16 Objetos cujo maior valor não está nos preços, mas sim nas histórias que guardam

Gente
há 11 meses

Todos temos um objeto com algum valor emocional. Pode ser valioso por si só ou apenas um simples pedaço de algodão que, de alguma maneira, nos leva às mais belas recordações. Como seres sensíveis, colecionamos essas coisas que podem nos transportar a um lugar feliz. E esse foi o caso dessas 16 pessoas que compartilharam suas belas histórias.

  • Tenho um vestido preto de festa que adoro. Comprei no Condado de Orange e lembro de ter ido à loja quatro vezes para dar uma olhada. Meu amigo finalmente perdeu a paciência e exigiu que eu o comprasse. Esse foi o primeiro vestido que me fez sentir muito linda. Atualmente, não me serve mais e não poderia usá-lo, mesmo que me pagassem, mas ainda tenho ele comigo em meu armário de lembranças. © CatrionaShadowleaf / Reddit
  • Nossa gata faleceu em outubro e ainda temos sua torre de gato. Não consigo me desfazer dela. Meu marido tinha a gata antes de nos conhecermos, por isso ela sempre esteve com a gente. Era a nossa bebê, nossa pequena família. Ela desenvolveu um câncer de mama muito agressivo e lutou bravamente. Em seus últimos dias, entrou no cubículo da torre e nunca mais saiu. Nesse momento tivemos de tomar a decisão de mandá-la para o outro lado do arco-íris. © Purple_Routine1297 / Reddit
  • Quando estava grávida, fiz um álbum de recortes para meu filho cheio de fotos da família — dos avós, do pai dele comigo (de quando ainda estávamos juntos) e até adicionei fotos do seu primeiro ano de vida. Alguns desses familiares se foram. Olhamos o livro com bastante frequência e ele me pede para contar histórias dos que partiram. Essas são nossas lembranças mais sentimentais e mal posso esperar para lhe dar de presente quando tiver 18 anos. © indie_disco21 / Reddit
  • A tia do meu marido faz mantas para cada nascimento e casamento da família. Cada um dos meus filhos tem uma e eu e meu marido ganhamos uma no nosso casamento. A nossa é especialmente sentimental. Nós dois não estávamos nos falando quando a ganhamos, pensávamos até em nos separar. Mas a manta chegou de surpresa, justamente no Dia dos Namorados. Considerei isso um sinal para a reconciliação e continuamos juntos. © avoidnoise8787 / Reddit
  • Quando eu era criança, cortei o pelo dos meus gatos e do meu coelho e os guardei em uma caixinha com uma descrição de cada um e do seu caráter. Hoje, cerca de 17 anos depois, ainda tenho aquela caixa e posso tocar e cheirar o pelo dos meus animais de estimação, mesmo que tenham partido. Originalmente, o objetivo era poder cloná-los no futuro, mas agora sei que não seriam os mesmos, ainda que eu tivesse os meios para isso. © justnotmything94 / Reddit
  • Meus enfeites de Natal contam a história de toda a minha família e são preciosos. Todos os anos recebemos um novo e, enquanto os coloco, penso em nossas vidas. Tenho os enfeites de tricô feito pela minha avó, antes dela falecer; os do primeiro Natal do bebê; os feitos à mão; os engraçados; os comemorativos; os festivos. Eu amo todos! © Kimmbley / Reddit
  • Minha casa é meu objeto valioso, meu avô a construiu. Ele e meu pai cavaram à mão e colocaram os blocos de concreto para fazer o subsolo. Meus avós me criaram e partiram há mais de 20 anos. Eu poderia comprar uma casa maior e melhor, mas nunca seria um lar como este. © Black_Tears524 / Reddit
  • Tenho um travesseiro de pato que amo. Minha família e eu morávamos perto de um lindo lago, onde eu alimentava os patos com pão. Um pato em particular era o nosso favorito, tinha algumas manchas escuras na pele, lembrava-nos o nosso pai (ele tem vitiligo). Infelizmente, tivemos de nos mudar devido ao trabalho do meu pai. Nunca mais vimos o pato, então decidimos comprar um travesseiro para o nosso velho amigo. © se**fly63 / Reddit
  • Guardo um quadro da roda-gigante do parque de diversões local. Meu irmão gêmeo o pintou de presente de Natal. Meu marido e eu trabalhávamos lá quando nos conhecemos e às vezes nós dois operávamos a roda-gigante. © insertcaffeine / Reddit
  • Sempre quis uma batedeira e este foi o último presente de Natal que minha mãe me deu, antes de falecer. Descobri que estava pagando em prestações. Meu pai acabou quitando as últimas parcelas. Quando descobri, quis pagar, mas ele não deixou, pois minha mãe queria que fosse um presente. Isso foi em 2016, e a batedeira está no balcão da minha cozinha para eu poder vê-la todos os dias. Meu pai vem jantar uma vez por semana e sempre cozinhamos juntos. © Sweetbabie209 / Reddit

Certos objetos têm o poder de despertar lembranças preciosas em nossas mentes e corações. Eles carregam consigo histórias que se entrelaçam com as nossas, evocando emoções e transportando-nos para momentos especiais. Cada coisa é um portal para a nostalgia, permitindo-nos reviver instantes de alegria e compartilhar histórias com entes queridos. Que tal conhecer as histórias por trás de mais alguns deles? Venha conosco!

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados