“Um dia, ficaremos noivos”, a história de amor entre Lionel Messi e Antonela Rocuzzo prova que é possível amar uma só pessoa pela vida inteira

Relacionamento
há 11 meses

Em certos casos, uniões entre celebridades não resistem ao passar do tempo nem à fama. Algumas chegam ao fim pouco tempo depois do início, resultando até em escândalos, litígios e acusações mútuas. Porém, determinados casais estão por aí quebrando esse círculo vicioso.

Estamos falando de celebridades que mostram pelo próprio exemplo como o amor puro e eterno realmente é. Um desses casos envolve os protagonistas deste artigo: o grande astro do futebol mundial Lionel Messi e sua esposa, Antonela Roccuzzo. Eles parecem destinados um ao outro, mantendo um casamento que continua florescendo ao longo do tempo.

Tudo começou ainda na infância

Quando Lionel Messi era só um garotinho, sonhava em tornar-se jogador de futebol. Porém, um sonho maior ainda não era tão comentado em suas entrevistas. Certo dia, ele sentou-se à mesa em seu quarto, pegou uma caneta e um pedaço de papel e começou a escrever: “Antonela.”

Na pequena carta, o então garoto enviou para a menina uma única frase: “Um dia, ficaremos noivos”. E assim começava uma história de amor que poderia muito bem inspirar um filme.

Lionel Messi nasceu em 1987 na cidade de Rosário, Argentina. Antonela Rocuzzo, uma menina adorável e amor da vida de Messi, nasceu um ano depois, em 1988. Aquele amor de infância surgiria na casa de um amigo do jogador, chamado Lucas Scaglia.

Quando os dois se viram pela primeira vez, Messi estava jogando videogame na casa de Scaglia. Rocuzzo também estava lá. Ela se aproximou e perguntou se os meninos precisavam de algo. O jovem Messi ficou tímido demais para responder qualquer coisa.

Na época, o futuro astro tinha 9 anos, enquanto Rocuzzo estava com 8. Desde aquele dia, o menino não conseguiu mais tirar os olhos da garota. Uma amizade entre ambos não demorou a surgir, mas na época Messi já sabia que queria passar o resto de sua vida com ela.

O amor entre os dois superou vários obstáculos

Mas quando Messi fez 11 anos, o Barcelona entrou em sua vida como um furacão. Ele se mudou para a Espanha em 2000, e os dois apaixonados foram afastados pelas surpresas do destino. Apesar de a relação entre eles ter permanecido sólida por um tempo, aquele era o início de uma verdadeira separação.

Eles deram duro para conseguirem se manter em contato, mas naquele tempo não havia tantas plataformas e ferramentas para a troca de mensagens, então a comunicação entre os pombinhos não era assim tão fácil. Gradualmente, eles foram se distanciando, conversando com uma frequência cada vez menor.

Parecia que aquele amor se resumiria a uma bela lembrança do passado, mas uma tragédia repentina acabou reunindo os dois. Em 2005, uma grande amiga de Rocuzzo morreu em um acidente de trânsito. A jovem tinha apenas 17 anos na época, e ficou absolutamente devastada. Ela passou vários dias sem ir à escola, caindo em depressão por conta de sua perda. Messi ficou sabendo da triste notícia e, imediatamente, viajou rumo à Argentina para ficar ao lado de Rocuzzo.

Foi quando o relacionamento ganhou uma segunda chance. Messi e Rocuzzo passaram a reviver todo aquele intenso sentimento que um nutria pelo outro, mas preferiram não tornar a união pública. Ao menos não naquele momento.

Aquele reencontro abriu caminho para uma relação duradoura

Messi falou pela primeira vez sobre o relacionamento em uma entrevista concedida em janeiro de 2009. Ele e Roccuzzo têm hoje três filhos: Thiago, Mateo e Ciro. Para comemorar a primeira gravidez da esposa, Messi colocou a bola embaixo da camisa após marcar um gol durante a vitória de 4 a 0 da Argentina sobre o Equador, em partida realizada no dia 2 de junho de 2012.

Em 30 de junho de 2017, o jogador casou-se com o amor de sua vida em um luxuoso hotel chamado Hotel City Center, em Rosário. Já em outubro de 2017, Rocuzzo anunciou que o casal esperava seu terceiro filho.

A história de amor entre Messi e Rocuzzo tem ares de conto de fadas. Os dois passaram a maior parte de suas vidas lado a lado e apaixonados, saindo cada vez mais fortalecidos dos episódios difíceis e trágicos.

Hoje, quando Messi passa por dificuldades, sabemos que Rocuzzo estará sempre junto a ele, oferecendo o apoio necessário para que o marido possa vencer obstáculos e realizar grandes feitos.

Você acha que a história entre Messi e Rocuzzo serve como uma meta para relacionamentos? Entre outros casais famosos, quais seguirão juntos para sempre, em sua opinião?

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados