10 Tendências dos anos 2000 que levantam a questão: “Por que ousamos segui-las?”

A moda vem e vai, mas as memórias permanecem. Não faz muito tempo, era fashion quem usava roupas com uma quantidade inimaginável de lantejoulas, colocava piercings e cortava aquelas franjas incômodas. Acontece que grande parte das tendências da época parecem “cafonas” hoje, mas algum dia a moda de agora provavelmente também parecerá.

Nós, do Incrível.club, ficamos um pouco nostálgicos e decidimos lembrar as tendências seguidas por muitas há alguns anos, que hoje nos arrancam risadas.

Saias maxi em camadas

Essas saias eram usadas tanto em eventos quanto no dia a dia e costumavam ser combinadas com tudo: camisas, camisetas e tops. Também podiam ser encontradas em uma variedade de modelos diferentes. E às vezes o look com essa saia era complementado por um cinto de corrente.

Estilo boho

Saias em cores vibrantes que vão até o chão, túnicas, capas com estampas étnicas, acessórios enormes, franjas: tudo o que os adeptos do boho usavam nos anos 2000. Esse estilo é uma mistura das culturas cigana e hippie. E muitas pessoas gostavam bastante de se vestir assim.

Roupas esticáveis

Essas vestimentas sanfonadas e amarrotadas eram impressionantes. Afinal, quando comprimidas, pareciam roupa de boneca. Mas graças à sua grande capacidade em esticar, elas poderiam ser usadas por pessoas de diferentes tamanhos e idades.

Franjas incômodas

Muitas pessoas, nos anos 2000, provavelmente tentaram cortar suas franjas e depois esperaram impacientemente que voltassem a crescer. Beyoncé e Fergie também seguiram essa tendência (ou talvez foram elas que a criaram). Essas franjas, que geralmente cobriam os olhos, também eram usadas lateralmente ou repartidas ao meio.

Muito brilho e strass

Naquela época, “menos é mais” simplesmente não era uma frase com a qual as pessoas se familiarizavam. O brilho excessivo estava em tudo: joias, jeans, vestidos, blusas, saltos e até celulares. E, claro, o glamour acabava assim que as lantejoulas ou o strass caíam e sobrava apenas a cola no lugar.

Penteado pompadour

Uma semana após cortar a franja, e ela começar a crescer, muitas já queriam se livrar dela. Para estilizá-las e continuar na moda, algumas usavam o penteado pompadour (topete), às vezes deixando a franja bem alta e fixando-a com grampos ou presilhas.

Piercing nas unhas

No início dos anos 2000, o piercing e as unhas decoradas estavam em alta. Por isso as garotas decidiram combinar as duas tendências. Foi então que o piercing de unha virou uma moda que consistia em inserir uma argola metálica (com ou sem pedras decorativas) em um orifício na ponta da unha.

Bandanas

As fashionistas descobriram que podiam usar bandanas não apenas para praticar esportes. Naquela época, elas eram usadas ​​em versões completamente diferentes. Algumas preferiam faixas no estilo hippie, enquanto outras, no esportivo. E algumas simplesmente amarravam seus cabelos com elas.

Blusas de renda e cetim

Provavelmente, se perguntarem sobre essas roupas a um grupo de dez mulheres, cuja juventude se deu na década de 2000, oito delas responderão que usavam camisetas e blusas desse estilo. Na maioria das vezes, combinadas com shorts ou jeans.

Vestidos franzidos

Esses vestidos e blusas de diferentes cores e texturas estavam por toda parte. Parece que toda fashionista tinha um em seu guarda-roupa. Embora, claro, tivessem de usá-lo com cautela, pois as dobras podiam arruinar a silhueta com a mesma facilidade que enfatizavam as curvas. E essas peças geralmente deslizavam pelo corpo, por isso era preciso ficar sempre atenta.

Na sua opinião, alguma dessas peças merece uma segunda chance para voltar à moda? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar este artigo