de Aço, 2013)

Briquet Nicolas / ABACA / EAST NEWS, picture alliance / dpa / EAST NEWS, © Man of Steel / Warner Bros. and co-producers

Michael Shannon, no filme de Zack Snyder, interpretou o principal vilão General Zod, que chegou do planeta Krypton para invadir e escravizar a Terra. Curiosamente, esse general poderia ter sido interpretado por Viggo Mortensen ou Daniel Day-Lewis em vez de Michael.

Duende Verde (Homem-Aranha, 2002)

Courtesy Everett Collection / East News, Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, Mary Evans / Allstar/Graham Whitby Boot. / East News, © Spider-Man / Columbia Pictures and co-producers

Nesse filme de super-herói, Willem Dafoe interpretou o cientista Norman Osborn, que mais tarde se transformou no Duende Verde, um vilão que tenta destruir o Homem-Aranha. Mas Mel Gibson, John Travolta, Robert De Niro e alguns outros atores, como John Malkovich, Nicolas Cage e Jim Carrey, também foram chamados para interpretar esse papel. Entretanto, todos se recusaram a participar do projeto cinematográfico.

O diretor Sam Raimi, depois de várias reuniões com Willem, finalmente se convenceu de que o ator era ideal para esse papel.

Capitão John Miller (O Resgate do Soldado Ryan, 1998)

East News, Mary Evans / AF Archive /Graham Whitby Boot. / East News, © Saving Private Ryan / Dreamworks Pictures and co-producers

Nesse drama de guerra, o capitão John Miller, que recebeu a ordem de encontrar Ryan e entregá-lo ao quartel-general, foi interpretado por Tom Hanks. Embora Mel Gibson e Harrison Ford tenham sido originalmente considerados para o papel, o diretor Steven Spielberg preferiu Tom Hanks.

Máximo (Gladiador, 2000)

O personagem principal desse filme histórico é Maximus Decimus Meridius, um sucessor hispano-romano que quer se vingar de Commodus. Russell Crowe interpretou o gladiador e fez isso de forma tão convincente que ganhou um Oscar e outros prêmios e indicações.

Mas tudo isso poderia não ter acontecido se Maximus tivesse sido interpretado por outro ator a quem foi oferecido esse papel, como Antonio Banderas, Hugh Jackman ou Mel Gibson. Esse último recusou, pois considerava-se velho demais para o papel do gladiador, já que na época tinha pouco mais de 40 anos.

Stuart Shepard (Por um Fio, 2002)

Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, Photo by John Barrett-PHOTOlink.net / East News, © Phone Booth / Fox 2000 Pictures and co-producers

Neste thriller psicológico dirigido por Joel Schumacher, o personagem principal, Stuart Shepard, um publicitário arrogante e desonesto, foi interpretado por Colin Farrell, mostrando uma atuação brilhante. Os críticos elogiaram seu desempenho, afirmando: “O ritmo acelerado e a atuação de Colin ajudam a deixar Por um Fio tão tenso que você rói as unhas”.

Mas esse papel foi oferecido primeiro a Mark Wahlberg, Nicolas Cage, Tom Cruise e alguns outros atores, como Will Smith, Mel Gibson e Jim Carrey. Todos o recusaram por diferentes motivos. Em particular, Carrey concordou, mas depois desistiu, ligou para o diretor à noite e recusou o personagem difícil. Já Mark Wahlberg escolheu estrelar O Planeta dos Macacos (2001).

Alonzo Harris (Dia de Treinamento, 2001)

Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, Courtesy Everett Collection / East News, © Training Day / Warner Bros. and co-producers

Nesse filme, um dos dois papéis principais, o do detetive corrupto Alonzo Harris, foi interpretado por Denzel Washington. O filme recebeu inúmeros prêmios e indicações, e o desempenho inimitável de Denzel lhe rendeu um Oscar de Melhor Ator.

Contudo, o papel de Alonzo foi originalmente oferecido a Gary Sinise, Tom Sizemore e Bruce Willis, e todos recusaram.

Deus (Todo Poderoso, 2003)

BIGPICTURESPHOTO.COM: 938 / GCC / EAST NEWS, Mary Evans / Allstar / Graham Whitby Boot. / East News, © Bruce Almighty / Spyglass Entertainment and co-producers

Como muitos lembram, nessa comédia sobre o jornalista Bruce Nolan, o papel de Deus foi interpretado por Morgan Freeman. E foi originalmente planejado que Jack Nicholson ou Robert De Niro atuariam em seu lugar, mas ambos optaram por não participar do filme.

Na sua opinião, algum desses filmes teria sido ainda melhor se os atores que receberam originalmente os papéis os aceitassem?

Imagem de capa Photo by John Barrett-PHOTOlink.net / East News, Phone Booth / Fox 2000 Pictures and co-producers
Incrível/Arte/11 Personagens que muitos atores recusaram a interpretar, mas acabaram se tornando icônicos
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos