Incrível

A versão “boneca” de 15 famosas brasileiras ao longo de mais de 50 anos de história

4-36
13k

Sua avó pode ter sido fã da Wanderléa na época da Jovem Guarda, enquanto sua tia não perdia um programa da Xuxa e da Angélica nos anos 1980. E hoje, talvez você se anime um bocado quando ouve uma música da Anitta ou da Ivete Sangalo. E o que todas essas divas têm em comum? Já vamos contar.

Bonecas de todos os estilos e tamanhos unem essas gerações de fãs. Cantoras, atrizes e apresentadoras foram transformadas em brinquedos adoráveis (às vezes, nem tanto) ao longo de mais de 50 anos.

Incrível.club decidiu relembrar toda essa paixão e reuniu fotos das bonecas originais e de suas “donas” atualmente. Em alguns casos, o figurino evoluiu bastante! Confira aqui com a gente.

15. Anitta (2018)

A boneca de Anitta é a cópia de sua imagem no desenho animado Clube da Anittinha, lançado na TV fechada no ano passado. O sucesso foi tanto que mais de um milhão de unidades do brinquedo, produzido pela Baby Brink, foram vendidas.

14. Ivete Sangalo (2010)

Ivete Sangalo virou uma boneca que veste a miniatura de um dos modelos que usou na gravação do seu histórico DVD no Maracanã. O brinquedo, fabricado pela Baby Brink, não ficou muito tempo nas lojas, talvez pelo fato de a boneca não ser exatamente parecida com Ivete. “Está mais com a cara da Maria Bethânia”, brincou uma internauta.

13. Maisa (2008)

A pequena Maisa sacudiu a televisão com alguns picos de audiência maiores que os da Xuxa e ganhou sua bonequinha em 2008. Além de imitar os cabelinhos cacheados que a apresentadora usava na época, o brinquedo da Cotiplás falava 8 frases, entre elas o bordão mais famoso de Maisa: “Hoje eu tô maluquinha da cabeça”.

12. Wanessa Camargo (2003)

A ideia de transformar Wanessa Camargo em boneca partiu da empresária Marlene Mattos, que trabalhava com a cantora no programa musical Jovens Tardes. Um dos diferenciais era a altura de 1,10 m do brinquedo. Mais uma vez, quem ficou a cargo da fabricação foi a Cotiplás, empresa que lançou uma série de bonecas inspiradas em celebridades na época.

11. Deborah Secco (2003)

Deborah Secco fez o maior sucesso na novela Celebridade como Darlene, uma garota que queria ser famosa a qualquer custo. O look da personagem, com presilhinhas no cabelo, roupas curtas e coloridas, foi reproduzido na boneca fabricada pela Cotiplás.

10. Rouge (2003)

Aline, Fantine, Li, Karen e Lu, as garotas do Rouge, ganharam sua coleção de bonequinhas logo após a revelação no programa Popstars, um reality show de grupos pop. No embalo da música Ragatanga, muitas meninas dançaram e brincaram com os modelos fabricados pela Baby Brink. Hoje as fãs celebram a volta do Rouge aos palcos (e torcem para que assim permaneçam).

9. Taís Araújo (1998)

Logo no começo da carreira, depois de estourar na novela Xica da Silva, Taís Araújo virou boneca, fabricada pela Baby Brink. A Taisinha vinha com três modelos de roupa, “para todas as ocasiões”, como informava a atriz na propaganda do brinquedo.

8. Sandy (1998)

Sandy, que muita gente já achava que era uma boneca de carne e osso, virou brinquedo na onda do sucesso musical e da série Sandy & Júnior, apresentada pela TV Globo. Fabricada pela Baby Brink, a boneca vinha com diferentes versões de roupas e cantava trechos dos sucessos da dupla.

7. Fernanda Souza (1998)

A primeira versão da novela Chiquititas, apresentada pelo SBT, foi um estouro. Várias personagens ganharam sua versão boneca, com destaque para Mili, a pobre órfã que sofria um bocado na mão dos vilões da trama. Fernanda Souza e sua ex-colega Aretha Oliveira (que interpretava Pata) posaram recentemente com suas bonequinhas num encontro com antigos fãs de Chiquititas.

6. Eliana (1997)

Com o sucesso da música Os Dedinhos e de seu programa infantil no SBT, Eliana tornou-se uma das artistas brasileiras campeãs em licenciamento de produtos com seu nome. Uma boneca não poderia faltar. O modelo lançado em 1997 pela Estrela tinha 1,05 m de altura e andava.

5. Carla Perez (1997)

Quem não dançou “Segura o Tchan” nos anos 1990, estava em outro país ou mesmo outro planeta! E as garotas cobiçaram bastante a boneca com as feições da dançarina Carla Perez, fabricada pela Colorama Brinquedos.

4. Angélica (1989)

O lançamento da boneca de Angélica veio logo após seu grande feito artístico, o sucesso da música Vou de Táxi, que tocava sem parar no Brasil de ponta a ponta no final dos anos 1980. Reproduzindo até a famosa pinta que a apresentadora tem na perna esquerda, o brinquedo fabricado pela Estrela também tinha várias versões de roupinhas e acessórios.

3. Xuxa (1987)

Xuxa é um capítulo à parte quando se fala em popularidade entre as crianças e lucros com todo o tipo de produto que levava sua marca. Ela teve não um, mas vários modelos de boneca, com dezenas de roupinhas para fazer combinações fashion. O modelo acima, vestido em rosa e fabricado pela Mimo, era o maior de todos e foi apelidado pelas crianças de Xuxona.

2. Pepita Rodríguez (1978)

Pepita Rodríguez foi pioneira entre as celebridades da televisão e virou uma bonequinha toda fofa chamada Pepa, fabricada pela Estrela. A atriz fazia grande sucesso na novela Dancin’ Days, como a professora de ginástica Carminha, que se trancava no quarto e conversava com a Pepa quando precisava desabafar — e fazer as vendas do brinquedo subirem!

1. Wanderléa (1967)

Antes de Xuxa, Angélica, Sandy, Rouge e outras estrelas da música e da TV, houve Wanderléa, que comandava o programa Jovem Guarda ao lado de Roberto e Erasmo Carlos. Foi o primeiro grande movimento de música jovem no Brasil e, claro, rendeu muitos produtos licenciados. A cantora teve alguns modelos de boneca, com destaque para a Wandeka, que usava saia jeans e tinha um look country. Orgulhosa, a própria Wanderléa postou sua coleção de bonequinhas no Instagram.

Gostou de relembrar as bonecas das famosas? Brincou com alguma delas na infância? Estamos curiosos para saber sua história. Conte nos comentários!

4-36
13k