15 Joias, reais ou fictícias, que roubaram a cena em filmes de sucesso

Marilyn Monroe já dizia no filme Os Homens Preferem as Loiras: “Os diamantes são os melhores amigos das mulheres”. Mas certamente ela incluiria na lista não só os diamantes, mas também pérolas, rubis, anéis e até mesmo medalhões mágicos. A máxima vale também em casos como o de Hermione Granger, envolvendo relógios que permitem viajar através do tempo. Ademais, a verdade é que existem joias extraordinárias que, de certa forma, conseguiram roubar a cena durante filmes em que apareceram.

Neste artigo, o Incrível.club mostra alguns exemplos de joias famosas, emblemáticas e jamais esquecidas já mostradas em produções de Hollywood.

1. Coração do Oceano, de Titanic

O colar é uma adaptação inspirada no diamante Hope, que pertenceu à realeza francesa. Trata-se de um enorme e peculiar diamante azul-marinho, rodeado por pequenos diamantes brancos. Originalmente, a peça enfeitava o pescoço do rei Luís XIV da França.

Após a revolução e a queda do Império, a pedra preciosa passou pelas mãos de vários proprietários até ser doada ao Museu Nacional de História Natural dos Estados Unidos, em 1958. Desde então, a joia integra o acervo da instituição.

2. Anel de Sauron, de O Senhor dos Anéis

Esse mágico, fictício e praticamente indestrutível anel de ouro confere poderes sobrenaturais a quem o tem nas mãos. Entre eles estão a capacidade de ler a mente ou controlar a vontade de outras pessoas, permitindo até que o dono da joia as escravize. Em contato com o calor, o anel revela a inscrição “Um anel para todos governar, um anel para encontrá-los, um anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los na Terra de Mordor, onde as Sombras se deitam”.

3. Lua de Baroda, de Os Homens Preferem as Loiras

O espetacular conjunto de joias usado por Marilyn Monroe durante o número musical Diamantes são os melhores amigos de uma garota não era autêntico, e sim réplica de bijuteria criada para o filme. Entretanto, durante a divulgação do longa, a atriz realmente usou diamantes verdadeiros, sendo que um deles ganhou destaque especial: o Lua de Baroda.

A pequena e amarela pedra preciosa de 24 quilates, foi descoberta na Índia e, por mais de 500 anos, pertenceu à família real daquele país, os marajás de Baroda. Em 2013, a joia foi leiloada e arrebatada por mais de 1 milhão de dólares (cerca de 5 milhões de reais).

4. O colar de rubis de Uma Linda Mulher

Uma das cenas mais encantadoras do filme é quando Edward (Richard Gere) presenteia Vivian (Julia Roberts) com um colar, quase “mordendo” seus dedos com a caixa e dando nela um belo susto. A famosa joia em ouro branco e 23 rubis entalhados em forma de pera e rodeados de diamantes é uma peça de luxo totalmente autêntica, desenvolvida pela grife francesa Fred Joaillier. A avaliação do colar chegou aos 250 mil dólares (1,2 milhão de reais, aproximadamente).

5. Colar Toussaint, de Oito Mulheres e um Segredo

A magnífica peça foi feita especialmente para o filme pela joalheria Cartier, replicando um modelo de 1930 criado pessoalmente por Jacques Cartier para o marajá de Nawanagar. A réplica é quase idêntica à original. As únicas diferenças estão no tamanho e em alguns diamantes especiais presentes apenas na joia autêntica.

O grande diamante azul chamado “Queen of Holland” e outro de cor verde do modelo original foram substituídos por zircônias com o mesmo formato e mesmas dimensões. Além disso, como a joia original tinha sido criada para um homem, o tamanho foi reduzido de modo a ser adaptado às medidas da atriz Anne Hathaway.

6. O colar de diamantes de Moulin Rouge — Amor em Vermelho

Esse colar de 134 quilates entre ouro branco e mais de 1.300 diamantes é a joia mais cara da história do cinema feita exclusivamente para um filme. Foi obra do joalheiro Stefano Canturi e exigiu mais de três meses de trabalho para ficar pronto. Durante as gravações do longa, entre uma tomada e outra, Nicole Kidman precisava fazer breves pausas para descansar, evitando que a extraordinária peça não machucasse suas costas. Afinal de contas, o colar pesava quase meio quilo (426 gramas para ser exato).

7. O colar de pérolas e diamantes de Bonequinha de Luxo

A verdade é que a atriz utilizou joias autênticas apenas durante a divulgação do filme: tiaras, colares, brincos e pulseiras da joalheria Tiffany & Co. As que vemos na tela durante as cenas do longa são réplicas que ficaram a cargo da famosa empresa de bijuterias Corocraft, uma vez que a fabricante das peças autênticas se negou a cedê-las para as gravações. Além disso, a produtora não tinha como arcar com os altos custos das joias.

8. Medalhão Auryn, de A História Sem Fim

O medalhão era um talismã mágico que protegia todo morador de Fantasia que o tivesse em seu poder. Se o portador fosse um humano, a peça podia até realizar seus desejos. Trata-se de uma joia com a forma de duas serpentes mordendo as caudas entre si, sendo uma em ouro e outra em prata.

Os animais se entrelaçam formando um nó infinito que representa a relação entre fantasia e realidade. Atualmente, a peça integra a decoração do escritório de Steven Spielberg, que a ganhou como presente das mãos do cineasta Wolfgang Petersen em retribuição por ter colaborado na edição da versão americana do filme.

9. O colar com camélias de Anna Karenina

As joias desse filme de época cumprem um papel muito importante, demonstrando a importância que figurino e acessórios têm na hora de contar determinada história corretamente. Por isso, a protagonista, Anna Karenina (Keira Knightley), exibe uma magnífica peça em ouro branco de 18 quilates com dois diamantes redondos e 683 lapidados em brilhantes, tudo inspirado nas camélias. A elaboração ficou a cargo da Chanel.

10. Colar “B”, de A Outra

gargantilha enfeitada com uma letra “B” e com várias pérolas penduradas nela é uma imitação da peça que realmente pertenceu a Ana Bolena, a segunda esposa do rei Henrique VIII da Inglaterra. É uma joia que pode ser vista no pescoço da mulher em todos os seus retratos produzidos na época.

11. O brinco de Moça com Brinco de Pérola

Trata-se de uma réplica dos brincos em forma de gota usados pela modelo no quadro Moça com o Brinco de Pérola, do pintor holandês Johannes Vermeer, obra em torno da qual gira o roteiro do longa. Apesar do nome da pintura, nunca foi possível confirmar se as pérolas eram realmente verdadeiras. Há especialistas que defendem a autenticidade da joia enquanto outros dizem o contrário. Até hoje, a polêmica não foi solucionada.

12. O vira-tempo de Harry Potter e o Prisionero de Azkaban

Sem dúvidas, essa é uma das joias mais poderosas da nossa lista, porém é, infelizmente, fictícia. Trata-se de uma ampulheta mágica que permite a seu proprietário, no caso, Hermione Granger (Emma Watson), viajar no tempo. Nem conseguimos imaginar qual seria o valor de um objeto tão impressionante como esse, mas para a alegria dos fãs, é possível encontrar réplicas sendo vendidas a partir de 15,99 dólares (cerca de 80 reais).

13. O anel de noivado de Sex and the City 2

anel foi obra de Italy Malkin, e contou com a colaboração da própria Sarah Jessica Parker. Trata-se de uma peça em ouro branco com um grande diamante negro de 5 quilates no meio e 43 diamantes em pavé, pequenas incrustações recobrindo totalmente a peça. Na cena em que Mr. Big entrega o anel a Carrie como forma de castigo, para que ela lembre diariamente o fato de estar casada, a moça pergunta: “Por que negro?’’ E ele responde: ’’Porque você não é como as demais...”

14. O broche da saga Jogos Vorazes

Esse broche em particular tinha um importante significado para Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), já que a personagem o recebe das mãos da irmã caçula como um amuleto da sorte durante os jogos. Na peça, podemos ver a silhueta de um “tordo”, pássaro fictício, com uma flecha no bico. A joia acabou virando um símbolo da franquia, tanto que os fãs podem facilmente garantir uma réplica para chamar de sua: na Internet, é possível encontrar modelos a partir de 9,50 dólares (menos de 50 reais).

15. O diamante amarelo de Como Perder um Homem em 10 Dias

O espetacular colar com um diamante amarelo usado por Kate Hudson na divertida comédia romântica é uma das joias mais caras já utilizadas em um filme. Trata-se do diamante Isadora, uma pedra preciosa única de 128 quilates, desenhada pela Tiffany & Co. e avaliada em 30 milhões de dólares (quase 150 milhões de reais). A última famosa que teve a chance de usar a peça foi a cantora Lady Gaga, que se apresentou com ela em seu pescoço na cerimônia do Oscar em 2019.

Você possui alguma joia que considera um verdadeiro tesouro, independentemente do valor comercial? Deixe seu comentário!

Compartilhar este artigo