Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Curiosidades sobre filmes que marcaram época nos anos 2000

1-2-
861

Ah, os anos 2000! Época das minissaias, do brilho labial rosa e dos celulares flip. Ao pensarmos nessa época extravagante, é fácil também lembrar alguns dos nossos filmes favoritos. Afinal, após algumas décadas, os filmes a que assistíamos no comecinho do século XXI já se tornaram clássicos, e agora nos despertam um sentimento de nostalgia em relação àqueles anos dourados que deixaram uma marca tão importante em nossas vidas.

Nós, do Incrível.club, decidimos refrescar a sua memória com alguns filmes icônicos dos anos 2000, compartilhando com você algumas curiosidades interessantes e pouco conhecidas sobre eles. Confira!

O Diabo Veste Prada (2006)

  • Hoje em dia, é difícil imaginar alguém interpretando Miranda Priestly além de Meryl Streep. No entanto, Jennifer Aniston, Kim Basinger, Julia Roberts, Cameron Diaz, Heather Graham, Angelina Jolie, Lisa Kudrow, Glenn Close, Helen Mirren, Gwyneth Paltrow, Michelle Pfeiffer, Meg Ryan, Alicia Silverstone, Naomi Watts e Hilary Swank foram cogitadas para assumir esse papel.
  • Muitos estilistas cederam roupas e acessórios para a produção, fazendo de O Diabo Veste Prada o filme com os figurinos mais caros na história do cinema.
  • Segundo as más línguas, Miranda Priestly foi inspirada na editora-chefe da Vogue americana, Anna Wintour. Inclusive, ela não foi convidada para a estreia do filme. No entanto, ela marcou presença na pré-estreia direcionada para a imprensa, e curiosamente, vestindo Prada da cabeça aos pés.
  • Emily Blunt admitiu que a abordagem sarcástica em um dos diálogos com Andy (Anne Hathaway) foi inspirada em uma conversa entre uma mãe e uma criança que ela ouviu na rua. A cena em questão retrata um momento em que a personagem principal compartilha seus planos para o final de semana, e Emily responde: “Eu estou ouvindo isso (demonstrando que alguém está falando), e quero ouvir isso (demonstrando o silêncio)” — fazendo certos gestos manuais.
  • Perto do final do filme, Andy diz que saiu do tamanho 36 para o 34. E, realmente, a atriz Anne Hathaway diminuiu suas medidas durante o processo de filmagem.
  • Hathaway e Blunt são muito amigas na vida real, ao contrário de suas personagens no filme.
  • Meryl Streep quase deixou as filmagens do filme, porque estava insatisfeita com o valor do seu cachê.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom (2009)

  • Enquanto se preparava para o papel, Isla Fisher participou de um grupo de apoio para pessoas cujas vidas se transformaram em um pesadelo devido às compras descontroladas.
  • Durante as filmagens, Fisher usou um salto agulha com cerca de 12,5 cm de altura.
  • Robert Stanton, que interpretou o implacável cobrador de dívidas Derek Smeath, coincidentemente, já trabalhou nesse ramo por um tempo; e contou que era muito difícil, porque ele ria constantemente ao entrar em contato com os inadimplentes.
  • Kristin Scott Thomas revelou, em uma entrevista em 2014, que odiou o processo de filmagem (a personagem da atriz raramente aparece no filme). “Achei que seria muito divertido. Mas passei o tempo todo esperando. Odiei, odiei, odiei, e disse que não faria outro. Curiosamente, nunca mais me convidaram.”
  • Reese Witherspoon, Jessica Alba, Jessica Biel, Anne Hathaway, Emily Blunt, Kirsten Dunst, Katie Holmes, Rachel McAdams, Amanda Seyfried e Lindsay Lohan foram consideradas para o papel de Rebecca Bloomwood. Witherspoon recusou o papel, porque ela achou que era muito parecido com sua personagem em Legalmente Loira.

Legalmente Loira (2001)

  • Para se preparar para encarnar Elle Woods, Reese Witherspoon passou duas semanas estudando o comportamento das meninas de uma irmandade de elite, já que sua personagem participaria de uma. A atriz não queria passar uma imagem estereotipada dessas meninas na tela e observou que, na realidade, elas eram muito gentis e educadas. A atriz disse que gostou muito de passar um tempo na irmandade.
  • Witherspoon pegou todas as roupas de Elle Woods para ela. E isso foi deixado claro no contrato da atriz.
  • Enquanto estava na universidade, a autora do livro em que o filme foi baseado, Amanda Brown, escrevia cartas para casa contando sobre suas dificuldades em se enturmar com seus colegas de classe. Mais tarde, ela fez um manuscrito com base nessas cartas e enviou para um agente, que se interessou por ele, pois foi o único enviado em papel rosa. O diretor fez uma referência a isso no filme — o currículo que Elle enviou para Harvard foi impresso em um papel rosa aromatizado.
  • nome do chihuahua que interpretou o animal de estimação da protagonista era Moonie. Ele morreu em 10 de março de 2016, aos 18 anos.
  • Matthew Davis, que interpretou Warner, o cara que terminou com Elle, acabou se apaixonando por Reese. Um dia, os produtores o chamaram de lado e perguntaram se ele estava bem. Foi aí que ele confessou seus sentimentos pela atriz, Reese disse que era fofo, mas eles deveriam focar na cena.
  • Quando Elle Woods chegou pela primeira vez a Harvard com sua roupa rosa-choque em um conversível, um dos alunos coincidentemente a apelidou de “Barbie” depois de vê-la entrar no campus. A propósito, a Mattel lançou uma Barbie inspirada no longa para promover a sequência do filme que chegaria aos cinemas. Além disso, os fãs do longa sempre se referemLegalmente Loira como um live-action não oficial da Barbie.
  • Reese foi escalada para o papel de Elle logo após ter dado à luz, então a produtora contratou um educador físico para ajudar a atriz a perder o peso que ganhou durante a gravidez.

O Diário da Princesa (2001)

  • Mia de O Diário da Princesa foi o primeiro papel de Anne Hathaway no cinema. O seu modo desajeitado chamou a atenção dos produtores, e acabou a ajudando a conseguir a personagem. Durante o teste, a atriz caiu da cadeira. No entanto, os recrutadores gostaram disso, porque a heroína do filme deveria ser desastrada e engraçada.
  • A cena em que Mia escorregou e caiu na arquibancada foi real. Hathaway realmente tropeçou durante as filmagens, e o diretor achou tão engraçado que decidiu que valia a pena incluir esse deslize na edição final.
  • O gato de Mia, Fat Louie, era na verdade o animal de estimação da atriz. No entanto, seu papel foi interpretado por 4 gatos diferentes. Um que deixava que as pessoas o pegassem, um que ficava quieto, outro que pulava e um último que ficou apenas deitado na almofada no final do filme.
  • A cena em que Mia faz uma limpeza de pele no nariz foi ideia da própria Hathaway. Ela também sugeriu que, durante a transformação visual de Mia, um pente ficasse preso em seu cabelo.
  • Anne Hathaway teve de usar uma peruca enorme para dar ao cabelo uma aparência muito mais volumosa. A peruca ficou conhecida como “A fera” pelo elenco e pela equipe. Além disso, as sobrancelhas de Mia levavam uma hora para serem aplicadas, pois cada minúsculo fio era colado individualmente.

Meninas Malvadas (2004)

  • Regina George deveria ser interpretada por Lindsay Lohan, mas ela recusou porque não queria que o público associasse sua verdadeira personalidade com a da personagem. Então, o produtor deu o papel a Rachel McAdams, pois segundo ele: “Apenas garotas legais podem interpretar garotas más”.
  • Karen Smith foi o primeiro papel de Amanda Seyfried no cinema. Na verdade, originalmente foi planejado que ela fizesse a personagem principal, Cady Heron. Aliás, o papel de Karen também poderia ter sido feito por outra atriz — Scarlett Johansson fez o teste para esse personagem.
  • As saias do show de talentos de Natal foram feitas de plástico para representar o grupo de garotas que era conhecido por “The Plastics”, na versão em inglês.
  • O fato de o nome da personagem principal ser Cady (Lindsay Lohan) tem um motivo. Esse é o nome do meio de Elizabeth Cady Stanton — uma das primeiras ativistas a lutar pelos direitos das mulheres no século XX.
  • Na vida real, Rachel McAdams é apenas sete anos mais nova que sua mãe no filme, interpretada por Amy Poehler.

Qual o seu filme favorito dos anos 2000? Conte para a gente na seção de comentários.

1-2-
861
Compartilhar este artigo