10 Famosas cujas roupas causaram grandes discussões no mundo da moda

Escolher uma roupa para um evento importante nem sempre é tarefa fácil, principalmente para as famosas, que sabem que estão sempre sendo observadas pelos fãs e pelos fotógrafos. Todos os anos, as premiações trazem histórias de erros e de acertos de moda. Enquanto alguns vestidos são lembrados pela beleza, outros entram para a história como grandes fracassos.

Hoje, o Incrível.club traz dez outfits de diferentes épocas que se transformaram em referências de moda pela polêmica que causaram quando foram usados pela primeira vez.

1. Sharon Stone no Oscar de 1998

Usar camisa e saia nunca foi uma grande tendência ou uma combinação superelegante, por isso que a decisão de Sharon Stone de usar essa mistura justamente no Oscar de 1998 surpreendeu tanto. A atriz apareceu com uma camisa branca da Gap e uma saia longa da Vera Wang. Segundo os meios de comunicação, a escolha sofisticada e de muito bom gosto representou uma grande ruptura de tendência e normas.

2. Scarlett Johansson no Met Gala de 2018

No Met Gala de 2018, Scarlett Johansson, uma grande força do feminismo, foi a primeira depois de muito tempo a usar uma das criações da Marchesa, empresa de moda de Georgina Chapman que sofreu um boicote por um escândalo em que ela não estava envolvida, mas o seu ex-marido. Sem dúvida nenhuma, um ato atrevido e corajoso por parte de Scarlett, sobretudo porque representou um chamado de sororidade entre as mulheres.

3. Britney Spears no MTV VMA de 2001

No MTV VMA de 2001, Britney Spears se transformou em uma lenda e marcou um antes e um depois nos palcos dos grandes eventos. A cantora interpretou I’m a Slave 4 U com um biquíni e uma cobra albina sobre os ombros, deixando todos na plateia completamente embasbacados, principalmente pela imagem de boa moça que tinha. O visual para a performance acabou influenciando toda uma geração.

4. Julia Roberts na estreia de Um Lugar Chamado Notting Hill, em 1999

Em 1999, Julia Roberts, protagonista de Um Lugar Chamado Notting Hill, foi para a estreia do filme com um vestido vermelho que deixava as axilas descobertas quando ela levantava os braços. A surpresa: os pelos nas axilas. O ato foi entendido como uma manifestação feminista pelo fim da imposição de normas e de padrões em relação ao corpo da mulher. No entanto, algum tempo depois a atriz comentou que o acontecimento foi na verdade muito mais casual do que a mídia quis mostrar, principalmente porque ela não pensou que os pelos ficariam à mostra.

5. Céline Dion no Oscar de 1999

Céline Dion sempre foi uma grande referência no mundo da moda e sempre lançou novas tendências. Isso se intensificou em 1999, quando ela chegou ao Oscar com um terno “ao contrário”: a parte aberta ficava nas costas. O outfit tinha também uma parte desenhada por John Galliano, da Dior, um chapéu e óculos escuros. O look não passou despercebido e foi uma das maiores surpresas da história do tapete vermelho dessa que é a festa mais importante do cinema.

6. Cher no Oscar de 1986

Antes da entrega do Oscar de 1986, Nolan Miller, consultor de moda da academia de cinema, recomendou às indicadas como elas deveriam se vestir no dia do evento. Cher, nem um pouco satisfeita com as sugestões — ou imposições — de Nolan, decidiu se apresentar com um visual preto bastante ousado e que deixava muita pele à mostra, o que era inaceitável naquela época.

7. Elizabeth Hurley na estreia de Quatro Casamentos e um Funeral, em 1994

outfit de Elizabeth Hurley na estreia de Quatro Casamentos e um Funeral chamou a atenção de todos que estavam no local. Ela usou um vestido preto com um grande decote e detalhes em dourado na lateral que davam a impressão de que eram a única coisa que segurava o tecido. Especialistas passaram a chamá-lo de “aquele vestido”, e por isso se transformou em uma referência no mundo da moda. No entanto, algum tempo depois, a atriz confessou que nunca deu tanta importância ao vestido.

8. Jennifer Lopez no Grammy de 2000

vestido que Jennifer Lopez usou na entrega do Grammy do ano 2000 se transformou em uma das maiores referências da música pop. O vestido Versace tinha um decote enorme, transparências e cores ousadas. Embora já tivesse sido usado por outras famosas, causou um grande impacto no corpo da cantora e virou assunto em todos os programas de moda e em todas as revistas de fofoca. Ele já apareceu em séries de televisão e hoje pode ser visto em um museu.

9. Princesa Diana na Serpentine Gallery, em 1994

Depois que a imprensa revelou o outfit que a Princesa Diana usaria na tradicional gala Serpentine Gallery, em Londres — e como isso aconteceu quando já estava separada do Príncipe Charles — ela tomou uma decisão inesperada e trocou o vestido preto da Valentino que tinha escolhido por um vestido preto mais ousado da Christina Stambolian. Ela saiu do carro e automaticamente virou assunto entre os convidados e sobretudo entre os meios de comunicação.

10. Barbra Streisand no Oscar de 1969

Quando Barbara Streisand recebeu o Oscar de Melhor Atriz pelo filme Funny Girl — Uma Garota Genial, ela não sabia que seu visual seria uma grande surpresa. O elegante conjunto de Arnold Scaasi ficou transparente com as luzes e os flashes das câmeras, o que acabou por revelar muito mais do que a atriz tinha em mente.

Você acha que há outros grandes vestidos e outras grandes roupas que entraram para a história? Quais? Conte nos comentários.

Compartilhar este artigo