Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Perguntas e respostas sobre banho em cachorros que sempre surgem na hora da higiene dos nossos pets

3-1-
995

Nossos pets caninos enchem nosso cotidiano de alegria, carinho e companhia. Eles são quase como um membro da família, e em alguns casos até se sentam à mesa e contam com um lugar reservado no sofá ou na cama. Por isso, é fundamental que os bichos de estimação estejam sempre limpos e livres das incômodas pulgas. Mas será que os cachorros gostam de tomar banho e ficar cheirosos? É saudável dar banhos frequentes em cães? Essas e outras perguntas costumam rondar a cabeça dos humanos na hora de fazer a higiene do animal, mas felizmente nós encontramos as respostas para algumas delas.

O Incrível.club quer acabar com 10 dúvidas que podem surgir em sua mente quando for dar um belo banho em seu amigo de quatro patas.

1. Podemos usar shampoo para humanos para dar banho em cachorro?

Boa parte dos donos de cachorro já usou o próprio shampoo para dar banho no animal. Isso não representa nenhum perigo para o pet, desde que aconteça de maneira esporádica. É melhor e mais saudável usar um produto específico para o tipo de pelo e para as necessidades higiênicas de cada animal.

Shampoos para humanos têm um pH diferente e aditivos que podem causar alergia na pele dos bichos de estimação. Além disso, nós costumamos lavar o cabelo diariamente. Já os cachorros tendem a tomar banho com menos frequência. Por isso, a limpeza do pelo animal é insuficiente quando usamos nosso shampoo.

O ideal é adquirir um shampoo indicado para o pelo do seu pet e seguir rigidamente as instruções da embalagem. Mas se, em determinada situação, o shampoo do animal acabar bem na hora do banho, não tem problema usar o seu produto. Contudo, você precisará repetir o banho em cerca de 10 dias para que a limpeza seja eficaz.

2. Podemos dar banho em filhotes?

Há alguns anos, existia a crença de que não era conveniente dar banhos em filhotes até que eles completassem todo o programa de vacinação. Porém, filhotes tendem a se sujar mais que os cães adultos, e acabam ficando com um cheiro nada agradável, o que é bem inconveniente para os humanos.

verdade é que não existe nenhum fundamento veterinário para deixar de dar banho em filhotes, ainda que eles não tenham recebido todas as vacinas. Só é preciso ter cuidado com o tipo de shampoo utilizado, com a temperatura da água e do ambiente, pois o animal não pode ser deixado com frio. Depois do banho, é essencial secar muito bem o pelo do filhote. E quanto mais cedo o cãozinho começar a tomar banho, melhor. Assim, se acostumará mais rapidamente com o hábito.

3. Os cães gostam de tomar banho?

Não é porque seu cachorro adora nadar na piscina ou se jogar nas ondas do mar que ele necessariamente gosta de tomar banho. De maneira geral, cães odeiam o momento da higiene. Quando eles nadam, fazem isso em liberdade e por vontade própria, sem que estejam sendo obrigados a fazer aquilo. Já com o banho é diferente, é algo que eles não decidiram fazer. A imposição é vista como algo totalmente desnecessário do ponto de vista canino.

Pode ser também que seu pet não goste tanto do contato físico, de ser lavado, escovado e esfregado na toalha. Além disso, os cães percebem quando nós, humanos, ficamos tensos. Por isso, é sempre bom dar um passeio relaxante antes do banho do animal, transformando o momento em uma atividade prazerosa, com demonstrações de carinho e uso de palavras tranquilas, ditas em um tom amigável. Assim, o pet associa o banho com algo agradável, e não como uma espécie de tortura.

4. Secar ao ar livre ou com toalha?

A forma certa de secar o cachorro depois do banho depende, sobretudo, do clima. Quando é verão, podemos deixá-lo secar ao ar livre, sempre depois de remover o excesso de água com uma toalha.

Já no inverno, o mais recomendado é usar um secador de cabelo. O primeiro passo deve ser esfregar o pelo com a toalha e, durante a escovação, passar o secador com ar quente. Só tenha bastante cuidado para não queimar a pele do animal nem apontar o fluxo de ar para olhos e focinho.

5. Qual a frequência ideal para os banhos?

Nós, humanos, tomamos banho com frequência, mas em se tratando de cachorros isso deve ser feito com uma frequência bem menor. A pele canina conta com uma camada protetora à base de gordura, que pode ser prejudicada quando eles tomam banho demais. Não existem regras específicas, mas os veterinários recomendam que você dê banho em seu amigo de 4 patas uma vez por mês.

A frequência depende também de outros fatores, como atividade física, raça, alimentação e estilo de vida de cada animal. Alguns pets precisam de banho a cada 2 ou 3 meses, enquanto outros precisam ser higienizados a cada 20 ou 30 dias. Se seu cachorro chegar em casa muito sujo ou exalando maus odores, obviamente ele precisará tomar banho.

Nos filhotes, o banho pode ser dado com a mesma frequência que os adultos, com o cuidado de não permitir que eles passem frio.

6. Shampoo antipulgas é suficiente para acabar com elas?

Não. Quando o cachorro está com pulgas, é preciso complementar o shampoo com algum outro método contra parasitas recomendado pelo veterinário. Para que o produto faça efeito, é preciso repetir o banho várias vezes. Caso seu pet esteja livre das pulgas, o recomendado é usar nele um shampoo comum.

7. O banho pode causar inflamação nos ouvidos?

Se você tomar cuidado para que não entre água no ouvido do animal durante o banho e secar muito bem as orelhas dele, não precisa temer uma otite, que é a inflamação no ouvido. Para evitar que a água entre, você pode colocar uma bola de algodão no ouvido do animal. Depois, é preciso conferir se o algodão não ficou úmido ao fim do banho, secando a região suavemente com uma toalha.

Algumas raças apresentam maior tendência a sofrer com otite. Por isso, é fundamental manter os ouvidos do pet sempre limpos e secos. E o veterinário pode mostrar como fazer uma limpeza profunda sem machucar o cachorro.

8. É melhor dar banho no cachorro com mangueira?

Dar banho no cachorro no quintal usando uma mangueira parece uma opção prática. Porém, a menos que esteja fazendo muito calor, é melhor usar uma bacia com água morna dentro de casa ou em outro lugar protegido do frio. Do contrário, o animal pode adoecer. O recomendado é usar a mangueira só para refrescar o cão em um dia de temperaturas elevadas.

9. Levar o animal ao pet shop é melhor que dar banho em casa?

Os pet shops contam com especialistas em banhos em cachorros. Porém, isso não quer dizer que será melhor para o animal ir até lá do que tomar banho em casa mesmo. Se o animal se estressa na hora do banho, é preferível que o próprio dono realize o procedimento, pois já conhece os hábitos do animal e pode dar banho com paciência e carinho, evitando piorar o incômodo.

10. É preciso limpar os dentes do cachorro a cada banho?

Os cachorros não sofrem tanto com cáries quanto os humanos. Por isso, eles dispensam limpezas bucais frequentes. Basta dar a eles um daqueles ossos sintéticos. Com um pouco de paciência e uma escova de dentes específica para cães, é possível realizar uma limpeza profunda a cada três semanas. O veterinário pode mostrar como realizar o processo da maneira certa.

Como você costuma dar banho em seu cão? Qual é a reação deles nesses momentos? Comente!

Imagem de capa claire303 / Reddit
3-1-
995