Incrível
Incrível

10 Personagens que foram inspirados em pessoas reais e talvez você nem imaginava

Sabe quando você consegue relacionar o personagem com alguma pessoa famosa? Ou sente que já viu alguém parecido com ele? Bem, em alguns casos isso não é apenas uma coincidência. Muitos roteiristas acabam se inspirando na personalidade ou aparência física de pessoas reais para criar figuras inesquecíveis. Em algumas situações, a ficção supera a realidade e fica mais difícil para o público perceber as semelhanças, mas em outras, a homenagem é explícita.

Pensando nisso, o Incrível.club criou uma lista com 10 personagens inesquecíveis da TV que foram baseados em uma pessoa real. O último vai deixar você de queixo caído! Confira!

Elenco de Todo Mundo Odeia o Chris

A série Todo Mundo Odeia o Chris foi lançada em 2005, mas até hoje é um grande sucesso no Brasil. O que pouca gente sabe é que essa comédia é inspirada na vida do ator e humorista Chris Rock. Isso significa que Julius e Rochelle, Greg e outros personagens foram baseados em pessoas que conviveram com ele. Uma liberdade artística que Rock tomou foi a de escolher apenas dois, de seis irmãos, para serem representados: Tonya (baseado em Tony Rock) e Drew (baseado em Andrew Rock).

Inclusive, o seu irmão Tony fez uma participação especial como o tio de Chris em um dos episódios da série. Agora, você consegue imaginar como seria se ele resolvesse colocar todos os outros irmãos como personagens?

O Gênio de Aladdin

Robin Williams era um dos atores mais famosos no início dos anos 90 quando aceitou dar vida ao Gênio, personagem da animação Aladdin (1992). Apesar de os produtores inicialmente terem buscado por comediantes, quando ouviram Williams improvisar ficaram impressionados com o talento do artista. O companheiro do protagonista, então, ganhou o seu espaço no filme e conquistou o coração de muitos telespectadores com suas tiradas rápidas.

Eric Goldberg, animador do filme, revelou que tudo foi gravado em sessões que totalizaram cerca de 16 horas e que, como o ator sempre fornecia muitas interpretações, boa parte do material gravado pelo ator não foi utilizado. Em 2019, o ator Will Smith deu vida ao personagem no remake de Aladdin, e aproveitou para homenagear Robin Williams.

Miss Piggy de Os Muppets

A personagem mais fashion do universo dos fantoches foi inspirada em uma estrela da música! Isso mesmo, Miss Piggy foi baseada na cantora de jazz Peggy Lee. Apesar da fama na ficção, a musa inspiradora não ficou lá muito contente por ser representada por um fantoche de diva.

Peggy era uma das vozes mais famosas de sua geração, e também conseguiu deixar seu legado musical para crianças do mundo todo: ela canta a música dos gatos siameses em A Dama e o Vagabundo. Tanto Piggy quanto Peggy tem uma coisa comum: ambas conseguem roubar a atenção do lugar com o talento individual que possuem.

Brienne de Tarth de Game of Thrones

Ela é uma mulher valente, que em sua armadura, lutou pelos seus ideais. Essa definição poderia servir tanto a Brienne de Game of Thrones, como também para a heroína francesa Joana D’arc. Essa foi uma das figuras históricas que inspirou a personagem da ficção.

As características físicas das duas são bastante semelhantes, mas apesar das similaridades, não foi somente Joana D’Arc que ajudou na construção de Brienne. Em entrevista ao site The Mary Sue, o escritor George R. R. Martin confirmou a inspiração em Joana, mas também afirmou que ela foi uma das inúmeras influências para a personagem, como Xena, a Princesa Guerreira e também Lady Macbeth.

Miranda Priestly de O Diabo Veste Prada

Todo mundo que vê O Diabo Veste Prada fica impressionado com a frieza (e a elegância) de Miranda Priestly. Ela comanda uma revista de moda e, literalmente, não tem tempo para quem está começando. O que poucos sabem é que a icônica personagem, interpretada por Meryl Streep, foi inspirada na editora-chefe da Vogue: nada mais, nada menos que Anna Wintour.

Apesar de parecer uma figura engessada, Streep deu seu próprio toque para dar vida à jornalista. Para a Vogue, a atriz revelou que o tom de voz suave e ácido foi baseado em Clint Eastwood. Depois dessa dá até para imaginar Miranda Priestly em um faroeste, não é mesmo?!

Piper Chapman de Orange Is The New Black

A história da protagonista de Orange Is The New Black foi baseada na vida de Piper Kerman, memorialista do Estados Unidos que acabou se envolvendo em um crime e foi parar na prisão. Em 2010, uma produtora descobriu o livro de Piper e resolveu criar a série sobre o sistema prisional dos Estados Unidos.

Uma grande diferença entre a personagem e a pessoa, é que a “Piper da vida real” realmente se casou com o escritor Larry Smith, enquanto a da série não teve um final feliz com o rapaz.

Úrsula de A Pequena Sereia

A bruxa do mar mais famosa das animações foi inspirada em uma drag queen! De acordo com a equipe do longa, depois de rascunhos anteriores feitos por outros animadores, Rob Minkoff foi quem chegou ao desenho-chave para a animação. Todos notaram semelhanças entre o desenho de Minkoff e Divine e logo observaram que ela poderia servir de inspiração para o personagem, especialmente Howard Ashman, que desde então foi um dos principais responsáveis pela concepção da personalidade de Úrsula.

A Disney está planejando uma versão live action para A Pequena Sereia. Com Hailey Bailey no papel de Ariel, e ficou para a atriz Melissa McCarthy o papel da antagonista. Será que Melissa ficará parecida com a personagem da animação?

O personagem Zorro

Conhecido como “Robin Hood Mexicano”, o herói Joaquín Murieta foi uma das principais inspirações para Johnston McCulley criar Zorro. Segundo relatos, Joaquín teria chegado à California durante a corrida do ouro, e lá construiu uma reputação controversa: alguns o viam como justiceiro, outros, como um bandido. Diego Vega, o Zorro, também lutava por justiça contra os problemas que encontrava no caminho.

Murieta deixou um enorme legado, já que sua história foi contada em livros e também em canções. Já na ficção, o Zorro também recebeu inúmeros formatos: quadrinhos, séries, filmes e outros produtos que estampavam a foto do herói latino-americano.

Helena de The Royals

A série The Royals faz uma sátira à monarquia do Reino Unido, e traz uma visão crítica dessas figuras públicas. Uma das personagens mais populares é Helena, inspirada na Princesa Diana. Matriarca de uma grande família, ela precisa lidar com a reputação e os problemas de estar sempre vigiada pela imprensa.

Com quatro temporadas, a série foi cancelada. Mesmo assim, a trama é um prato cheio para fãs de séries como Gossip Girl: A Garota do BlogDinasty.

Severo Snape em Harry Potter

O professor de química John Nettleship inspirou J.K. Rowling a criar Severo Snape em Harry Potter, apesar da autora nunca ter confirmado. Ele descobriu suas semelhanças com o vilão da forma mais divertida possível: um dia, um jornalista bateu a sua porta e perguntou se ele não era o professor Snape. Assustado, ele resolveu pesquisar e percebeu diversas semelhanças com o personagem.

Nettleship ficou muito orgulhoso com o sucesso de sua proeminente aluna. Hoje é até difícil não comparar a aparência de Snape com a de John, não é mesmo?

E você, sentiu falta de algum personagem? Lembrou de mais “inspirações” feitas por séries e filmes? Conte tudo para a gente e comente na publicação!

Compartilhar este artigo