8 Formas de igualar as finanças entre homens e mulheres em um relacionamento, segundo especialistas

Dicas
há 6 meses

À medida que as noções tradicionais de gênero continuam a evoluir, a busca pela igualdade financeira nos relacionamentos ganha destaque. Por isso, é interessante analisar as percepções de especialistas sobre diversas estratégias que podem ser adotadas para nivelar as finanças entre homens e mulheres. Ao explorar abordagens práticas, explicamos como casais podem trabalhar juntos para alcançar uma distribuição financeira mais justa e fortalecer os alicerces de uma relação moderna. Confira!

1. Superem o medo de falar sobre dinheiro

Se você ou seu parceiro tem dificuldades para falar sobre dinheiro e finanças, tente abordar o tema aos poucos para conseguir estabelecer o que cada um espera desse aspecto da relação. Exponha o que dinheiro significa para você, depois descubra o que ele significa para seu parceiro e, juntos, estabeleçam algumas metas para o futuro. Saber o que vocês querem construir no futuro é imprescindível para a divisão das contas no presente.

2. Dividam as contas pela metade

A maneira mais fácil de separar as responsabilidades financeiras é dividindo todas as contas pela metade, ou seja, cada parceiro é responsável por quantias iguais de dinheiro na hora dos pagamentos. Nesse caso, pode ser útil criar uma conta conjunta, mas não é uma necessidade. Embora dividir tudo 50/50 seja simples, só é realmente uma boa ideia se vocês ganharem quantias semelhantes. No entanto, se seus salários forem consideravelmente diferentes, talvez outra abordagem seja mais produtiva.

3. Dividam de acordo com os salários de cada um

Uma forma mais justa de dividir os gastos caso os salários sejam muito diferentes é levando em conta quem pode ajudar mais e quem deve contribuir um pouco menos. Dessa forma, cada um pode desembolsar quantias mais razoáveis, que cabem em seus respectivos orçamentos sem causar mais dívidas. Uma boa saída é dividir em 60% — 40%, por exemplo, e, se necessário, ir adaptando aos poucos para o que ficar melhor para cada um.

4. Dividam segundo as necessidades do dia a dia

Para casais que não acham uma boa ideia se manterem presos a porcentagens na hora de dividir as contas, uma solução pode ser dividir de acordo com os gastos da rotina do casal. Por exemplo, uma pessoa pode ficar responsável por arcar com a feira mensal, enquanto outra é encarregada de pagar pelos gastos das saídas e atividades de lazer. De qualquer forma, também é importante considerar o salário de cada um antes de optar por essa divisão.

5. Fiquem igualmente cientes sobre as despesas

Em relacionamentos nos quais uma pessoa ganha mais e paga mais contas, é possível que ela seja a que está mais ciente do quanto está sendo gasto e da situação financeira da dupla no geral. Isso pode acabar deixando-a sobrecarregada. Por isso, é importante que ambos saibam tudo sobre as suas despesas. Uma boa saída é fazer uma “reunião” na hora de pagar as contas mensais, para que ambos avaliem os gastos e estejam por dentro de tudo que está sendo feito.

6. Façam uma planilha mensal para catalogar os gastos

Pode parecer um clichê, mas é fato: quanto mais organizados vocês forem, mais fácil será para fazer as divisões mensais, e todo o processo de pagar as contas será muito menos estressante. É bom escrever em uma planilha ou em uma lista os nomes das despesas, os custos, quando são pagas, como são pagas, e mais informações que sejam relevantes para o casal.

7. Não se esqueçam de guardar dinheiro para objetivos futuros

Vocês podem ter interesses completamente diferentes, mas alguns objetivos econômicos precisam ser alcançados juntos. Por isso, é necessário decidir o que querem para o futuro, para qual objetivo estarão economizando. Definam metas de curto e longo prazo. Uma meta de curto prazo pode ser uma viagem no ano seguinte, enquanto uma de longo prazo pode ser uma poupança para os filhos. Os parceiros devem conhecer os planos de cada um e concordar com eles. Afinal, caso ambos estejam economizando para os mesmos propósitos, vocês alcançarão seus objetivos muito mais rápido.

8. Não deixem a espontaneidade de lado

Aplicar a divisão percentual na vida a dois pode funcionar para as contas domésticas e, ao mesmo tempo, causar dor de cabeça na hora de dividir a conta em um restaurante. Uma das partes mais divertidas de um relacionamento é poder fazer surpresas ou se sentir livre para gastar com seu parceiro quando bem entender. Por isso, não deixe regras estritas ditarem completamente sua relação, ou ela pode acabar se tornando apenas uma parceria de negócios.

Quem está em um relacionamento duradouro sabe que o companheirismo é imprescindível em todos os momentos. Por isso, algumas pessoas acabam encontrando um grande amor em amizades de longa data, e com os famosos não é diferente.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados