Incrível
Incrível

10 Artistas que pela grande dedicação a seus papéis merecem ser aplaudidos de pé

As ambições de muitos atores e atrizes não se limitam aos altos cachês e ao cobiçado Oscar. Grande parte deles considera muito mais importante transmitir ao público a profundidade de um personagem, mostrando uma imagem plausível e digna na tela. Por isso, alguns artistas se preparam seriamente para as filmagens e acabam surpreendendo os espectadores com desempenhos realmente magníficos.

Nós, do Incrível.club, apoiamos toda dedicação e determinação dos atores e precisamos admitir que, graças à sua persistência, alguns deles efetivamente conseguem “entrar na pele” de seus personagens.

Julia Garner — Inventando Anna

Julia Garner teve apenas três semanas de preparação para o papel da glamourosa e misteriosa Anna Delvey. A verdadeira Anna morou em vários países, o que afetou muito a sua forma de falar e, nesse curto espaço de tempo, a atriz conseguiu desenvolver o sotaque específico da personagem.

Para corresponder à imagem de Anna, Julia usou uma prótese dentária durante as gravações. Foi a própria atriz que propôs essa ideia, e o diretor a aprovou. De fato, com a prótese, seu rosto ficou mais parecido com o da personagem.

Além disso, Julia conheceu a verdadeira Anna e comentou tê-la achado muito doce e bem-humorada.

Austin Butler — Elvis

Austin Butler, que desempenhou o papel principal no longa Elvis, estudou cuidadosamente os arquivos do famoso cantor. O ator lembra que assistiu ao maior número possível de vídeos de Elvis Presley, pois sentiu a grande responsabilidade para com o próprio Elvis, sua família e todos os seus fãs.

Um ano antes do início das filmagens, o ator começou a frequentar aulas de canto, pois queria que no filme sua voz se parecesse o máximo possível com a do “rei do rock and roll”.

Emilia Jones — No Ritmo do Coração

Emilia Jones assumiu um papel difícil: interpretou a única pessoa da família que consegue ouvir (os pais e o irmão mais velho são surdos). Para entrar no papel, a atriz passou nove meses aprendendo a língua de sinais.

De acordo com enredo, a personagem ajuda seus pais no negócio de pesca e também canta em um coral. Portanto, Emilia precisou aprender a pescar e a cantar.

Kirsten Dunst — Ataque dos Cães

É verdade que sua personagem, Rose, é coadjuvante na história, mas Kirsten Dunst se preparou com o mesmo afinco para as filmagens, como se fosse um papel protagonista. Para essa atuação, a atriz precisou aprender a tocar piano.

Por coincidência, o marido da atriz, Jesse Plemons, desempenhou um papel importante na produção, e o casal ensaiou algumas cenas por conta própria. Kirsten Dunst confessou tentar conversar o mínimo possível com as pessoas no set, às vezes ficava completamente muda, para que nada afetasse sua voz durante as gravações.

Gwendoline Christie — Game of Thrones

Para parecer ao máximo com sua personagem, Gwendoline Christie decidiu não contar apenas com suas características naturais (como sua altura). Antes mesmo do teste, a atriz começou a treinar arduamente e perdeu quase 10 kg.

Após ser aprovada para o papel, Gwendoline continuou a treinar e ganhou cerca de 6 kg de massa muscular.

Todavia, o mais difícil para a atriz foi ter que sacrificar seus cabelos. Em uma entrevista, revelou que quando cortaram seu cabelo, ela chorou por duas horas. Na vida real, Gwendoline é muito feminina: usa vestidos lindos, maquiagem e salto alto.

Liu Yifei — Mulan

O diretor do filme Mulan, Niki Caro, lembra que para o papel da protagonista os cineastas testaram cerca de 1.000 candidatas. A audição de Liu Yifei levou mais de duas horas e, em seguida, a atriz ainda passou uma hora e meia na academia, para um treinador verificar sua forma física.

Além disso, alguns meses antes do início das gravações, a atriz precisou treinar intensamente, assim como o elenco inteiro da produção. Liu Yifei contou que o treinamento levava seis ou sete horas por dia, todos os dias, e foi bem desafiador.

Michael C. Hall — Dexter

Ao se preparar para as filmagens de Dexter, Michael C. Hall fez algumas pesquisas sobre os criminosos, seus motivos e métodos. O ator admitiu que, além de estudar “a teoria”, nas ruas da cidade tentava seguir quem estivesse desacompanhado. Para compreender melhor o papel, Michael até imaginava que as pessoas possuíam as qualidades típicas das vítimas de seu personagem.

Emma Watson — Noé

No longa Noé, Emma Watson interpreta a esposa grávida do filho de Noé. A própria atriz nunca deu à luz, mas queria que no filme a gravidez e o parto parecessem naturais. Então, buscou informações relevantes de outras mulheres, de parteiras e assistiu a vários filmes e vídeos.

Emma pediu aos figurinistas que fizessem uma barriga falsa com o mesmo peso de uma verdadeira gravidez de gêmeos. No dia seguinte, a atriz reclamou à figurinista estar muito cansada, totalmente exausta com o figurino. Recebeu como resposta que a barriga falsa tinha o peso de apenas um bebê.

Zendaya — O Rei do Show

O diretor insistiu que a maioria das cenas do filme fossem gravadas sem dublês, e Zendaya precisou aprender ginástica circense. No entanto, a atriz admitiu que as acrobacias não foram nada fáceis.

Durante o treinamento, ela se acostumou com uma certa altura do trapézio e com a rede de proteção. Entretanto, no set não havia essa rede, usaram outra opção para a segurança, e o trapézio tinha uma altura diferente. A atriz se mostrou capaz de superar seus medos e fez o que era necessário.

Benedict Cumberbatch — Ataque dos Cães

Ao se preparar para retratar Phil Burbank, um dos fazendeiros de Montana, Benedict Cumberbatch foi diretamente para lá. Ele viveu em uma família de fazendeiros que o levou a uma viagem pelo estado e lhe ensinou as habilidades de cowboy. Por exemplo, o ator aprendeu a pastorear e marcar o gado, bem como a montar um cavalo corretamente. Benedict descreveu sua experiência como incrível.

Quais atores e atrizes na sua opinião realmente levam a preparação para o papel e a interpretação do personagem muito a sério? Conte para a gente nos comentários!

Incrível/Arte/10 Artistas que pela grande dedicação a seus papéis merecem ser aplaudidos de pé
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos