Incrível
Incrível

11 Personagens cuja personalidade não foi totalmente representada nas telonas

Adaptar corretamente um livro para as telas não é uma tarefa nada fácil. E os fãs estão atentos a cada movimento dos roteiristas. Às vezes, a adaptação fica tão boa quanto a obra literária, mas, por outras, não. Os personagens têm traços específicos de caráter e personalidade descritos com clareza pelos escritores, que podem ser mudados drasticamente nos filmes. Pensando nisso, selecionamos alguns personagens de livros e pessoas reais que foram retratadas em filmes e seriados de uma maneira completamente diferente da sua biografia ou das obras originais.

Tarzan do filme de mesmo nome

Existem 24 livros na franquia de Tarzan. Eles contam a história da vida de um garoto que cresceu na selva. A obra foi uma das mais adaptadas em filmes e animações. Portanto, não é surpreendente que o personagem que conhecemos nos longas e desenhos animados tenha pouca semelhança com o herói das obras literárias.

Muitas versões apresentam Tarzan como membro de uma tribo, não como o rei da selva. E isso começou com a animação da Disney de 1999. No desenho, ele foi transformado em um personagem mais cômico, que ganha experiência e conhecimento através dos seus mentores. Nos livros, porém, Tarzan é um homem independente, que não precisa de conselhos, um verdadeiro rei.

Capitão Nemo de Vinte Mil Léguas Submarinas

Os livros de Júlio Verne descrevem a história de vida incrível do Capitão Nemo. Ele nasceu como um príncipe indiano, mas foi forçado a fugir e a se esconder. Nemo é um homem extremamente educado, inteligente e engenhoso. Às vezes cruel, mas generoso ao mesmo tempo.

No entanto, na maioria das adaptações cinematográficas de Hollywood, o capitão se transformou em um pirata mau, egoísta e faminto pelo poder.

Cleópatra do filme de mesmo nome

Do icônico filme de Hollywood à comédia sobre Asterix e Obelix, Cleópatra é retratada em todas as produções como uma mulher de incrível beleza. O público teve a impressão de que a rainha encantou os homens com sua aparência. Mas, na verdade, provavelmente a realidade não era bem assim.

Nas imagens que sobreviveram até hoje, Cleópatra parece uma mulher comum. Então, muito provavelmente, a rainha cativou os homens não com sua beleza, mas por sua inteligência.

O monstro de Frankenstein de A Noiva de Frankenstein

Ao contrário dos personagens do filme, o monstro Frankenstein do livro não é um monstro desajeitado que se move lentamente e não consegue pronunciar uma palavra. No romance, a criação do médico fala vários idiomas, faz acordos com ele e, em geral, tem um caráter mais profundo do que o que os filmes nos mostram.

Conan de Conan, o Bárbaro

Conan, o Bárbaro, tornou-se popular após o lançamento do filme com Schwarzenegger. Mais tarde, o herói foi interpretado ainda por Jason Momoa. No filme, Conan não demonstra ser muito inteligente. É mais provável que ele balance uma espada do que pense em fazer um plano. Porém, no romance originai escrito por Robert Howard, o personagem não é tão simples e estúpido. Na verdade, Conan era surpreendentemente culto e eloquente.

Forrest Gump do filme de mesmo nome

O filme Forrest Gump está classificado em 11º lugar na lista dos melhores filmes do IMDb. No entanto, poucas pessoas sabem que o longa é muito diferente do livro. No romance, Gump não é tão bem-humorado. Ele é uma pessoa insensível, que também xinga constantemente. E no romance, o personagem principal é surpreendentemente bom em matemática e física.

Dandelion (Jaskier) de The Witcher

A série The Witcher é considerada uma das melhores. E tudo graças ao fato de seus criadores seguirem estritamente o cânone e não se desviarem da fonte original — os livros de Andrzej Sapkowski. No entanto, na série, o personagem Dandelion é mostrado de forma um pouco diferente. Em primeiro lugar, a relação entre Geralt e Dandelion não é tão forte aqui. Dandelion é mais como um obstáculo para Geralt, embora sejam amigos íntimos nos romances.

Tanto nos livros quanto na série, Dandelion é um personagem amoroso e desajeitado. No entanto, o herói da obra literária é graduado e ocasionalmente leciona na universidade.

Hercule Poirot de Assassinato no Expresso do Oriente

É difícil recriar um personagem tão distinto e multifacetado como Hercule Poirot na tela. No filme Assassinato no Expresso do Oriente, de 2017, o protagonista tem uma história distorcida e angustiante. Ele parece cômico e arrogante. Como um herói, Poirot salva os outros personagens com uma bengala e uma arma. No livro, porém, o detetive preferia usar as palavras e não era tão legal assim.

Ron Weasley da saga Harry Potter

Os fãs da história acham que Rupert Grint interpretou Ron muito bem. O problema está no próprio roteiro. Ele omite componentes importantes do relacionamento entre os personagens principais, principalmente com Hermione. No livro, Ron é um personagem um tanto desajeitado, mas um homem corajoso. Muitas de suas qualidades positivas foram transferidas para Hermione pelos produtores.

Por exemplo, em Harry Potter e a Pedra Filosofal, Ron acalmou Hermione e a ajudou a descobrir como escapar do visgo do diabo. Em Prisioneiro de Azkaban, ele protege Harry e Hermione do potencialmente perigoso Sirius Black, embora ele próprio estivesse gravemente ferido naquele momento.

Peeta Mellark de Jogos Vorazes

Tanto nos livros quanto no cinema, Peeta é um homem muito bom. Foi graças à sua bondade e resistência que ele e Katniss chegaram à vitória. Porém, ficou parecendo para os espectadores que Peeta é simplesmente um parasita de Katniss, e ela literalmente o arrasta. Embora o herói não seja nada fraco, além de ser forte de espírito. Ele também não é tão simples quanto parece.

No romance, Katniss suspeitava de Peeta desde que seus nomes foram anunciados no Dia da Colheita. Ela achava que Peeta estava pronto para matá-la mesmo naquela época. O livro é escrito na primeira pessoa, enquanto no filme, por outro lado, os pensamentos da garota são ocultos para o público. É por isso que algumas de suas conclusões foram deixadas de fora.

Serena do filme de mesmo nome

Ao contrário do livro, no filme Serena é uma personagem encantadora. No romance de Ron Rash, ela é uma mulher fria e calculista. Ela assume o controle dos negócios de seu marido e monitora cada movimento dele. Na adaptação cinematográfica, entretanto, Serena é retratada como uma pessoa mais fraca, o que muda completamente a dinâmica da história.

Na sua opinião, quais adaptações cinematográficas de livros ou de biografias foram prejudicadas pelas mudanças na história e nos personagens pelos produtores? Conte para a gente na seção de comentários.

Incrível/Arte/11 Personagens cuja personalidade não foi totalmente representada nas telonas
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos