15 Enigmas para Interromper o Fluxo de Pensamentos

Testes
há 8 meses

A Bia participou da reunião de seu colégio no último fim de semana. Todos os amigos pareciam estar indo muito bem na vida. A Carol apareceu usando roupas de marcas caras. A Matilda tinha não apenas um, mas dois dos mais recentes smartphones. O Tom chegou em um carro esporte caríssimo. E a Beth estava usando um relógio de luxo no pulso. Dê uma boa olhada nos amigos da Bia: você consegue dizer quem é realmente rico?

Bem, vejamos. Se você olhar com atenção, a Carol não tirou as etiquetas das roupas. Isso provavelmente significa que ela está planejando devolvê-las após o encontro. Os celulares da Matilda são falsos! Veja a etiqueta, é apenas uma cópia da marca original. E o relógio da Beth é muito maior do que o pulso dela, o que significa que não é realmente dela. Portanto, o Tom é provavelmente a pessoa mais rica da reunião de amigos.

A banda favorita da Ana está na cidade e ela quer muito ir ao show. Então pergunta para a madrasta se pode, mas a mulher diz que só irá permitir se a garota lhe fizer uma série de coisas. A primeira tarefa que a madrasta pede é que Ana lhe traga água em um escorredor. Para fazer isso corretamente, a jovem precisa pensar fora da caixa. Você pode ajudá-la a descobrir como?

A Ana precisa congelar um pouco de água e colocar os cubos no escorredor. Tecnicamente, a água congelada ainda é água. Certo?

Em seguida, a madrasta pede que a Ana escolha o vestido de noite perfeito para ela. A jovem entra no armário e lá estão três vestidos. Um vermelho, um verde e um azul. Dê uma olhada na imagem. Qual a Ana deve escolher?

Se você olhar com atenção, o botão do vestido azul está prestes a se soltar. O verde tem uma grande mancha de tinta. Portanto, ela deve escolher o vermelho.

Antes que a Ana possa levar o vestido para a madrasta, a mulher entra no quarto. Ao ver a mancha na roupa, começa a gritar: “Como você pôde fazer isso com o meu vestido?”. Mas a garota diz que não fez nada de errado. E que a tinta já estava lá quando entrou no armário. A madrasta pede que a jovem encontre o culpado. Se conseguir descobrir quem manchou o vestido, ela poderia ir ao show.
As três principais suspeitas são as irmãs adotivas da Ana: a Elza, a Bella e Gabriella. Elas não gostam da irmã, então é provável que uma delas tenha jogado tinta no vestido da mãe para incriminá-la. Quando as meias-irmãs estão fora de casa, a Ana entra sorrateiramente no quarto delas para tentar encontrar a culpada. Dê uma olhada no quarto. A primeira cama pertence a Elza. A segunda, à Bella. E a terceira é da Gabriella. Você pode dizer quem fez isso?

Foi a Gabriella! A cama dela é a terceira à esquerda. E se você olhar com atenção, tem um balde de tinta embaixo.

A Emilia e a Barbara estão se preparando para uma noite de garotas. Elas estão se maquiando e arrumando o cabelo. As duas têm gostos muito parecidos e suas coisas são praticamente as mesmas. Mas uma tem mais dinheiro do que a outra. Observando a imagem, você consegue dizer qual tem as coisas mais caras?

Dê uma olhada na Barbara. A calça dela meio que denuncia, pois é obviamente uma imitação. Portanto, a Emília é a que tem as coisas mais caras.

O Henrique viajou para Paris. Assim que chegou, foi passear pelas ruas para encontrar um lugar para ficar. Ele encontrou um hotelzinho bonito e decidiu entrar. Grande erro! Por quê?

Dê uma olhada na janela do último andar. Parece que há um fantasma! Caramba. Se eu fosse ele, procuraria outro lugar para ficar.

Depois de encontrar um lugar melhor para se hospedar, ele decidiu almoçar. Pediu a clássica sopa de cebola francesa. Mas quando seu prato chegou, estava cheio de baratas. O Henrique chamou o gerente do restaurante para contar sobre o incidente. O homem disse: “Isso é inaceitável! Vou encontrar a pessoa responsável e demiti-la imediatamente!” Havia três suspeitos. O cozinheiro disse que havia preparado a sopa como de costume e que ela estava boa quando a passou para o garçom. O garçom disse que não havia tocado na sopa, apenas a serviu o Henrique e se apressou em atender o pedido de outra mesa. O gerente também questionou o faxineiro, que disse que havia passado as últimas horas limpando o banheiro e não tinha ideia do motivo da confusão. Você sabe dizer quem é o culpado?

Ninguém! Dê uma olhada no sistema de ventilação. Está cheio de baratas! Elas devem ter se arrastado para fora dele e caído na sopa do Henrique. Que horror!

Há três passageiros na classe executiva de um voo internacional que está indo para Roma. Dê uma olhada nessas três pessoas. A primeira mulher parece muito bem vestida. Ela está usando uma bolsa de grife luxuosa e enviando mensagens de texto em seu telefone caro. O rapaz no meio está trabalhando com gráficos de ações em seu laptop. E o terceiro está tomando uma xícara de café enquanto lê um artigo no Financial Times. Você sabe dizer qual deles é o verdadeiro bilionário?

Vejamos. A mulher pode parecer bem vestida, mas se você vir a etiqueta em suas roupas, ela diz: 100% poliéster. É improvável que uma bilionária use algo assim. O cara que trabalha com gráficos de ações está usando sapatos velhos e rasgados. Duvido que isso seja uma escolha de moda, portanto, ele provavelmente não é um bilionário. Isso nos deixa com o último homem. Se você observar com atenção, o artigo que está lendo é sobre ele! O título é: “O mais novo bilionário do mundo!”. Acho que encontramos nosso homem, não é?

O detetive Silvio foi chamado para investigar um roubo no museu da cidade. Um diamante de valor inestimável desapareceu e o ladrão não deixou nenhum rastro. Depois de analisar as câmeras de segurança, o investigador reuniu três suspeitos: o segurança, o curador e um visitante. O segurança disse que só saiu de seu posto na hora do almoço e que poderia jurar que o diamante ainda não havia desaparecido naquele momento. O curador passou o dia guiando uma visita ao museu para um grupo estrangeiro, que foi ver o diamante no início do passeio e ele ainda estava brilhando em seu lugar. O visitante disse que só tinha entrado para uma visita rápida e nem sequer passou pelo corredor Mezzi, onde o diamante estava guardado. Após essas três entrevistas, o Silvio encontrou o ladrão! Você consegue dizer quem foi?

Era o visitante! Antes de mais nada, ele sabia a localização exata do diamante dentro do museu. Além disso, dê uma olhada no cordão que o cara está mexendo em uma das mãos. O detetive o tirou de debaixo da manga e... voilà! A joia estava presa a ele! Acho que o malandro não teve tempo de ir para casa e se livrar do diamante, não é?

A Julia e alguns amigos decidiram passar o fim de semana em uma cabana na floresta. Elas chegaram na sexta-feira no fim do dia e passaram a noite se divertindo com jogos de tabuleiro e contando histórias assustadoras. Quando acordaram no sábado de manhã, descobriram que alguém havia roubado todo o suprimento de alimentos. O vidro da porta estava quebrado, mas, fora isso, não havia sinais de quem poderia ter feito aquilo. Assim, o grupo decidiu vasculhar a mata ao redor para ver se encontrava o culpado. Dê uma boa olhada na cena com a qual o grupo se deparou e veja se consegue descobrir quem levou a comida deles.

O que é aquilo no canto superior esquerdo? Parecem pegadas de urso, não é? E não apenas de um, mas de uma família inteira. Ah, e até deixaram uma embalagem de Oreo no chão como prova. Sim, esses ursos foram os culpados, com certeza.

A Iara acordou no sótão de uma casa abandonada. Ela tentou encontrar uma maneira de sair dali, mas tudo o que conseguiu encontrar foi um cômodo com três portas. Cada uma escondia um perigo diferente. As janelas e o piso atrás da primeira eram feitos inteiramente de lente de aumento, o que significava que a luz do sol provavelmente a queimaria se ela entrasse. A segunda porta escondia uma sala cheia de gás venenoso. E atrás da terceira havia um leão faminto. O que a garota deve fazer para escapar?

Ela deve esperar até o início da noite e usar a primeira porta.

A Sandra disse à mãe que sua equipe de ginástica iria para um acampamento esportivo no fim de semana. Ela pediu uma ajuda para arrumar a mala. A mãe ajeitou tudo o que achava que a filha precisaria. Quando a garota retornou do fim de semana, estava contando tudo sobre a viagem. Mas, em algum momento da conversa, perguntou porque a mãe não tinha colocado uma escova de dentes. A mulher imediatamente percebeu que a Sandra estava mentindo sobre onde realmente tinha estado naquele fim de semana. Como?

Porque ela pôs uma escova de dentes, mas embaixo das roupas de ginástica da filha. Se a filha tivesse realmente ido acampar, teria usado as roupas e encontrado a escova.

A Katia descobriu três bolsas em um sótão antigo, juntamente com um bilhete, que dizia que havia R$ 1.000.000,00 dentro de uma delas. Também falava que as outras duas estavam vazias. A garota só tinha uma chance de descobrir qual bolsa continha o dinheiro e podia confiar que uma das mensagens escritas nelas era verdadeira. Na primeira, estava escrito “O dinheiro não está aqui”. A segunda dizia: “O dinheiro não está aqui”. Na última, as palavras eram “O dinheiro está na segunda bolsa”. Se você fosse a Katia, qual sacola escolheria?

A primeira. Se apenas uma das pistas for verdadeira, então o dinheiro está na primeira.

A polícia vem perseguindo o Bruno há muitos anos, tentando provar que ele está envolvido em atividades ilícitas. Mas nunca conseguiu pegá-lo. Um dia, o detetive Lauro decidiu fazer uma visita surpresa ao escritório do suspeito. Assim que o detetive chegou, a secretária disse que o chefe estava em uma viagem de negócios. O detetive pediu para ver o escritório e tirou uma foto do local. Mas não tinha permissão para tocar em nada sem um mandado. Então, o Lauro voltou à delegacia e conseguiu a autorização. Quando retornou ao escritório do Bruno, percebeu que alguém havia entrado lá. Dê uma olhada nas duas imagens e tente descobrir o que o detetive viu.

A luminária da escrivaninha está inclinada e os livros estão em lugares diferentes. Definitivamente, alguém esteve naquele cômodo!

O Lauro decidiu revistar todo o escritório do Bruno. Em uma sala, descobriu que havia pegadas até o meio da sala e depois elas desapareceram. A única janela estava aberta. “Oh não!” gritou o detetive. “Não acredito que ele escapou de novo.” O homem tirou uma foto do cômodo e a levou para a delegacia. Ali, ele mostrou a imagem para os outros detetives e um deles disse que havia resolvido o caso! Dê uma olhada na imagem. Como o detetive resolveu o caso?

Ele entendeu que Bruno era um metamorfo! Isso explica por que as pegadas não chegaram até a janela. Além disso, veja toda a comida de pássaro no chão. Ele provavelmente se transformou em um pássaro e fugiu.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados