Se o cabo do carregador ficou verde, jogue-o fora o mais rápido possível

Dicas
há 6 meses

Esta pode chocar os fãs de iPhone: (Ah, não! Calma, vai ficar tudo bem.). Vá em ajustes, privacidade, serviços de localização, role para baixo, clique em serviços do sistema e escolha locais importantes. Seu telefone sabe não apenas onde você mora, mas também onde você trabalha, onde fica seu supermercado favorito e outros lugares que você visita com frequência. Se isso faz você se sentir desconfortável, basta desativar.

Multitarefas não esgotam sua bateria, desde que os aplicativos em segundo plano não estejam funcionando, como rastreamento de localização ou qualquer tocador de música. Portanto, se você não quiser fechar os aplicativos em espera por algum motivo, não há problema em deixá-los lá. Os dados armazenados na cache consomem uma enorme quantidade de espaço precioso, e comprar espaço extra na nuvem não é a única maneira de recuperar um pouco. Sempre que você perceber que está sem memória e não tem literalmente nada para excluir, verifique todos os seus aplicativos de mensagens. Mesmo se você excluir a foto do rolo da câmera, ela ainda ficará armazenada na cache. Vá nas configurações do seu messenger e exclua todos os arquivos da cache.

Há um sinal claro de que seu carregador está com defeito: quando você percebe que ele leva mais tempo para carregar seu telefone do que antes. Ele poderia ter sido carregado em uma hora e meia, e agora leva mais de 3 horas para fazer isso. Esse é um sinal de que você precisa substituir o carregador. Se perceber que o cabo do telefone ficou verde, jogue-o fora e substitua-o por um novo. O fio dentro do cabo é feito de cobre, e esse metal fica verde quando corrói — assim como algumas estátuas feitas desse material. Se o fio estiver enferrujado, o carregador não é mais seguro para uso, pois perde suas propriedades condutoras e pode até causar um incêndio. Portanto, sempre que você vir um tom esverdeado no cabo que geralmente foi branco, jogue-o fora sem hesitar. Isso não acontece com tanta frequência, mas, se você mora em um ambiente úmido ou empoeirado, um dia você pode ver ferrugem nas extremidades das conexões. A ferrugem geralmente não pode ser limpa e, mesmo que você consiga se livrar dela, ela pode quebrar os pinos delicados do cabo do carregador. Portanto, provavelmente o melhor é substituí-lo imediatamente.

As entradas para carregamento ficam soltas com o tempo. Quando isso acontece, você começa a segurar o telefone em um ângulo específico para carregá-lo. Tome uma providência assim que perceber isso: peça a um especialista para consertar essa entrada ou substitua o carregador. Se o telefone não carregar, não é necessariamente culpa do carregador — o problema pode estar no adaptador. As entradas USB nos adaptadores podem se soltar com o tempo; portanto, se você tiver certeza de que o cabo está bom, verifique o adaptador. Além disso, às vezes o problema pode ser a bateria. Os adaptadores até parecem estar bem, mesmo com os cabos, mas o telefone simplesmente não carrega. Verifique a entrada para carregar: às vezes esse espaço junta fiapos, o que resulta em problemas no carregamento. Você pode facilmente limpar com um palito de dente. Não use agulha ou qualquer outro objeto de metal, pois você pode danificá-la.

Seu telefone pode funcionar mal não só por problemas de bateria. Dados desnecessários o tornam mais lento, então reinicie seu telefone uma vez por semana. Não sobrecarregue seu aparelho. Muitas fotos ou documentos também não o deixam funcionar mais rápido. Se você armazenar todas as informações importantes em uma nuvem, também terá acesso a partir de qualquer dispositivo.

Uma explicação simples de por que 1% pode durar muito tempo é que o telefone subestimou a capacidade atual da bateria. Então, quando chega ao que acha que seria quase o fim, mostrando 1%, descobre que a bateria tem mais capacidade sobrando do que o estimado. É também um pouco de psicologia: quando você vê que seu telefone está prestes a desligar, isso te motiva a conectá-lo o mais rápido possível. A propósito, as baterias do modem não podem ser totalmente carregadas ou esgotadas.

Os últimos 20% de uma bateria demoram mais para carregar do que o resto, porque os modelos de íons de lítio têm um perfil de carregamento um pouco complexo. Quando a bateria está fraca, o carregador fornece uma corrente fixa — geralmente, a corrente de pico que a combinação carregador/bateria pode suportar. À medida que a tensão aumenta, o carregador muda para um perfil de tensão constante, e a tensão é fornecida a 4,3 V ou mais. A corrente é inteiramente baseada no que a bateria vai consumir.

Dormir com o celular embaixo do travesseiro não é uma ideia muito saudável. Telefones celulares, tablets e outras formas de tecnologia portátil liberam ondas eletromagnéticas causadas por raios X, assim como as micro-ondas, o que pode levar a sérios problemas de saúde. Mesmo que o crânio de uma pessoa adulta seja bastante grosso (como o meu) e proteja bem o cérebro, é melhor ficar em segurança e colocar o telefone na mesa de cabeceira.

Se você acidentalmente quebrou a tela do telefone, substitua-a por uma nova o mais rápido possível. Sim, pode não parecer um problema, já que o touch ainda funciona, mas gordura e poeira passarão pelas rachaduras. Isso pode eventualmente danificar a tela, então ajuste isso depressa!

A pele do rosto é sensível e seu telefone é quase sete vezes mais sujo do que o assento do vaso sanitário. Falar ao telefone é como esfregar um assento de vaso sanitário na bochecha — eca! Portanto, não pressione o telefone contra o seu rosto. Você não quer germes, não é? E... lave as mãos com mais frequência.

A luz azul, o brilho e até o tamanho da fonte podem ser a razão pela qual você tem uma noite de sono ruim, especialmente se gosta de navegar na internet do celular até adormecer. Vá em configurações e ative o filtro de luz azul. Ele é chamado de “Night Shift” nos iPhones, e também existem aplicativos de filtro de luz azul para os Androids. Além disso, ajuste o brilho e o tamanho da fonte.

Cuidado ao usar o telefone na praia! Não o deixe exposto ao sol na sua toalha de praia — embora não precise de protetor solar e não tenha como se queimar, ele ainda pode ser muito danificado pelos raios escaldantes. As baterias de lítio são como seres humanos: sua faixa de temperatura operacional é de 15 °C a 35 °C. Não carregue seu smartphone em temperaturas acima de 35 °C, pois isso pode causar danos à bateria. Além disso, é ruim carregá-lo com a capinha — sabemos que os celulares não gostam do calor. O calor fica preso no interior dela e pode danificar a bateria. E nunca tente resfriá-lo no freezer, pois as baterias de lítio também não resistem ao frio. Cara, elas são muito exigentes!

Ainda assim, lembre-se de que um pouco de calor durante o carregamento do telefone é normal. O carregador usa um transformador para converter a tensão de corrente alternada de uma tomada de parede para a tensão de corrente contínua, necessária para carregar a bateria. Nenhum processo seria cem por cento eficiente, então alguma quantidade de eletricidade é liberada como calor. O calor excessivo e especialmente a descoloração são sinais de que os circuitos do carregador estão começando a falhar. Isso pode resultar em choque elétrico ao desconectar o dispositivo. (bzzt, Aiii!)

Os bolsos são um dos piores lugares para guardar o telefone. Você pode perdê-lo, sentar acidentalmente nele e quebrar a tela ou, o que é muito pior, pegar radiação. Um telefone tem uma gama completa de sinais que não são bons para nossa saúde: dados móveis, Bluetooth, Wi-Fi e NFC estão na lista. A propósito, não use Wi-Fi público se não quiser vazar seus dados pessoais.

Algumas pessoas gostam de desbloquear seus telefones para acessar mais lojas de aplicativos, não apenas as oficiais. Bem, antes de fazer isso, lembre-se de que esse procedimento elimina literalmente a proteção que o fabricante instalou no telefone. Além disso, lojas de aplicativos e aplicativos não oficiais podem levar ao vazamento de dados. (Se ocorrer vazamento, seu telefone pode precisar de fraldas. Haha, é brincadeira!)

Uma coisa que você provavelmente nunca vai deixar em casa quando sair é um carregador portátil. Eles são muito mais seguros do que qualquer local público. Certifique-se de que a amperagem esteja correta — a maioria dos smartphones modernos carrega em 2,1 A e a maioria dos carregadores portáteis tem uma faixa de 2,1 a 2,4 A, o que é totalmente aceitável. Verifique se o telefone não se aquece muito durante o carregamento — quanto mais quente a bateria, menos eficaz será o carregamento.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados