18 ’Sortudos’ encontraram ingredientes nada especiais em seus pratos

Histórias
há 4 meses

Quando vamos a um restaurante, é comum nos prepararmos para a ocasião. Ainda mais se for um lugar sofisticado. Vestimos as roupas certas, colocamos perfume e nos preparamos para ter uma noite agradável. Mas pode acontecer de, em um piscar de olhos, esse belo momento se transformar em um verdadeiro horror. Aqui estão algumas situações incômodas e um tanto nojentas que nossos leitores vivenciaram quando saíram para comer.

  • Fui a um restaurante, comecei a comer minha salada de alface e, oh, surpresa! Em uma folha tinha um pequeno verme balançando suas anteninhas. Era um caracol sem concha, quase desmaiei. Morro de medo de todos os vermes. Conclusão: acho que não desinfetaram as verduras. Minerva Cruz Rosas / Facebook
  • Eu trabalhava em um hotel e às vezes precisava dar plantão como gerente (quando todos os gerentes do setor iam para casa). Uma de minhas funções era garantir que tudo estivesse em ordem no refeitório do hotel. Certa noite, alguns comensais reclamaram que haviam encontrado vestígios de vidro em uma porção de pêssegos em calda, o que achei estranho e grave. Fui me servir e também encontrei vestígios do vidro. Pedi que retirassem todo o pêssego e fui até a cozinha para tentar descobrir o que havia acontecido. Logo percebi onde estava o problema: a pessoa encarregada de reabastecer os pêssegos queria fazer isso o mais rápido possível, então abriu as latas e jogou os pêssegos descuidadamente na tigela. Mas fez isso de forma tão violenta que bateu na borda do recipiente, que era de vidro, estilhaçando o pote e fazendo com que eles caíssem na vasilha com os pêssegos. Obviamente, troquei de funcionário e, por segurança, substituí os recipientes de vidro por outros de alumínio. Pedro Kofmansky / Facebook
  • Fui comer em um restaurante e pedi ravióli. Um deles estava duro. Ao abri-lo, vi que tinha uma barata no meio. Rodolfo Melgarejo / Facebook
  • Certa vez, fui tomar café da manhã em um restaurante e o copo de suco estava sujo de impressões digitais. Falei para a garçonete e ela disse: «Vou trocá-lo agora mesmo». Ela trouxe o mesmo copo, pois dava para ver que tinha tentado limpá-lo. Além disso, meu marido recebeu uma faca enferrujada, ele reclamou à garçonete e ela respondeu: «É assim mesmo». É claro que nos levantamos, não pagamos nada e nunca mais voltamos a restaurantes dessa franquia. Sandra Franco / Facebook
  • Pedi uma salada e achei um chiclete mascado nela. Falei discretamente ao garçom o que havia encontrado, para que meu marido e meu filho não ouvissem, e o garçom riu e respondeu: «Pelo menos eles a ajudaram a mascá-lo». Meu marido e meu filho perceberam o problema e eu tive de intervir para impedi-los de dar ao garçom o que ele merecia. Myriam Bargeles / Facebook
  • Certa vez, devolvi o hambúrguer porque estava cru e eu tinha pedido bem-passado. Quando o serviram novamente, ele estava igual e mais frio, pois não fizeram nada. Não voltamos mais lá. Sandya Macias / Facebook
  • Minha irmã é alérgica à cebola. Em uma ocasião, ela pediu o prato sem cebola, mas, quando trouxeram o pedido, ela estava lá. Ela devolveu o prato para que a cebola fosse substituída e eles lhe trouxeram o mesmo, mas sem a cebola. David Salinas / Facebook
  • Certa vez, minha cunhada e eu fomos almoçar em um restaurante indiano. Encontrei um fio de cabelo na sopa, tirei-o do meu prato e chamei o garçom para reclamar. De forma atrevida, ele pegou o cabelo e o deixou cair no chão. Depois disse que não tinha visto nada. Fiquei chocada ao ver sua ousadia e como ele negou tudo na minha frente. Yohanna Claros / Facebook
  • No México, há barracas de comida do lado de fora dos hospitais, na rua. Eu vi uma barraca onde um homem preparava água aromatizada. Ele colocou açúcar e, como a colher não conseguia alcançar o fundo do recipiente para dissolvê-la, ele colocou o braço dele e começou a mover a água. Sim, o braço cheio de pelos. Em seguida, ele retirou o braço todo pegajoso, o limpou e começou a servir os copos. Nunca mais em minha vida comprarei água na rua. Karla Silva / Facebook
  • Certo dia fui comer em um restaurante italiano e pedi salmão grelhado. Quando meu prato chegou, comi os acompanhamentos primeiro e o salmão por último. Na segunda mordida, senti algo duro. Encontrei aqueles pelos de metal que ficam nas escovas com as quais você limpa a grelha. Eles eram enormes, com cerca de 3 cm. Se eu tivesse mordido com força, eles teriam ficado incrustados em minha boca e eu teria ido parar no hospital. Moni Williamson / Facebook
  • Um dia, minha vizinha e eu fomos comprar picolés. No caminho de volta, estávamos conversando e tomando nossos picolés quando, de repente, minha vizinha me disse: "Meu picolé de morango tem uma uva-passa? E eu comecei a rir quando vi que a uva-passa tinha patas. Era uma mosca e ela a estava lambendo. Nunca mais voltamos àquela sorveteria. De La Peña Maricela / Facebook
  • Quando comi no terminal de Bogotá, vi o garçom deixar o pão cair no chão. Ele o pegou com muita discrição, fingiu jogá-lo no lixo e o serviu como se nada tivesse acontecido. Fui olhar no cesto de lixo onde ele tinha supostamente jogado o pão, mas não tinha nada lá. Sandra RG / Facebook
  • Um dia fui comer alguns tacos e gosto de verificar o que colocam neles para ter certeza de que não têm nenhum inseto. E pimba, dois vermes brancos se mexendo. Hoje tenho nojo de comer na rua, nunca vou me esquecer desse dia. Nicol Arcos / Facebook
  • Meu marido e eu fomos comer em um restaurante. Pedi um caldo de carne e havia pedaços de frango no prato. Chamei o garçom, mostrei e ele disse: «Vou trocar seu prato agora mesmo». E respondi: «Primeiro me traga o outro prato e depois você pode levar este». Isso porque são capazes de tirar apenas o pedaço de frango. Enriqueta Moreno / Facebook

Quem não gosta de ir a um bom restaurante de vez em quando? Talvez para comemorar uma data especial ou experimentar um prato diferente. E muitas vezes ficamos curiosos para saber o que acontece na cozinha. Neste artigo, um garçom conta diversos detalhes interessantes sobre a vida dos bastidores dos restaurantes. Confira!

Observação: Este artigo foi atualizado em Fevereiro de 2023 para corrigir o material de origem e/ou imprecisões factuais.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados