Um pai de cinco crianças foi criticado por sua escolha incomum em lidar com seus pequenos

Dicas
há 5 meses

Quando Jordan Driskell, pai de cinco crianças, publicou um vídeo em que levava seus filhos para passear em coleiras, os internautas tiveram o que falar. Algumas pessoas escreveram que é apenas inaceitável tratar crianças dessa forma. Mas o homem não se deixou abalar com as críticas. Seus pequenos não são anjinhos calmos, que ficam quietos no mesmo lugar sempre. Por isso, para não enlouquecer, ele e sua esposa encontraram uma solução nada convencional.

Jordan e sua esposa Briana estavam tentando ter filhos há dois anos antes de seus cinco quíntuplos finalmente chegarem ao mundo em 2017. Briana ainda se lembra desse período desafiador com alegria.

“Era como uma montanha-russa. Todos os meses começávamos com a esperança de que, desta vez, conseguiríamos, mas nos decepcionávamos novamente”, disse ela. Finalmente, após a quinta rodada de tratamentos de fertilidade, eles descobriram que Briana estava grávida.

A surpresa? Eles estavam esperando quíntuplos. “Tivemos um bebê para cada uma de nossas tentativas”, brincou a mãe.

Cuidar de cinco crianças agitadas não é fácil. Em um passeio, as três meninas e os dois meninos estavam sempre tentando escapar. E para os manter longe de problemas, Jordan encontrou uma solução inusitada: começou a levar sua caravana na coleira. Um dia, ele publicou um vídeo de uma dessas caminhadas em sua rede social. O vídeo rapidamente viralizou e recebeu muitos comentários causando bastante polêmica.

Alguns usuários criticaram essa medida criada por Jordan. Segundo alguns deles, assim é como se o pai estivesse tratando seus filhos como animais. “Você os encontrou no abrigo por acaso?”, escreveu um usuário.

“Eles não são cachorros, você só precisa ensiná-los a se comportar”, comentou outro. A maioria das pessoas contra achava que se tratava mais de abuso do que de educação. Partindo do ponto de vista delas, colocar crianças de cinco anos de idade em uma coleira é um pouco demais.

Outros usuários, pelo contrário, apoiaram Jordan e Briana, chamando-os de pais responsáveis e amorosos. “Esses são seus filhos. Quem se importa com o que as pessoas vão dizer. Vocês estão os protegendo”, escreveu uma internauta. “Não há vergonha em cuidar dos próprios filhos”, comentou outra.

De qualquer forma, Jordan não está muito preocupado com toda a repercussão on-line. E para seus críticos, ele sugere que, pelo menos uma vez na vida, tentem entrar na pele dele para lidar com cinco crianças pequenas agitadas e depois digam o que acharam. Afinal, se as coleiras não incomodam as crianças e os pais se sentem mais seguros assim, por que não as usar?

A propósito, aqui estão mais alguns truques de pais experientes que sabem muito bem como acalmar seus filhos.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados