Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Evidências de que não é fácil fazer parte da família real

3---
91k

Quem na infância não imaginou ser uma princesa bonita e sábia ou um príncipe valente e lindo? Talvez seja por isso que seguimos com tanta curiosidade os verdadeiros monarcas, assim como todos os detalhes de suas vidas, que são elegantes, lindas, e ao mesmo tempo cheias de condições complexas, como as tradições seculares, protocolos estritos e proibições meio inexplicáveis.

O Incrível.club compilou para você 10 regras inesperadas e restrições que a família real britânica deve cumprir, seja você um príncipe, ou mesmo a poderosa rainha Elizabeth II.

10. Todos seguem a Rainha

Todos devem, estritamente, seguir a Rainha em eventos familiares e oficiais. Isso significa que, se ela se levantar, todos se levantam, se ela se sentar, todos se sentam, se ela terminar de comer, o jantar acabou para todos.

9. O príncipe Philip sempre anda atrás da rainha

A regra de "seguir a Rainha" afeta, literalmente, o marido de Elizabeth II, o Príncipe Consorte Philip de Edimburgo, que é obrigado, em público, a caminhar sempre a 2 passos atrás de sua esposa real.

8. Na Torre de Londres devem sempre viver 6 corvos

Seis corvos residem simultaneamente na Torre de Londres. Essa tradição remonta ao reinado de Charles II, que, segundo a lenda, acreditava no seguinte: "Se os corvos abandonarem a fortaleza, o reino cairá".

7. É proibido dar as costas à Rainha

Se você algum dia se envolver em uma conversa com a própria Rainha, nem pense em lhe dar as costas quando terminar a conversa. Ela sai primeiro. Dar as costas à monarca é estritamente proibido e é considerado uma violação imperdoável do protocolo real.

6. E os apelidos também são proibidos

Embora a Duquesa de Cambridge, que não nasceu entre os reis, seja chamada por muitos meios de comunicação de Kate e a amada princesa Diana, de Lady Di, isso é considerado um excesso de familiaridade, porque o protocolo real proíbe qualquer apelido e abreviatura dos nomes dos membros da família real.

5. Todos os presentes pertencem à Rainha

Todos os presentes recebidos por membros da realeza britânica são considerados propriedade do monarca governante. Dar algo ou vendê-los é estritamente proibido. A Rainha também tem o direito de pegá-los ou de dar a outra pessoa. É por isso que, muitas vezes, testemunhamos que as jóias da princesa Diana também foram usadas por outros membros da família real.

4. O queixo deve estar a 90° do chão por respeito

Acredite ou não, há uma maneira "certa" que reflete como as damas da família real devem manter o queixo: estritamente a 90° em relação ao chão. Esse fato não passa despercebido em qualquer fotografia.

3. De dia, chapéus. À noite, diademas

Os acessórios para a cabeça, de acordo com o protocolo real, merecem atenção especial. Se, de dia, em eventos oficiais, as senhoras são obrigadas a usar chapéu, a partir das 6 horas da tarde, este tem de ser substituído por diadema (uma espécie de tiara). No entanto, essa regra se aplica apenas às mulheres casadas. Se de repente você se encontrar em uma recepção real à noite no Palácio de Buckingham, não se esqueça: as mulheres sem diademas são solteiras e estão em condições de encontrar amor. Muito fácil saber, se você quiser conquistá-las! Agora, só falta ser convidado para a festa.

2. Murta-comum nos buquês da noiva

De acordo com a tradição antiga, todo buquê de noiva deve conter murta-comum (myrtle), símbolo do amor e do casamento. Desde a época da Rainha Vitoria, toda noiva da família real carrega um buquê com essa flor, especialmente cultivada em um jardim real de cerca de 170 anos de idade.

1. Os cães reais podem tudo

Não é um segredo que a rainha Elisabeth II adora seus cães da raça corgi. E, talvez, estes sejam os únicos membros da família cuja vida pode ser considerada verdadeiramente real. Não só o alimento desses cachorros é preparado pelo próprio chefe da corte, mas todos os convidados são instruídos a minimizar qualquer inconveniente que causem, sem interferir em suas vidas de total liberdade. A rainha proibiu William e Kate de irem à sua residência com seus cocker spaniel, para não perturbar seus animais de estimação, que podem circular livremente pela casa. Além disso, os criados aprenderam, por muito tempo, a eliminar a toda velocidade suas poças de xixi da mobília real e dos tapetes antigos e raros de valor inimaginável.

Imagem de capa eastnews, eastnews
3---
91k