Você compartilha mais da metade do seu corpo com seres não humanos

há 7 meses

Pronto para um choque? Apenas cerca de 43% de você é realmente você. O resto são seus vizinhos amigáveis: criaturas microscópicas que o ajudam a funcionar corretamente. Elas vivem principalmente no seu intestino, mas também se espalham por outras partes do corpo e nunca o deixam. Ainda assim, embora suas próprias células sejam em menor número do que as microbianas, existem, em média, cerca de 100 trilhões delas em você!

Se você pegar todos os micróbios que vivem em seu corpo e contar seus genes, encontrará algo entre dois milhões e 20 milhões de genes e suas combinações.

Os tomates têm mais genes do que os humanos — bem, a parte que somos nós, é claro. Mas não se preocupe, porque não é o número de genes que importa, mas a complexidade de suas conexões.

Nosso cérebro é realmente muito grande — quase tão grande quanto uma fronha! É espremido e enrugado para caber em uma cabeça relativamente pequena. Se fosse possível espalhá-lo, você veria o quanto é inteligente na realidade!

Enquanto envelhecemos, o cérebro diminui gradualmente de tamanho. Aos 75 anos, é muito menor do que aos 30 e começa a encolher aos 40. Isso acontece em todos e não afeta a força mental de forma alguma.

Nosso cérebro pode armazenar apenas 7 bits na memória de curto prazo. Nem tente comparar seu cérebro com a capacidade de um telefone — nem mesmo o que você tinha em 2005. Um mero byte é 8 bits, é por isso que você não consegue nem decorar um número de telefone. Nossa memória de curto prazo funciona mais tipo um quadro-negro. Você pode manter algumas informações, mas mais cedo ou mais tarde ficará sem espaço.

A memória operacional é uma coisa essencial de que precisamos para realizar quase qualquer atividade cotidiana, incluindo conversas básicas, se deslocar pela cidade e até mesmo tentar copiar os movimentos de um vídeo de exercícios.

Nossas memórias mais fortes e emocionais geralmente são falsas. É assim que a memória central funciona: ela nos dá a confiança para acreditar que tudo que lembramos é real, mesmo que tenhamos certeza sobre poucos detalhes.

Seus ossos também se tornam mais frágeis com a idade, e sua coluna se comprime. É por isso que as pessoas mais velhas costumam diminuir um pouco de altura. Da mesma forma, você fica um pouco mais alto de manhã do que à noite porque a coluna vertebral descansa um pouco enquanto você dorme. Esse efeito é temporário, mas o que vem com a idade é, infelizmente, permanente.

Nosso tempo de vida é programado em nossas células. Elas se renovam e se dividem constantemente, mas têm uma espécie de cronômetro interno que para em algum ponto. Algumas células também param de se reproduzir mais cedo do que outras. Em média, as células param de se dividir quando atingimos a idade de 100 anos. Isso significa que se encontrássemos uma maneira de enganar nossas células e desligar esse cronômetro, poderíamos viver para sempre.

Entre os mamíferos, apenas os humanos podem andar sobre as duas patas traseiras e manter essa postura por toda a vida. Você pode dizer que os cangurus e os gorilas se movem da mesma maneira, mas os cangurus usam a cauda como uma terceira perna, e os gorilas usam a ajuda de seus braços longos para manter o equilíbrio.

A gordura corporal não é apenas um incômodo: ela atua como material de isolamento, reserva de energia e amortecedor. Seu corpo envia mais gordura para a região da cintura porque é onde estão seus órgãos internos. Se algo acontecer, essa camada de gordura também pode proteger seus sinais vitais de danos irreparáveis.

Seus ossos também participam do metabolismo. Uma vez que eles são constituídos principalmente de cálcio, se a quantidade deste elemento em seu sangue não for suficiente, os ossos começam a derramar cálcio na corrente sanguínea, equilibrando o metabolismo. E vice-versa: quando há muito cálcio no sangue, ele vai para os ossos para ser armazenado para mais tarde.

Seu crânio é constituído por 28 ossos diferentes, muitos dos quais são fundidos para proteger o cérebro. A mandíbula, ou maxilar inferior, é o único osso do crânio que é mantido preso à cabeça só por tecidos conjuntivos e músculos.

E o menor osso em todo o seu corpo está dentro da orelha. É chamado de estribo e não é maior que um grão de arroz.

O único osso com senso de humor em seu corpo está dentro do braço. É por isso que é chamado de úmero. Ok, eu inventei isso, vamos adiante.

Alguns dos músculos mais fortes de seu corpo não pertencem nem aos braços, nem às pernas — eles estão na sua cabeça! O masseter é o principal músculo responsável pela mastigação e precisa ser o mais forte para uma alimentação normal.

E você conhece aqueles músculos que permitem mover as orelhas? São os músculos temporais: eles ficam localizados acima de suas têmporas e também participam da mastigação.

Nós temos dois músculos REALMENTE rápidos — eles controlam o fechamento das pálpebras. Na verdade, são os músculos mais rápidos do nosso corpo. Os olhos são frágeis e precisam de proteção, por isso, quando o reflexo é acionado, esses músculos fecham os olhos em menos de um décimo de segundo.

Há muito tempo que se acredita que uma pessoa pode distinguir mais de 10.000 cheiros. Uma pesquisa recente mostrou que essa capacidade pode ser de mais de um trilhão de odores. Também nos lembramos deles melhor do que qualquer outra coisa, e os cheiros podem até evocar memórias distantes.

Reconhecemos apenas as cores azul, verde e vermelha. Todo o resto é uma combinação dessas três. É impossível calcular quantas dessas combinações o olho humano vê, porque cada pessoa tem pequenas diferenças de visão. Mas é cerca de um milhão de combinações em média.

Sentimos cerca de 80% do sabor de qualquer alimento graças ao nariz e à sua capacidade de reconhecer odores. Se você segurar o nariz enquanto come, não sentirá o gosto de quase nada. Tanto faz se estiver com uma barra de chocolate ou um peixe defumado na boca, não haverá nenhuma diferença.

Seu olfato desliga completamente enquanto você dorme. Seu cérebro simplesmente não registra nenhum cheiro nesse período. Então, se você adormecer e algo começar a feder na sua casa, você não será nem um pouco incomodado. Rex, seu mal-educado!

Seu nariz não apenas o ajuda a respirar e captar odores, como também “filtra” o ar para proteger a garganta e pulmões sensíveis. Se inalamos ar seco, o nariz o umedece, resfria e aquece, se necessário. Além disso, o nariz limpa a sujeira do ar.

Podemos digerir acidentalmente pequenos objetos, como itens de plástico, vidro, moedas e muitos outros pequenos objetos. Eles farão o seu caminho através do trato digestivo em 48 horas. E tem até um homem que conseguiu comer um avião inteiro! Foram necessários alguns anos, porém, pouco a pouco, ele terminou sua refeição de metal sem nenhum problema. Quando questionado se o avião ia ficar lá para sempre, o cara respondeu: “Não, só de passagem”. Sim, eu inventei isso também!

Falando em refeições, você se sente sonolento depois de um almoço ou jantar farto devido aos seus instintos básicos. Seu cérebro pensa — e com razão — que quando você come, está em segurança. E se você está seguro, pode deitar e descansar um pouco antes de voltar para o mundo tão cheio de perigos.

Cada pessoa tem seu cheiro único que não pode ser confundido com o de ninguém. Ainda assim, gêmeos idênticos, têm o mesmo cheiro!

Nosso cérebro percebe dar presentes como um ato mais positivo do que recebê-los. Os humanos são criaturas sociais, e é por isso que quando fazemos algo bom para os outros, nos sentimos bem. O cérebro nos dá uma recompensa por agirmos dessa forma, produzindo oxitocina — o hormônio da felicidade.

Nossos olhos são ferramentas poderosas — muito mais do que qualquer câmera inventada até hoje. Mas ainda assim, infelizmente, eles não podem ver o brilho que emana dos nossos corpos. Sim, somos bioluminescentes, assim como algumas criaturas do fundo do mar. A única diferença é que o nosso brilho é tão fraco que apenas equipamentos de captura muito sensíveis podem identificá-lo. Opa! O tempo acabou, tenho que brilhar!

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados