A pausa de Bryan Cranston: o que levou o ator de Breaking Bad a se afastar das telas

Famosos
há 9 meses

Você já se imaginou sem ver Bryan Cranston nas telas? Pois é, isso pode acontecer em breve. O ator, que foi o protagonista da série Breaking Bad e já brilhou em diversos trabalhos no cinema e na TV, revelou seus planos de fazer uma pausa na carreira. Mas não se preocupe, ele não vai abandonar a atuação de vez. Neste artigo, exploramos os motivos dessa decisão e relembrar alguns dos seus papéis mais memoráveis.

O renomado ator Bryan Cranston, com mais de 65 anos, foi assunto em diversos portais de notícias após uma entrevista que ele concedeu à GQ. Nessa conversa, ele deu a entender que se aposentaria da atuação e a notícia viralizou. Com isso, o próprio ator se viu na obrigação de explicar os rumores em sua conta no Instagram. Ele postou um carrossel de fotos com a sua esposa no tapete vermelho e um texto esclarecedor.

“Olá a todos, espero que esta pequena mensagem os encontre bem”, ele começa. “Algumas notícias saíram que não estavam totalmente claras, nem para mim. Então, eu queria esclarecer as coisas. Eu não estou me aposentando”. Bryan prossegue a sua mensagem explicando que ele planeja, na verdade, dar uma pausa na carreira em 2026, quando completará 70 anos. “Caramba, 70!”, ele mesmo se admira do marco que está prestes a atingir.

Contudo, mesmo sem saber direito o que essa pausa quer dizer, Bryan tem certeza de uma coisa: ele quer dedicar mais tempo a Robin Dearden, com quem é casado há mais de 30 anos. Para o ator, com essa pausa, eles poderão aproveitar o casamento: “de uma forma que eu não pude nos últimos 25 anos, não como um casal de celebridades, mas como um casal amoroso (bem, vamos ser honestos) entrando em nossos últimos anos, com novas esperanças, metas e experiências”.

Quem é Robin Dearden, a quem Bryan Cranston quer dedicar sua pausa na carreira?

Bryan Cranston é uma celebridade de primeira linha, mas não costuma falar da sua vida pessoal. É por isso que muitos não sabem sobre a sua união com Robin Dearden ou, mesmo, que ela não é a sua primeira esposa. No fim da década de 1970, ele ficou cinco anos casado com Mickey Middleton, uma escritora de 23 anos. Ela casou-se novamente apenas seis meses depois, mas Bryan demorou um pouco mais para encontrar a sua tampa.

Robin Dearden também é uma talentosa atriz, famosa por séries como Magnum, Wooly BoysLast Chance. Ela até fez uma participação em Breaking Bad, quando já era casada com Bryan. Aliás, foi quando ambos fizeram uma participação especial na série oitentista Águia de Fogo que eles se conheceram. Bryan interpretou o vilão e, em uma das cenas, rendia a personagem de Robin, que estava de férias com as amigas da faculdade.

Assim que a cena acabou, eles começaram a flertar. No entanto, ambos estavam comprometidos, então cada um foi para o seu lado quando o dia acabou. Somente um ano depois é que se reencontraram para continuar de onde haviam parado. Tempos depois, Bryan foi super criativo no pedido de casamento, ao esconder a aliança em um lugar que a noiva nunca encontraria: o dedinho do seu pé! Robin considerou o pedido muito romântico, mesmo que ela precisasse pegar a aliança, porque Bryan não alcançava.

O segundo motivo que motivou Bryan Cranston a planejar uma pausa na carreira

Além de se dedicar mais à esposa, Bryan também planeja pausar seus trabalhos para fazer uma espécie de reinício da sua carreira. Conforme o ator, os papéis que ele tem conseguido nos últimos anos foram sonhos se tornando realidade. “Eu não poderia estar mais grato e agradecido por essas oportunidades”, disse ele na postagem de esclarecimento que fez em seu Instagram.

“Dito isso”, Bryan continuou, “sinto que estou começando a ficar sem ideias novas em como interpretar os personagens que me são oferecidos”. O artista completa dizendo que utilizará esse tempo para experimentar uma vida mais ampla e espera que isso renove a sua alma para, quando voltar, poder interpretar seus papéis com mais autenticidade.

Mas Bryan alerta que a sua pausa na carreira é pra valer! Nada de trabalho, nem mesmo contato com o mundo do cinema. “Eu vou me desconectar das redes sociais, sair da roda-viva dos negócios e mergulhar nos romances clássicos que eu sempre prometi a mim mesmo que leria, mas não li.” Parece que vamos mesmo ficar sem ouvir falar dele por um tempo!

Relembre os principais trabalhos de Brian Cranston nos últimos anos

Bryan Cranston teve uma carreira tão diversificada que muitos nem imaginam a quantidade de papéis que ele fez. Por exemplo, você sabia que ele dublou alguns monstros na série Power Rangers de 1993? Ele também foi o Zod, mentor dos heróis, no remake de 2017. “Eu tive uma jornada incrível por mais de duas décadas, interpretando personagens na TV, no cinema e no palco que eu só podia sonhar”, como ele mesmo disse. Que tal relembrar alguns desses importantes papéis?

  • Malcolm (2000 a 2006): nessa série, ele interpretava Hal, o pai do protagonista Malcolm. Bryan permaneceu no elenco até o final da série e chegou a dirigir alguns episódios. Pela sua atuação, foi indicado ao Emmy três vezes.
  • How I Met Your Mother (2006): Bryan fez uma participação como Hammond Druthers, patrão do protagonista Ted Mosby. Para quem só conhece os papéis dramáticos dele, é interessante ver como ele se sai na comédia. Ele aparece na segunda temporada, episódios 6 e 13, e na nona temporada, episódio 9.
  • Pequena Miss Sunshine (2006): sua participação no filme como o investidor Stan Grossman foi curta, mas feita com tanto carisma que conquistou o público. Vale a pena rever!
  • Breaking Bad (2008 a 2013): Bryan viveu o químico Walter White nessa série e e também em Better Call Saul (2022) e no filme El Camino: Um Filme de Breaking Bad (2019). Este provavelmente seja o seu papel mais importante, já que o levou a ser amplamente reconhecido. Apenas por Breaking Bad, ele foi indicado ao Emmy de Melhor Ator seis vezes, das quais ganhou três.
  • Batman: Ano Um (2011): esta é uma animação que conta o início da carreira do Batman na cidade de Gotham. Bryan faz a voz do famoso comissário Gordon, lutando contra a corrupção na polícia. Foi um excelente trabalho e ele até que é parecido com o personagem.
  • Drive (2011): nesse filme de ação, Cranston interpreta Shannon, proprietário de uma concessionária que consegue trabalhos para o personagem de Ryan Gosling, o personagem principal.
  • Kung Fu Panda 3 (2016): na animação da Dreamworks, Bryan fez a voz do panda Li Shan, o pai biológico de Po. No filme, Li recebe um sinal do universo de que seu filho estava vivo e parte em sua busca. Quando se encontram, pai e filho têm uma conexão imediata, deixando o Sr. Ping, pai adotivo de Po, enciumado.
  • Trumbo — Lista Negra (2015): outro dos papéis decisivos na carreira do Bryan, onde ele interpreta o personagem principal. O filme conta a história do roteirista Dalton Trumbo e é baseado em uma história real. O ator foi indicado ao Oscar e vários outros prêmios por essa atuação.
  • Ilha dos Cachorros (2018): mais um excelente trabalho como dublador, Bryan dá voz ao cachorro de rua Chief, que ajuda um garoto a encontrar o seu cãozinho. Essa animação em stop motion foi dirigida pelo Wes Anderson, de O Grande Hotel Budapeste.

Esses foram apenas alguns dos trabalhos de Bryan. No IMDb, já estão registrados mais de 150 créditos como ator, além de dezenas de outros como diretor, produtor, roteirista e até trilhas sonoras. Realmente, o homem trabalha muito e merece essa folga, assim como a Robin.

O que o Brian Cranston vai fazer até começar a sua pausa na carreira, em 2026?

Apesar de prometer uma pausa em 2026, Bryan Cranston não está fazendo corpo mole. Até lá, ele ainda será visto no cinema em mais um filme de Wes Anderson, Asteroid City. Além disso, ele menciona em seu Instagram ter outros filmes para lançar, algumas histórias para TV que ele está escrevendo e a sua volta aos palcos da Broadway. O artista diz saber que teve sorte, mas que não garante ser assim para sempre, por isso tem que trabalhar.

Ao final da postagem, Bryan agradeceu pelo tempo das pessoas e escreveu, já em clima de adiantadas despedidas: “Eu sou abençoado, cara, eu sei disso. Eu desejo tudo de bom a todos vocês... e nos vemos por aí. Com amor, Bryan”.

Só nos resta curtir os novos trabalhos do ator, rever os antigos e torcer para que ele volte com talento redobrado. Ao menos ele pôde planejar a sua pausa para aproveitar bem o tempo que terá, diferentemente de outro ator, Rick Moranis, que se afastou das telas no auge da carreira após um trágico evento.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados