Incrível
Incrível

13 Fotos mostrando o que acontece quando a natureza age fora dos padrões

O mundo conta com aproximadamente 7,8 bilhões de pessoas, e ainda assim nascemos com características físicas que mais ninguém tem. A nós resta imaginar os motivos pelos quais os genes atuam de forma aleatória, completamente fora dos padrões. Às vezes, nem sequer percebemos o quanto nosso corpo é único, mas os 13 protagonistas deste artigo se deram conta das próprias peculiaridades, transformando-as em vantagens (ou pelo menos em assuntos para quebrar o gelo em uma conversa).

Confira a seguir a seleção de pessoas donas de características únicas que o Incrível.club preparou para você!

1. “A esquisitice que consigo fazer com a parte de trás da mão”

2. “Tenho bem no meio da testa um único e invisível fio de cabelo e, se eu deixar, ele continua crescendo”

3. “Por conta da pigmentação, os pelos na minha perna esquerda são loiros, enquanto os da direita são pretos”

4. “Tenho uma área loira só no lado esquerdo do meu rosto”

5. “O resultado de trabalhar no mesmo lugar durante meses, em tempo integral — só o lado direito do meu corpo ficou bronzeado”

6. “Recentemente, fui diagnosticado com dermografismo, que faz com que coçar a pele provoque uma reação em minutos”

7. “Tenho braquidactilia tipo D, ou ’dedos curtos’, em ambas as mãos”

8. “Às vezes, as pessoas param no meio de uma conversa para observar meu olho. Me pergunto o porquê”

9. “Minha mãe tem a Doença de Raynaud, que faz com que dedos das mãos ou dos pés fiquem dormentes do nada, além de esbranquiçados”

10. “Minhas orelhas são naturalmente pontudas, e a direita tem uma parte estranhamente faltante”

11. “Meu braço tem uma sarda com o perfeito formato de um coração”

12. “Consigo fazer isto com meu dedo mindinho”

13. “Meu dedo é incompreensível”

E quanto a você, que traço físico único possui? O que acha das suas próprias características peculiares?

Imagem de capa Nira_kawaii / Reddit
Incrível/Fotografia/13 Fotos mostrando o que acontece quando a natureza age fora dos padrões
Compartilhar este artigo